Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Vasco marca em falha de Egídio, mas cede empate ao Cruzeiro no Mineirão

Quinta, 7/6/2018 7:07.

Publicidade

ENRICO BRUNO E THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Cruzeiro e Vasco empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira (6) em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Andrey abriu o placar para o time carioca, e Raniel igualou para a equipe de Mano Menezes no Mineirão.
Com o resultado, o Cruzeiro perde duas posições em relação à rodada passada e está em quarto lugar, com 17 pontos. São três pontos de desvantagem para o líder Flamengo, que joga nesta quinta-feira contra o Fluminense.

O Vasco se manteve em 13º lugar, mas o resultado não pode ser considerado ruim. Além de o time cruzmaltino vir de uma derrota em casa para o Botafogo, o Cruzeiro havia vencido suas últimas três partidas.

O destaque da partida foi o zagueiro Dedé, do Cruzeiro. Ele fez nova partida consistente na defesa, mas a sua principal contribuição foi no ataque. Nas bolas aéreas, como de praxe, ele vai para a área adversária. Mas não foi só desta forma que o camisa 26 apareceu em campo no jogo realizado no Mineirão, na noite desta quarta-feira. Ele também se destacou por criar jogadas ofensivas. O zagueiro se responsabilizou por finalizações com o pé direito, cruzamentos e começou o lance que terminou em gol de Raniel.

O pior foi Egídio, que cometeu um erro que custou ao Cruzeiro a chance de sair com os três pontos e a quarta vitória seguida no Brasileirão. O lateral esquerdo tentou tocar uma bola com o lado do pé em jogada de Andrey e entregou a posse para o meio-campista do Vasco. O camisa 15 acertou um chute de rara felicidade e abriu o placar no Mineirão, aos 21min do primeiro tempo.

O gol de empate do Cruzeiro foi de Raniel, que encerrou uma série de cinco jogos sem marcar. O atacante mandou por cobertura em um lance contra Fernando Miguel, aos 15min da etapa final. Ele ficou sem marcar na derrota para o Atlético-MG e nos triunfos sobre Racing, Santos, Palmeiras e Ceará. O último gol havia sido na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Lucas Silva (Marcelo), Robinho, Thiago Neves, Rafael Sobis (Bruno Silva); Raniel. T.: Mano Menezes

VASCO
Fernando Miguel; Luiz Gustavo (Wellington), Paulão, Ricardo Graça, Henrique; Andrey, Desábato, Bruno Cosendey (Evander), Wagner (Giovanni Augusto), Yago Pikachu; Andrés Ríos. T.: Valdir Bigode (interino)

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Juiz: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Cartão amarelo: Wagner e Yago Pikachu (Vasco)
GOLS: Andrey, aos 21min do primeiro tempo (Vasco); Raniel, aos 15min do segundo tempo (Cruzeiro).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Vasco marca em falha de Egídio, mas cede empate ao Cruzeiro no Mineirão

Publicidade

Quinta, 7/6/2018 7:07.

ENRICO BRUNO E THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Cruzeiro e Vasco empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira (6) em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Andrey abriu o placar para o time carioca, e Raniel igualou para a equipe de Mano Menezes no Mineirão.
Com o resultado, o Cruzeiro perde duas posições em relação à rodada passada e está em quarto lugar, com 17 pontos. São três pontos de desvantagem para o líder Flamengo, que joga nesta quinta-feira contra o Fluminense.

O Vasco se manteve em 13º lugar, mas o resultado não pode ser considerado ruim. Além de o time cruzmaltino vir de uma derrota em casa para o Botafogo, o Cruzeiro havia vencido suas últimas três partidas.

O destaque da partida foi o zagueiro Dedé, do Cruzeiro. Ele fez nova partida consistente na defesa, mas a sua principal contribuição foi no ataque. Nas bolas aéreas, como de praxe, ele vai para a área adversária. Mas não foi só desta forma que o camisa 26 apareceu em campo no jogo realizado no Mineirão, na noite desta quarta-feira. Ele também se destacou por criar jogadas ofensivas. O zagueiro se responsabilizou por finalizações com o pé direito, cruzamentos e começou o lance que terminou em gol de Raniel.

O pior foi Egídio, que cometeu um erro que custou ao Cruzeiro a chance de sair com os três pontos e a quarta vitória seguida no Brasileirão. O lateral esquerdo tentou tocar uma bola com o lado do pé em jogada de Andrey e entregou a posse para o meio-campista do Vasco. O camisa 15 acertou um chute de rara felicidade e abriu o placar no Mineirão, aos 21min do primeiro tempo.

O gol de empate do Cruzeiro foi de Raniel, que encerrou uma série de cinco jogos sem marcar. O atacante mandou por cobertura em um lance contra Fernando Miguel, aos 15min da etapa final. Ele ficou sem marcar na derrota para o Atlético-MG e nos triunfos sobre Racing, Santos, Palmeiras e Ceará. O último gol havia sido na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Lucas Silva (Marcelo), Robinho, Thiago Neves, Rafael Sobis (Bruno Silva); Raniel. T.: Mano Menezes

VASCO
Fernando Miguel; Luiz Gustavo (Wellington), Paulão, Ricardo Graça, Henrique; Andrey, Desábato, Bruno Cosendey (Evander), Wagner (Giovanni Augusto), Yago Pikachu; Andrés Ríos. T.: Valdir Bigode (interino)

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Juiz: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Cartão amarelo: Wagner e Yago Pikachu (Vasco)
GOLS: Andrey, aos 21min do primeiro tempo (Vasco); Raniel, aos 15min do segundo tempo (Cruzeiro).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade