Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Por Copa, Neymar decide operar e só deve voltar a jogar em maio
Arquivo Página 3.

Terça, 27/2/2018 9:59.

PARIS, FRANÇA (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Neymar passará por uma cirurgia nos próximos dias para a colocação de um pino na fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito durante o jogo do PSG contra o Olympique de Marselha, no último domingo (25).

O tempo de recuperação estimado é de pelo menos dois meses e a volta do atacante brasileiro deve ocorrer em maio. A informação foi publicada pelo site Globoesporte e posteriormente confirmada pelo UOL Esporte, do Grupo Folha.

A decisão foi tomada pelo próprio jogador na noite de segunda-feira (26) e teve como principal motivo a total recuperação antes da Copa do Mundo. Segundo especialistas consultados, a lesão poderia não cicatrizar por completo sem cirurgia.

Desta forma, Neymar voltará a jogar às vésperas da Copa, que terá início em junho na Rússia. O brasileiro deve participar de partidas das rodadas finais do Campeonato Francês e, se o PSG avançar, da reta final da Liga dos Campeões.

Inicialmente, Neymar foi avisado de que o entorse no tornozelo direito era leve. O problema foi a existência de uma fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito também no duelo contra o Olympique de Marselha.

Neymar teve uma segunda-feira agitada. Foi ao PSG pela manhã e teve diagnóstico positivo quanto ao problema no tornozelo. O estafe do jogador chegou a trabalhar com a possibilidade de presença contra o Real Madrid, na próxima semana.

De noite, ao realizar novos exames no hospital, o camisa 10 foi informado sobre a fissura no pé e, pouco depois, escolheu realizar a cirurgia. A decisão foi tomada em conjunto com o pai, Neymar da Silva Santos, o preparador físico, Ricardo Rosa, e o fisioterapeuta, Rafael Martini. A expectativa é de que o retorno aos treinamentos aconteça no fim de abril.

A contusão vai tirar Neymar dos dois próximos amistosos da seleção brasileira, contra a Rússia (23 de março) e Alemanha (27 de março). Tite anunciará os convocados na próxima sexta-feira. Serão os dois últimos jogos antes da lista final para o Mundial, que será apresentada em maio. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Policia

A suspeita é que funcionários dos gabinetes da Alerj devolviam parte dos salários


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Até embarcações de pequeno porte levantam areia, depende das condições 


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Por Copa, Neymar decide operar e só deve voltar a jogar em maio

Arquivo Página 3.
Terça, 27/2/2018 9:59.

PARIS, FRANÇA (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Neymar passará por uma cirurgia nos próximos dias para a colocação de um pino na fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito durante o jogo do PSG contra o Olympique de Marselha, no último domingo (25).

O tempo de recuperação estimado é de pelo menos dois meses e a volta do atacante brasileiro deve ocorrer em maio. A informação foi publicada pelo site Globoesporte e posteriormente confirmada pelo UOL Esporte, do Grupo Folha.

A decisão foi tomada pelo próprio jogador na noite de segunda-feira (26) e teve como principal motivo a total recuperação antes da Copa do Mundo. Segundo especialistas consultados, a lesão poderia não cicatrizar por completo sem cirurgia.

Desta forma, Neymar voltará a jogar às vésperas da Copa, que terá início em junho na Rússia. O brasileiro deve participar de partidas das rodadas finais do Campeonato Francês e, se o PSG avançar, da reta final da Liga dos Campeões.

Inicialmente, Neymar foi avisado de que o entorse no tornozelo direito era leve. O problema foi a existência de uma fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito também no duelo contra o Olympique de Marselha.

Neymar teve uma segunda-feira agitada. Foi ao PSG pela manhã e teve diagnóstico positivo quanto ao problema no tornozelo. O estafe do jogador chegou a trabalhar com a possibilidade de presença contra o Real Madrid, na próxima semana.

De noite, ao realizar novos exames no hospital, o camisa 10 foi informado sobre a fissura no pé e, pouco depois, escolheu realizar a cirurgia. A decisão foi tomada em conjunto com o pai, Neymar da Silva Santos, o preparador físico, Ricardo Rosa, e o fisioterapeuta, Rafael Martini. A expectativa é de que o retorno aos treinamentos aconteça no fim de abril.

A contusão vai tirar Neymar dos dois próximos amistosos da seleção brasileira, contra a Rússia (23 de março) e Alemanha (27 de março). Tite anunciará os convocados na próxima sexta-feira. Serão os dois últimos jogos antes da lista final para o Mundial, que será apresentada em maio. 

Publicidade

Publicidade