Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Presidente da Fifa coloca em dúvida Copa de 2022, no Qatar, com 48 seleções

Domingo, 10/6/2018 11:49.
Reprodução UEFA
Gianni Infantino

Publicidade

FÁBIO ALEIXO /MOSCOU, RÚSSIA (FOLHAPRESS)

Proposta da Conmebol para ampliação do Mundial em 2022 não será discutida no Congresso de quarta-feira

A proposta da Conmebol para que a Copa de 2022 no Qatar já conte com 48 seleções não será discutida pela Fifa em seu congresso de quarta-feira (11).

Reunião do Conselho da entidadeneste domingo (10) em Moscou determinou que qualquer discussão só será feita após uma consulta com as autoridades que organizam a Copa no país asiático.

Gianni Infantino, presidente da Fifa, durante discurso em Moscou "Não sei [se o Qatar tem condições de sediar Copa com 48 times]. Vamos falar com o Qatar e depois decidir. No momento, o que temos é uma Copa com 32 times", afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Atualmente, o Qatar tem oito estádios confirmados para relizar a Copa do Mundo de 2022. Para Infantino, se houver o aumento, mais estádios precisarão ser erguidos."Para termos 48 times, precisamos ter entre 12 e 14 estádios", disse.

O presidente ressaltou que uma decisão precisará ser tomada antes do início das eliminatórias, o que não tem data prevista para acontecer. Para a Rússia-2018, as classificatórias tiveram início em 12 de março de 2015. A seguir a tendência, teria de começar em março de 2019.

"Precisamos tomar esta decisão o quanto antes, antes de começar as eliminatórias, sem dúvidas", afirmou Infantino.

"É prematuro fazer qualquer tipo de discussão no momento", disse o chefe da Fifa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Reprodução UEFA
Gianni Infantino
Gianni Infantino

Presidente da Fifa coloca em dúvida Copa de 2022, no Qatar, com 48 seleções

Publicidade

Domingo, 10/6/2018 11:49.

FÁBIO ALEIXO /MOSCOU, RÚSSIA (FOLHAPRESS)

Proposta da Conmebol para ampliação do Mundial em 2022 não será discutida no Congresso de quarta-feira

A proposta da Conmebol para que a Copa de 2022 no Qatar já conte com 48 seleções não será discutida pela Fifa em seu congresso de quarta-feira (11).

Reunião do Conselho da entidadeneste domingo (10) em Moscou determinou que qualquer discussão só será feita após uma consulta com as autoridades que organizam a Copa no país asiático.

Gianni Infantino, presidente da Fifa, durante discurso em Moscou "Não sei [se o Qatar tem condições de sediar Copa com 48 times]. Vamos falar com o Qatar e depois decidir. No momento, o que temos é uma Copa com 32 times", afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Atualmente, o Qatar tem oito estádios confirmados para relizar a Copa do Mundo de 2022. Para Infantino, se houver o aumento, mais estádios precisarão ser erguidos."Para termos 48 times, precisamos ter entre 12 e 14 estádios", disse.

O presidente ressaltou que uma decisão precisará ser tomada antes do início das eliminatórias, o que não tem data prevista para acontecer. Para a Rússia-2018, as classificatórias tiveram início em 12 de março de 2015. A seguir a tendência, teria de começar em março de 2019.

"Precisamos tomar esta decisão o quanto antes, antes de começar as eliminatórias, sem dúvidas", afirmou Infantino.

"É prematuro fazer qualquer tipo de discussão no momento", disse o chefe da Fifa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade