Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Flamengo vence o Boavista e conquista 21º título da Taça Guanabara

Segunda, 19/2/2018 7:43.

Publicidade

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo manteve ampla hegemonia e conquistou seu 21º título de Taça Guanabara ao vencer o Boavista por 2 a 0, neste domingo, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). Os gols foram marcados por Kadu (contra) e Vinícius Júnior.

Com mais um troféu, o time rubro-negro ampliou ainda mais a distância para os rivais em números de título da competição. O Vasco é o segundo da lista, com 12.

Por ter conquistado a Taça Guanabara, o Flamengo já garantiu sua vaga nas semifinais do Campeonato Carioca.

A última conquista do Flamengo do primeiro turno do Campeonato Carioca havia sido em 2014. O time rubro-negro e o Boavista também já haviam se enfrentado em uma decisão. Em 2011, o Flamengo também levou a melhor, ganhando por 1 a 0, com gol de falta de Ronaldinho Gaúcho.

No jogo deste domingo, o primeiro tempo teve pouca emoção. A melhor chance do Flamengo foi em uma cobrança de falta de Diego, aos 26min, que resultou em bela defesa de Rafael.

Aos 32min, Diego voltou a ter uma oportunidade dentro da área. Após rebote da defesa do Boavista, o meia chutou, mas o zagueiro Kadu salvou o time de Saquarema.

Na etapa final, o Flamengo aumentou a pressão e quase marcou aos 5min em um chute de Lucas Paquetá para boa defesa de Rafael. Na sequência do lance, um cruzamento chegou a Henrique Dourado, que cabeceou para fora.

O primeiro gol rubro-negro aconteceu aos 19min. Diego fez cruzamento da esquerda, Réver cabeceou para trás e Kadu, desatento, empurrou contra a própria meta.

O triunfo, porém, só ficou assegurado aos 32min. Éverton Ribeiro alçou bola na área, e Vinicius Júnior deu uma leve casquinha, confundindo o goleiro Rafael e definindo o placar para o Flamengo.

FLAMENGO
César; Pará (Rodinei), Rhodolfo, Réver, René; Cuéllar, Diego, Lucas Paquetá (Vinicius Júnior); Éverton, Éverton Ribeiro, Henrique Dourado. T.: Paulo César Carpegiani

BOAVISTA
Rafael; Thiaguinho, Gustavo Geladeira, Kadu Fernandes (Elivélton), Júlio César; William Maranhão, Douglas Pedroso, Fellype Gabriel (Claudio Maradona), Erick Flores; Lucas, Leandrão (Tartá). T.: Eduardo Allax.

Estádio: Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Juiz: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Henrique Dourado (Flamengo); Douglas Pedroso, William Maranhão, Erick Flores (Boavista)
Gols: Kadu, aos 19min do segundo tempo (contra para o Flamengo), e Vinicius Júnior, aos 32min do segundo tempo (Flamengo).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Flamengo vence o Boavista e conquista 21º título da Taça Guanabara

Publicidade

Segunda, 19/2/2018 7:43.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo manteve ampla hegemonia e conquistou seu 21º título de Taça Guanabara ao vencer o Boavista por 2 a 0, neste domingo, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). Os gols foram marcados por Kadu (contra) e Vinícius Júnior.

Com mais um troféu, o time rubro-negro ampliou ainda mais a distância para os rivais em números de título da competição. O Vasco é o segundo da lista, com 12.

Por ter conquistado a Taça Guanabara, o Flamengo já garantiu sua vaga nas semifinais do Campeonato Carioca.

A última conquista do Flamengo do primeiro turno do Campeonato Carioca havia sido em 2014. O time rubro-negro e o Boavista também já haviam se enfrentado em uma decisão. Em 2011, o Flamengo também levou a melhor, ganhando por 1 a 0, com gol de falta de Ronaldinho Gaúcho.

No jogo deste domingo, o primeiro tempo teve pouca emoção. A melhor chance do Flamengo foi em uma cobrança de falta de Diego, aos 26min, que resultou em bela defesa de Rafael.

Aos 32min, Diego voltou a ter uma oportunidade dentro da área. Após rebote da defesa do Boavista, o meia chutou, mas o zagueiro Kadu salvou o time de Saquarema.

Na etapa final, o Flamengo aumentou a pressão e quase marcou aos 5min em um chute de Lucas Paquetá para boa defesa de Rafael. Na sequência do lance, um cruzamento chegou a Henrique Dourado, que cabeceou para fora.

O primeiro gol rubro-negro aconteceu aos 19min. Diego fez cruzamento da esquerda, Réver cabeceou para trás e Kadu, desatento, empurrou contra a própria meta.

O triunfo, porém, só ficou assegurado aos 32min. Éverton Ribeiro alçou bola na área, e Vinicius Júnior deu uma leve casquinha, confundindo o goleiro Rafael e definindo o placar para o Flamengo.

FLAMENGO
César; Pará (Rodinei), Rhodolfo, Réver, René; Cuéllar, Diego, Lucas Paquetá (Vinicius Júnior); Éverton, Éverton Ribeiro, Henrique Dourado. T.: Paulo César Carpegiani

BOAVISTA
Rafael; Thiaguinho, Gustavo Geladeira, Kadu Fernandes (Elivélton), Júlio César; William Maranhão, Douglas Pedroso, Fellype Gabriel (Claudio Maradona), Erick Flores; Lucas, Leandrão (Tartá). T.: Eduardo Allax.

Estádio: Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Juiz: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Henrique Dourado (Flamengo); Douglas Pedroso, William Maranhão, Erick Flores (Boavista)
Gols: Kadu, aos 19min do segundo tempo (contra para o Flamengo), e Vinicius Júnior, aos 32min do segundo tempo (Flamengo).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade