Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Balneário Camboriú no pódio do Mundial de Boxe

Segunda, 16/7/2018 11:23.
Divulgação
Erik, pódio no Mundial

Publicidade

Pela primeira vez o Brasil conquistou medalhas no Campeonato Mundial de Boxe Chinês. As três medalhas vieram na modalidade Sanda (uma prata e dois bronzes): Guilherme Gama, vice campeão categoria Júnior 65kg, de São Paulo; Erick de Carvalho, bronze categoria Children 45kg de Santa Catarina (Balneário Camboriú) e Nathalia Briquezi, bronze na categoria Júnior 52kg, de São Paulo.

O maior evento de Wushu para jovens do mundo aconteceu durante a semana que passou em Brasília, reuniu 750 atletas de 46 países e pela primeira vez um Campeonato Mundial Junior foi realizado em continente americano.

“Ali estavam os melhores do mundo de cada categoria do Kung Fu. O Brasil participou com oito atletas do Taolu (formas) e oito de Sanda (combate, Boxe Chinês). Nossos atletas chegaram ao pódio no Sanda, que é a modalidade oferecida nas escolinhas da Fundação”, disse o atleta e treinador Lucas Sorín, auxiliar da comissão técnica do Brasil.

Os locais

Erik, Sorín e Arbigaus comemorando a conquista

Santa Catarina levou dois atletas, Luiz Arbigaus, tricampeão estadual e campeão brasileiro terminou sua participação com a nona colocação na categoria Junior's 52kg. e Erick de Carvalho, 13, que conquistou medalha de bronze e virou ‘sensação’ na competição.

“Ele foi a sensação do campeonato, o ginásio parou para torcer pelo nosso menino em seus combates e até o ministro do Esporte Leandro Cruz torceu absurdamente pelo garoto e foi parabenizá-lo após o evento. Foi um passo muito importante, realizamos um sonho e mostramos que o Boxe Chinês de Balneário está entre os melhores do mundo”, comemorou Sorín.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Erik, pódio no Mundial
Erik, pódio no Mundial

Balneário Camboriú no pódio do Mundial de Boxe

Publicidade

Segunda, 16/7/2018 11:23.

Pela primeira vez o Brasil conquistou medalhas no Campeonato Mundial de Boxe Chinês. As três medalhas vieram na modalidade Sanda (uma prata e dois bronzes): Guilherme Gama, vice campeão categoria Júnior 65kg, de São Paulo; Erick de Carvalho, bronze categoria Children 45kg de Santa Catarina (Balneário Camboriú) e Nathalia Briquezi, bronze na categoria Júnior 52kg, de São Paulo.

O maior evento de Wushu para jovens do mundo aconteceu durante a semana que passou em Brasília, reuniu 750 atletas de 46 países e pela primeira vez um Campeonato Mundial Junior foi realizado em continente americano.

“Ali estavam os melhores do mundo de cada categoria do Kung Fu. O Brasil participou com oito atletas do Taolu (formas) e oito de Sanda (combate, Boxe Chinês). Nossos atletas chegaram ao pódio no Sanda, que é a modalidade oferecida nas escolinhas da Fundação”, disse o atleta e treinador Lucas Sorín, auxiliar da comissão técnica do Brasil.

Os locais

Erik, Sorín e Arbigaus comemorando a conquista

Santa Catarina levou dois atletas, Luiz Arbigaus, tricampeão estadual e campeão brasileiro terminou sua participação com a nona colocação na categoria Junior's 52kg. e Erick de Carvalho, 13, que conquistou medalha de bronze e virou ‘sensação’ na competição.

“Ele foi a sensação do campeonato, o ginásio parou para torcer pelo nosso menino em seus combates e até o ministro do Esporte Leandro Cruz torceu absurdamente pelo garoto e foi parabenizá-lo após o evento. Foi um passo muito importante, realizamos um sonho e mostramos que o Boxe Chinês de Balneário está entre os melhores do mundo”, comemorou Sorín.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade