Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Fluminense supera falha de Julio César e arranca empate com Vasco no fim

Sexta, 20/7/2018 7:27.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco já comemorava os três pontos quando o Fluminense marcou aos 44min do segundo tempo e arrancou empate por 1 a 1, nesta quinta-feira, em São Januário, em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor teve as melhores chances, mas parou em Martín Silva diversas vezes. O time das Laranjeiras ainda teve que superar uma falha de Julio César, que falhou e permitiu o gol de Andrés Rios. Pedro fez o do empate.

O Vasco chega aos 16 pontos, ocupando a 11ª posição. A equipe volta a campo no domingo, quando receberá o Grêmio, novamente em São Januário. O Fluminense, por outro lado, soma apenas 15 pontos e está 12º, com dois pontos acima do Bahia, na zona da degola. O Tricolor encara o Sport, no domingo, na Ilha do Retiro.

O destaque vascaíno foi Martín Silva. O goleiro uruguaio fez excelentes defesas e foi decisivo para o resultado. O goleiro do Fluminense não teve a mesma sorte. Ele vacilou praticamente na primeira vez em que foi exigido, aos 15min do segundo tempo. Ele cortou cruzamento pelo lado esquerdo, mas pegou mal na bola e a deixou limpa para Andrés Rios fazer o gol, já sem goleiro.

O Fluminense iniciou a partida aproveitando os espaços encontrados na defesa do Vasco. Logo o Tricolor percebeu que as laterais eram um bom caminho. Jadson fez infiltração pela direita e cruzou para trás, mas não tinha ninguém para finalizar. No minuto seguinte, foi a vez de Ayrton Lucas, pela esquerda, fazer o mesmo. Ele rolou para Pedro, mas a bola foi cortada por Ricardo.

O Vasco tentava criar, mas encontrava dificuldade de furar a boa defesa do Fluminense. Os contra-ataques viraram uma perigosa arma para o Tricolor, que quase abriu o placar com Marcos Jr. O atacante dominou na entrada da área, limpou a marcação e chutou forte no canto direito de Martin Silva, que fez grande defesa e salvou os donos da casa.

Aos 10min do segundo tempo, a melhor chance do jogo até então. Em rápido contra-ataque, Marcos Júnior dominou sozinho na intermediária e sem nenhum defensor do Vasco à sua frente. Luiz Gustavo, no entanto, acelerou mais que o adversário e deu carrinho certeiro na hora da finalização.

Apesar de o Vasco ficar com a posse de bola, não estava levando perigo ao gol do Fluminense. Julio César nem sequer havia feito uma defesa. E na primeira vez que foi exigido, falhou. Ele cortou mal um cruzamento da esquerda e entregou a bola limpa para Andres Rios marcar, sem goleiro: 1 a 0, aos 15min.

Após ver o rival abrir o placar, o Fluminense tentou a reação. O problema é que Martin Silva estava em noite inspirada e fazia boas defesas toda vez que era exigido. Sornoza cobrou falta e Digão desviou para boa defesa do uruguaio, aos 22min.

Aos 43min do segundo tempo, o Fluminense teve outra grande oportunidade para empatar. Em boa jogada pela esquerda, Pedro subiu bem na área e cabeceou firme. Martin Silva fez defesa espetacular e salvou mais uma.

Quando o jogo parecia definido, o Fluminense fez o que tentou o jogo todo: balançar as redes. Pedro ganhou disputa de Breno e ficou cara a cara com Martin Silva. Dessa vez o uruguaio nada pôde fazer: 1 a 1, aos 44min.

VASCO
Martin Silva; Luiz Gustavo, Breno, Ricardo, Henrique; Desábato, Andrey, Wagner (Evander), Yago Pikachu, Giovanni Augusto (Kelvin); Andrés Rios. T.: Jorginho

FLUMINENSE
Julio Cesar; Léo, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi (Matheus Alessandro), Sornoza (Pablo Dyego); Marcos Júnior, Pedro. T.: Marcelo Oliveira

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Cartões amarelo: Wagner, Luiz Gustavo e Andrés Rios (Vasco); Dodi e Jadson (Fluminense)
Gols: Andrés Rios, 15min do segundo tempo (Vasco); Pedro, aos 44min do segundo tempo (Fluminense).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Fluminense supera falha de Julio César e arranca empate com Vasco no fim

Publicidade

Sexta, 20/7/2018 7:27.

(UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco já comemorava os três pontos quando o Fluminense marcou aos 44min do segundo tempo e arrancou empate por 1 a 1, nesta quinta-feira, em São Januário, em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor teve as melhores chances, mas parou em Martín Silva diversas vezes. O time das Laranjeiras ainda teve que superar uma falha de Julio César, que falhou e permitiu o gol de Andrés Rios. Pedro fez o do empate.

O Vasco chega aos 16 pontos, ocupando a 11ª posição. A equipe volta a campo no domingo, quando receberá o Grêmio, novamente em São Januário. O Fluminense, por outro lado, soma apenas 15 pontos e está 12º, com dois pontos acima do Bahia, na zona da degola. O Tricolor encara o Sport, no domingo, na Ilha do Retiro.

O destaque vascaíno foi Martín Silva. O goleiro uruguaio fez excelentes defesas e foi decisivo para o resultado. O goleiro do Fluminense não teve a mesma sorte. Ele vacilou praticamente na primeira vez em que foi exigido, aos 15min do segundo tempo. Ele cortou cruzamento pelo lado esquerdo, mas pegou mal na bola e a deixou limpa para Andrés Rios fazer o gol, já sem goleiro.

O Fluminense iniciou a partida aproveitando os espaços encontrados na defesa do Vasco. Logo o Tricolor percebeu que as laterais eram um bom caminho. Jadson fez infiltração pela direita e cruzou para trás, mas não tinha ninguém para finalizar. No minuto seguinte, foi a vez de Ayrton Lucas, pela esquerda, fazer o mesmo. Ele rolou para Pedro, mas a bola foi cortada por Ricardo.

O Vasco tentava criar, mas encontrava dificuldade de furar a boa defesa do Fluminense. Os contra-ataques viraram uma perigosa arma para o Tricolor, que quase abriu o placar com Marcos Jr. O atacante dominou na entrada da área, limpou a marcação e chutou forte no canto direito de Martin Silva, que fez grande defesa e salvou os donos da casa.

Aos 10min do segundo tempo, a melhor chance do jogo até então. Em rápido contra-ataque, Marcos Júnior dominou sozinho na intermediária e sem nenhum defensor do Vasco à sua frente. Luiz Gustavo, no entanto, acelerou mais que o adversário e deu carrinho certeiro na hora da finalização.

Apesar de o Vasco ficar com a posse de bola, não estava levando perigo ao gol do Fluminense. Julio César nem sequer havia feito uma defesa. E na primeira vez que foi exigido, falhou. Ele cortou mal um cruzamento da esquerda e entregou a bola limpa para Andres Rios marcar, sem goleiro: 1 a 0, aos 15min.

Após ver o rival abrir o placar, o Fluminense tentou a reação. O problema é que Martin Silva estava em noite inspirada e fazia boas defesas toda vez que era exigido. Sornoza cobrou falta e Digão desviou para boa defesa do uruguaio, aos 22min.

Aos 43min do segundo tempo, o Fluminense teve outra grande oportunidade para empatar. Em boa jogada pela esquerda, Pedro subiu bem na área e cabeceou firme. Martin Silva fez defesa espetacular e salvou mais uma.

Quando o jogo parecia definido, o Fluminense fez o que tentou o jogo todo: balançar as redes. Pedro ganhou disputa de Breno e ficou cara a cara com Martin Silva. Dessa vez o uruguaio nada pôde fazer: 1 a 1, aos 44min.

VASCO
Martin Silva; Luiz Gustavo, Breno, Ricardo, Henrique; Desábato, Andrey, Wagner (Evander), Yago Pikachu, Giovanni Augusto (Kelvin); Andrés Rios. T.: Jorginho

FLUMINENSE
Julio Cesar; Léo, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi (Matheus Alessandro), Sornoza (Pablo Dyego); Marcos Júnior, Pedro. T.: Marcelo Oliveira

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Cartões amarelo: Wagner, Luiz Gustavo e Andrés Rios (Vasco); Dodi e Jadson (Fluminense)
Gols: Andrés Rios, 15min do segundo tempo (Vasco); Pedro, aos 44min do segundo tempo (Fluminense).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade