Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Infantino vê Rússia pronta para Copa do 2018 e espera por 'alguma surpresa'

Quinta, 7/6/2018 16:14.
Divulgação
Gianni Infantino, presidente da FIFA

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS)

Faltando sete dias para o início da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, a Fifa está otimista com o país-sede da competição. Segundo o presidente da entidade, Gianni Infantino, os russos estão prontos para organizar uma grande festa no país, mostrando uma imagem de acolhimento a todo o planeta.

"A uma semana da abertura, acho que podemos dizer que a Rússia está 100% pronta, e que o mundo todo irá testemunhar quão acolhedor é o país e como a organização irá funcionar. Será uma grande experiência para todo mundo", disse Infantino, em entrevista publicada pela própria Fifa em seu site oficial.

"A Copa do Mundo tem essa característica única de ser capaz de mudar a percepção que as pessoas têm de um lugar, um país. As pessoas verão a Rússia como um país diferente: um país que está aberto para o mundo, um país festivo, que quer comemorar, que quer se abrir", acrescentou.

O dirigente máximo do futebol mundial ainda se mostrou ansioso pelos jogos da Copa do Mundo. E, embora esperando "os times de sempre" mostrando bons resultados, conta com algumas surpresas entre seleções e jogadores nos gramados russos.

"Estou muito ansioso pelas partidas. Para ver a bola rolando, para ver os torcedores comemorando, para ver o mais belo espetáculo do mundo", afirmou o presidente da Fifa, indo além.

"O que é legal na Copa do Mundo é que sempre temos surpresas, certo? É claro que, no fim, você talvez terá os times de sempre, mas talvez tenhamos alguma surpresa também, ou alguns jogadores que nunca vimos. Estou particularmente ansioso para assistir seleções que se classificaram pela primeira vez", completou.

Na Copa do Mundo de 2018, apenas duas seleções farão suas primeiras participações: Islândia e Panamá. A competição começa na próxima quinta-feira (14) com o jogo entre Rússia e Arábia Saudita.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Gianni Infantino, presidente da FIFA
Gianni Infantino, presidente da FIFA

Infantino vê Rússia pronta para Copa do 2018 e espera por 'alguma surpresa'

Publicidade

Quinta, 7/6/2018 16:14.

(UOL/FOLHAPRESS)

Faltando sete dias para o início da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, a Fifa está otimista com o país-sede da competição. Segundo o presidente da entidade, Gianni Infantino, os russos estão prontos para organizar uma grande festa no país, mostrando uma imagem de acolhimento a todo o planeta.

"A uma semana da abertura, acho que podemos dizer que a Rússia está 100% pronta, e que o mundo todo irá testemunhar quão acolhedor é o país e como a organização irá funcionar. Será uma grande experiência para todo mundo", disse Infantino, em entrevista publicada pela própria Fifa em seu site oficial.

"A Copa do Mundo tem essa característica única de ser capaz de mudar a percepção que as pessoas têm de um lugar, um país. As pessoas verão a Rússia como um país diferente: um país que está aberto para o mundo, um país festivo, que quer comemorar, que quer se abrir", acrescentou.

O dirigente máximo do futebol mundial ainda se mostrou ansioso pelos jogos da Copa do Mundo. E, embora esperando "os times de sempre" mostrando bons resultados, conta com algumas surpresas entre seleções e jogadores nos gramados russos.

"Estou muito ansioso pelas partidas. Para ver a bola rolando, para ver os torcedores comemorando, para ver o mais belo espetáculo do mundo", afirmou o presidente da Fifa, indo além.

"O que é legal na Copa do Mundo é que sempre temos surpresas, certo? É claro que, no fim, você talvez terá os times de sempre, mas talvez tenhamos alguma surpresa também, ou alguns jogadores que nunca vimos. Estou particularmente ansioso para assistir seleções que se classificaram pela primeira vez", completou.

Na Copa do Mundo de 2018, apenas duas seleções farão suas primeiras participações: Islândia e Panamá. A competição começa na próxima quinta-feira (14) com o jogo entre Rússia e Arábia Saudita.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade