Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Presidente da França visita seleção e pede título da Copa do Mundo

Terça, 5/6/2018 12:52.
Divulgação

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS)

O presidente da França, Emmanuel Macron, visitou nesta terça-feira (5) o elenco francês que disputará a Copa do Mundo. O encontro ocorreu na concentração do selecionado, em Clairefontaine.

Em meio a sorrisos e cumprimentos aos jogadores, Macron pediu para que o time volte da Rússia com o título do Mundial. "Uma competição bem sucedida é uma competição vencida", disse Macron.

O presidente avisou que irá à Rússia caso a França alcance as quartas de finais do Mundial. "Vou me juntar aos 23 jogadores selecionados por Didier Deschamps. O objetivo é passar uma mensagem amigável para equipe, mostrando a confiança e o apoio de toda a nação", disse o presidente francês.

"Vamos morar com a seleção na Rússia nas próximas semanas. Me comprometi, em julho, a acompanhar o time até o final da competição", reforçou Macron.

O presidente disse concordar com a metodologia implantada por Deschamps à frente da seleção francesa. Macron considera que o treinador acertou ao apostar em jovens jogadores, vibrando com a vitória do time no amistoso contra a Itália, 3 a 1, na sexta-feira (1º). "A partida contra a Itália mostrou que o time sabe trabalhar em conjunto."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Presidente da França visita seleção e pede título da Copa do Mundo

Publicidade

Terça, 5/6/2018 12:52.

(UOL/FOLHAPRESS)

O presidente da França, Emmanuel Macron, visitou nesta terça-feira (5) o elenco francês que disputará a Copa do Mundo. O encontro ocorreu na concentração do selecionado, em Clairefontaine.

Em meio a sorrisos e cumprimentos aos jogadores, Macron pediu para que o time volte da Rússia com o título do Mundial. "Uma competição bem sucedida é uma competição vencida", disse Macron.

O presidente avisou que irá à Rússia caso a França alcance as quartas de finais do Mundial. "Vou me juntar aos 23 jogadores selecionados por Didier Deschamps. O objetivo é passar uma mensagem amigável para equipe, mostrando a confiança e o apoio de toda a nação", disse o presidente francês.

"Vamos morar com a seleção na Rússia nas próximas semanas. Me comprometi, em julho, a acompanhar o time até o final da competição", reforçou Macron.

O presidente disse concordar com a metodologia implantada por Deschamps à frente da seleção francesa. Macron considera que o treinador acertou ao apostar em jovens jogadores, vibrando com a vitória do time no amistoso contra a Itália, 3 a 1, na sexta-feira (1º). "A partida contra a Itália mostrou que o time sabe trabalhar em conjunto."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade