Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Jogadores sauditas pedem desculpas após goleada na abertura da Copa

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Douglas Magno/O Tempo/Folhapress
Partida entre Rússia e Arábia Saudita, válida pela 1ª fase do Grupo A da Copa do Mundo de Rússia, no estádio Lujniki, em Moscou, nesta quinta-feira

Quinta, 14/6/2018 17:08.

(FOLHAPRESS)

O sonho de participar da abertura da Copa do Mundo virou pesadelo para os torcedores da Arábia Saudita. A derrota por 5 a 0 para a Rússia envergonhou o técnico Pizzi, que se desculpou na coletiva, e também os jogadores da seleção.

"Nós pedimos desculpas ao povo saudita, eles vieram nos ver e nós não conseguimos o resultado. Tudo é possível no futebol, estamos determinados a mudar a imagem na próxima partida", disse o experiente meia Taiseer Al Jassam, de 33 anos, ao site oficial da federação saudita.

Segundo o zagueiro Osama Hawsawi, capitão da seleção, os erros cometidos foram fundamentais para o resultado negativo na estreia e citou o fato de jogar contra os anfitriões.

"A equipe russa aproveitou erros de nossa parte e também o fato de jogar em casa e com o apoio do público. Eles saíram com uma grande vitória", disse o capitão. "Não esperávamos esse cenário, jogamos partidas de preparação antes do torneio", completou Jassam.

Apesar da derrota, os sauditas não desistiram de lutar por uma vaga na próxima fase da Copa do Mundo.

"Temos duas partidas, contra Uruguai e Egito, não há nada impossível no futebol, a classificação ainda está em nossas mãos", afirmou Osama Hawsawi.

A Arábia Saudita enfrenta o Uruguai na próxima quarta-feira (20), em Rostov, pela segunda rodada do Grupo A.

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade