Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Governo Fabrício não apresenta solução para o esporte

Dedicados, técnicos trabalham sem receber salário

Terça, 20/2/2018 8:22.
Arquivo Página 3/Divulgação.
Anny, a catarinense mais veloz em sua categoria, está sem treinador oficialmente.

Publicidade

Na semana passada o prefeito Fabrício Oliveira prometeu para segunda-feira (ontem, 19) solução para os professores/treinadores dos atletas de alto rendimento e escolinhas esportivas, mas nada ficou resolvido.

Era esperada para ontem, mais tardar hoje, a publicação do edital que possibilitasse a contratação dos professores, mas isso não ocorreu.

Desde ontem no começo da tarde a reportagem busca informações sobre o edital, sem sucesso.

Agora pela manhã o jornal foi informado que o edital não está pronto, o que prejudica os melhores atletas da cidade e mais de mil alunos das escolinhas esportivas.

Nos bastidores existe intranquilidade generalizada entre os esportistas porque a ideia da prefeitura é contratar os professores através de associações, o que desagrada parte dos atletas e dirigentes dessas entidades.

Por exemplo, o judô tem duas associações e não existe clareza qual seria escolhida para contratar os professores.

Modalidades esportivas com ótimo desempenho, como o atletismo, sequer possuem associações.

O problema foi causado pelo descontrole nos gastos com pessoal que levou a prefeitura a ultrapassar o Limite Prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que impede novos gastos com funcionários.

O governo é errático no planejamento das despesas com pessoal. Na semana passada aprovou na Câmara de Vereadores projeto que aumenta a remuneração dos auxiliares de alimentação e de serviços gerais nas escolas, com impacto estimado por este jornal em R$ 6 milhões por ano.

Embora tenha herdado do governo anterior um descalabro nas despesas com pessoal a administração atual não tomou qualquer medida corretiva, continuou contratando e gastando como se tudo estivesse normal.

Como a prefeitura não pode demitir servidores estáveis a solução é melhorar a receita o que levaria a aumento de impostos e consequente crescimento da impopularidade do prefeito.

Professores trabalham sem receber

Enquanto a prefeitura não resolve o problema dos professores/treinadores da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) aprovados em prova seletiva em janeiro e até o momento não contratados, seus atletas estão competindo e com total apoio dos seus técnicos, alguns inclusive acompanhando as competições de perto.

Kung Fu

O professor e seus atletas,

O técnico e professor da escolinha da FMEBC Lucas Sorín, duas vezes o quinto melhor do mundo na categoria Sanda, escreveu nas redes sobre as conquistas do último final de semana:

“A escolinha de Boxe Chinês ainda não voltou, mas, graças ao trabalho de 2017, já estamos fazendo história esse ano!

Recém chegado na equipe e primeiro ano como adulto, Lucas Mosquito garantiu vaga para a Copa Sul americana de Sanda em maio no Uruguai.

Erick Carvalho (Infanto 42) e Luiz Arbigaus (Juvenil 56) além de serem convocados para a mesma Copa, vão entrar pra história e serão os primeiros atletas de Santa Catarina a lutarem o maior evento do mundo voltado para categorias de base!

Balneário Camboriú terá dois representantes durante o 7th World Júnior Wushu Championships em julho, em Brasília (pela primeira vez o evento acontece nas Américas)!

Eles garantiram a vaga no último final de semana e, Campinas. Fruto de um trabalho bem feito com total apoio da FME em 2017 e que precisa voltar para que a gente siga levando o esporte de Balneário a outro patamar!”

Vôlei de Praia

Lucas e Davi com a técnica Leize.

A jogadora e técnica de rendimento e das escolinhas de vôlei de praia Leize Bianchini acompanhou seus jogadores na primeira etapa do Campeonato Catarinense Sub 19, que iniciou no final de semana, em Itapema. Lucas e Davi garantiram o terceiro lugar na etapa. As atletas Verônica e Ariele de 12 anos também tiveram um bom desempenho na largada do Catarinense.

Atletismo

A marchadora de Balneário está entre as 10 melhores do país.

O técnico Diogo Gamboa elogiou sua atleta Amanda de Barros que conquistou o 7° lugar na Copa Brasil de marcha atlética em Brasília, no final de semana. “É um grande resultado para essa atleta que vem se dedicando e passando por todos os obstáculos para estar nesse grande evento e mais uma vez Top10 do Brasil”, escreveu seu treinador nas redes.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Arquivo Página 3/Divulgação.
Anny, a catarinense mais veloz em sua categoria, está sem treinador oficialmente.
Anny, a catarinense mais veloz em sua categoria, está sem treinador oficialmente.

Governo Fabrício não apresenta solução para o esporte

Dedicados, técnicos trabalham sem receber salário

Publicidade

Terça, 20/2/2018 8:22.

Na semana passada o prefeito Fabrício Oliveira prometeu para segunda-feira (ontem, 19) solução para os professores/treinadores dos atletas de alto rendimento e escolinhas esportivas, mas nada ficou resolvido.

Era esperada para ontem, mais tardar hoje, a publicação do edital que possibilitasse a contratação dos professores, mas isso não ocorreu.

Desde ontem no começo da tarde a reportagem busca informações sobre o edital, sem sucesso.

Agora pela manhã o jornal foi informado que o edital não está pronto, o que prejudica os melhores atletas da cidade e mais de mil alunos das escolinhas esportivas.

Nos bastidores existe intranquilidade generalizada entre os esportistas porque a ideia da prefeitura é contratar os professores através de associações, o que desagrada parte dos atletas e dirigentes dessas entidades.

Por exemplo, o judô tem duas associações e não existe clareza qual seria escolhida para contratar os professores.

Modalidades esportivas com ótimo desempenho, como o atletismo, sequer possuem associações.

O problema foi causado pelo descontrole nos gastos com pessoal que levou a prefeitura a ultrapassar o Limite Prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que impede novos gastos com funcionários.

O governo é errático no planejamento das despesas com pessoal. Na semana passada aprovou na Câmara de Vereadores projeto que aumenta a remuneração dos auxiliares de alimentação e de serviços gerais nas escolas, com impacto estimado por este jornal em R$ 6 milhões por ano.

Embora tenha herdado do governo anterior um descalabro nas despesas com pessoal a administração atual não tomou qualquer medida corretiva, continuou contratando e gastando como se tudo estivesse normal.

Como a prefeitura não pode demitir servidores estáveis a solução é melhorar a receita o que levaria a aumento de impostos e consequente crescimento da impopularidade do prefeito.

Professores trabalham sem receber

Enquanto a prefeitura não resolve o problema dos professores/treinadores da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) aprovados em prova seletiva em janeiro e até o momento não contratados, seus atletas estão competindo e com total apoio dos seus técnicos, alguns inclusive acompanhando as competições de perto.

Kung Fu

O professor e seus atletas,

O técnico e professor da escolinha da FMEBC Lucas Sorín, duas vezes o quinto melhor do mundo na categoria Sanda, escreveu nas redes sobre as conquistas do último final de semana:

“A escolinha de Boxe Chinês ainda não voltou, mas, graças ao trabalho de 2017, já estamos fazendo história esse ano!

Recém chegado na equipe e primeiro ano como adulto, Lucas Mosquito garantiu vaga para a Copa Sul americana de Sanda em maio no Uruguai.

Erick Carvalho (Infanto 42) e Luiz Arbigaus (Juvenil 56) além de serem convocados para a mesma Copa, vão entrar pra história e serão os primeiros atletas de Santa Catarina a lutarem o maior evento do mundo voltado para categorias de base!

Balneário Camboriú terá dois representantes durante o 7th World Júnior Wushu Championships em julho, em Brasília (pela primeira vez o evento acontece nas Américas)!

Eles garantiram a vaga no último final de semana e, Campinas. Fruto de um trabalho bem feito com total apoio da FME em 2017 e que precisa voltar para que a gente siga levando o esporte de Balneário a outro patamar!”

Vôlei de Praia

Lucas e Davi com a técnica Leize.

A jogadora e técnica de rendimento e das escolinhas de vôlei de praia Leize Bianchini acompanhou seus jogadores na primeira etapa do Campeonato Catarinense Sub 19, que iniciou no final de semana, em Itapema. Lucas e Davi garantiram o terceiro lugar na etapa. As atletas Verônica e Ariele de 12 anos também tiveram um bom desempenho na largada do Catarinense.

Atletismo

A marchadora de Balneário está entre as 10 melhores do país.

O técnico Diogo Gamboa elogiou sua atleta Amanda de Barros que conquistou o 7° lugar na Copa Brasil de marcha atlética em Brasília, no final de semana. “É um grande resultado para essa atleta que vem se dedicando e passando por todos os obstáculos para estar nesse grande evento e mais uma vez Top10 do Brasil”, escreveu seu treinador nas redes.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade