Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Lucas Lima marca contra o ex-clube, mas Palmeiras e Santos só empatam

Sexta, 20/7/2018 7:26.

Publicidade

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Palmeiras e Santos empataram na noite desta quinta-feira (19) por 1 a 1, no Pacaembu, no retorno das equipes ao Campeonato Brasileiro.

O gol palmeirense foi marcado por Lucas Lima, seu primeiro contra o ex-clube. O camisa 20 recebeu passe de Willian, invadiu a grande área, girou sobre a marcação e bateu na saída de Vanderlei para abrir o placar aos 5 minutos de jogo.

Na comemoração, Lucas Lima mostrou a parte de trás da camisa para a torcida do Santos, que o vaiou durante todo o jogo. O árbitro Dewson Freitas interpretou como provocação e amarelou o palmeirense, que não enfrenta o Atlético-MG na próxima rodada.

O meia, contratado no fim do ano passado pelo Palmeiras, ainda não havia conseguido ter uma atuação decisiva contra o Santos desde que chegou ao Allianz Parque.

Em três partidas pelo Campeonato Paulista deste ano, teve atuações apenas discretas e viu a trave lhe negar um gol no primeiro encontro entre os times, que teve vitória de 2 a 1 a favor do Palmeiras.

Lucas Lima também divide opiniões entre os próprios palmeirenses. É o líder de assistências do time em 2018, com oito, Mas alguns torcedores acreditam que o meia ainda não entregou o desempenho que promete desde sua contratação.

Nesta quinta, porém, ele ia dando a vitória ao Palmeiras até que Gustavo Henrique frustrou a alegria do meia, para delírio do torcedor santista, que não gostaria nem um pouco de ver a equipe sair derrotada do Pacaembu com gol de Lucas Lima, que um dia foi ídolo e hoje é desafeto.

Aos 29 min do segundo tempo, após bate e rebate na grande área palmeirense, Felipe Melo acabou desviando de cabeça contra o próprio gol e a bola bateu no travessão. Com o gol aberto e o goleiro Wewerton vendido, Gustavo Henrique cabeceou para empatar.

Se há uma boa notícia para tirar do clássico, o Palmeiras viu Gustavo Scarpa reestrear pelo clube. Liberado pela Justiça para atuar pela equipe, voltou a pisar em campo com a camisa alviverde. Sua estreia no começo do ano havia sido justamente diante do Santos, em vitória por 2 a 1, no Allianz Parque.

Gustavo Scarpa segue em litígio com o Fluminense, seu ex-clube.

O Santos veio a campo com quatro atacantes na tentativa de repetir a fórmula que deu certo diante do próprio Palmeiras, no jogo de volta da semifinal do Paulista, quando os santistas venceram por 2 a 1 e levaram a partida para os pênaltis –nas penalidades, o Palmeiras saiu vencedor.

Contudo, Rodrygo, Gabriel, Bruno Henrique e Sasha não conseguiram ser efetivos no ataque santista.

Sem meios-campistas criativos, o time do técnico Jair Ventura sofreu para conseguir criar jogadas de perigo que não fossem pelo lado com algum dos rápidos atacantes.

As chegadas do costa-riquenho Bryan Ruiz e do uruguaio Carlos Sánchez, apesar de já não viverem os melhores momentos de suas carreiras, devem dar ao treinador santista boas opções para que o Santos mostre mais versatilidade na concepção das jogadas.

Os dois, porém, estão de férias pois disputaram a Copa do Mundo por suas seleções. O santista torce para que essas férias acabem logo, assim poderão vê-los em breve com a camisa do Santos. Jair ventura torce junto.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Dodô; Alison (Léo Cittadini), Jean Mota; Sasha (Copete), Rodrygo (Yuri Alberto), Bruno Henrqiue; Gabigol. T.: Jair Ventura

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Lucas Lima (Artur), Hyoran (Jean); Willian (Deyverson). T.: Roger Machado

Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Alison, Jean Mota, Léo Cittadini e Rodrygo (Santos); Lucas Lima, Felipe Melo e Deyverson (Palmeiras)
Gols: Lucas Lima, aos 6min do primeiro tempo (Palmeiras); Gustavo Henrique, aos 29min do segundo tempo (Santos).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Lucas Lima marca contra o ex-clube, mas Palmeiras e Santos só empatam

Publicidade

Sexta, 20/7/2018 7:26.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Palmeiras e Santos empataram na noite desta quinta-feira (19) por 1 a 1, no Pacaembu, no retorno das equipes ao Campeonato Brasileiro.

O gol palmeirense foi marcado por Lucas Lima, seu primeiro contra o ex-clube. O camisa 20 recebeu passe de Willian, invadiu a grande área, girou sobre a marcação e bateu na saída de Vanderlei para abrir o placar aos 5 minutos de jogo.

Na comemoração, Lucas Lima mostrou a parte de trás da camisa para a torcida do Santos, que o vaiou durante todo o jogo. O árbitro Dewson Freitas interpretou como provocação e amarelou o palmeirense, que não enfrenta o Atlético-MG na próxima rodada.

O meia, contratado no fim do ano passado pelo Palmeiras, ainda não havia conseguido ter uma atuação decisiva contra o Santos desde que chegou ao Allianz Parque.

Em três partidas pelo Campeonato Paulista deste ano, teve atuações apenas discretas e viu a trave lhe negar um gol no primeiro encontro entre os times, que teve vitória de 2 a 1 a favor do Palmeiras.

Lucas Lima também divide opiniões entre os próprios palmeirenses. É o líder de assistências do time em 2018, com oito, Mas alguns torcedores acreditam que o meia ainda não entregou o desempenho que promete desde sua contratação.

Nesta quinta, porém, ele ia dando a vitória ao Palmeiras até que Gustavo Henrique frustrou a alegria do meia, para delírio do torcedor santista, que não gostaria nem um pouco de ver a equipe sair derrotada do Pacaembu com gol de Lucas Lima, que um dia foi ídolo e hoje é desafeto.

Aos 29 min do segundo tempo, após bate e rebate na grande área palmeirense, Felipe Melo acabou desviando de cabeça contra o próprio gol e a bola bateu no travessão. Com o gol aberto e o goleiro Wewerton vendido, Gustavo Henrique cabeceou para empatar.

Se há uma boa notícia para tirar do clássico, o Palmeiras viu Gustavo Scarpa reestrear pelo clube. Liberado pela Justiça para atuar pela equipe, voltou a pisar em campo com a camisa alviverde. Sua estreia no começo do ano havia sido justamente diante do Santos, em vitória por 2 a 1, no Allianz Parque.

Gustavo Scarpa segue em litígio com o Fluminense, seu ex-clube.

O Santos veio a campo com quatro atacantes na tentativa de repetir a fórmula que deu certo diante do próprio Palmeiras, no jogo de volta da semifinal do Paulista, quando os santistas venceram por 2 a 1 e levaram a partida para os pênaltis –nas penalidades, o Palmeiras saiu vencedor.

Contudo, Rodrygo, Gabriel, Bruno Henrique e Sasha não conseguiram ser efetivos no ataque santista.

Sem meios-campistas criativos, o time do técnico Jair Ventura sofreu para conseguir criar jogadas de perigo que não fossem pelo lado com algum dos rápidos atacantes.

As chegadas do costa-riquenho Bryan Ruiz e do uruguaio Carlos Sánchez, apesar de já não viverem os melhores momentos de suas carreiras, devem dar ao treinador santista boas opções para que o Santos mostre mais versatilidade na concepção das jogadas.

Os dois, porém, estão de férias pois disputaram a Copa do Mundo por suas seleções. O santista torce para que essas férias acabem logo, assim poderão vê-los em breve com a camisa do Santos. Jair ventura torce junto.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Dodô; Alison (Léo Cittadini), Jean Mota; Sasha (Copete), Rodrygo (Yuri Alberto), Bruno Henrqiue; Gabigol. T.: Jair Ventura

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Lucas Lima (Artur), Hyoran (Jean); Willian (Deyverson). T.: Roger Machado

Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Alison, Jean Mota, Léo Cittadini e Rodrygo (Santos); Lucas Lima, Felipe Melo e Deyverson (Palmeiras)
Gols: Lucas Lima, aos 6min do primeiro tempo (Palmeiras); Gustavo Henrique, aos 29min do segundo tempo (Santos).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade