Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Novo líder do ranking mundial, Federer conquista seu 2º título em 2018

Domingo, 18/2/2018 18:20.
Arquivo Página 3.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - Novo líder do ranking mundial, o tenista Roger Federer conquistou neste domingo (18) o seu segundo título em 2018 ao vencer o ATP 500 de Roterdã, na Holanda. O suíço já havia levado, em janeiro, o Aberto da Austrália.

Federer ganhou o torneio holandês pela terceira vez -é o primeiro a conseguir o trI- na história ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov, atual quinto colocado do ranking, por duplo 6 sets a 2, em apenas 55 minutos de partida.

Aos 36 anos, Federer voltou ao topo do ranking profissional -será confirmado na atualização desta segunda-feira- após cinco anos. O suíço garantiu a posição de número 1 da ATP na última sexta-feira (16), ao derrotar o holandês Robin Haase nas quartas de final do torneio, por 2 sets a 1.

Federer se torna o tenista mais velho, homem ou mulher, a ocupar o posto de número 1 do mundo, superando marca antes pertencente à norte-americana Serena Williams (aos 35). A última vez em que figurou na ponta havia sido em 4 de novembro de 2012. Agora, ele aparecerá à frente do espanhol Rafael Nadal, líder desde agosto de 2017.

Neste domingo, o suíço não teve grandes problemas contra Dimitrov, que até começou jogando de igual para igual, porém, depois de ter o seu serviço quebrado pela primeira vez, caiu de ritmo, enquanto o suíço ganhou confiança e não deu chances para o adversário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Arquivo Página 3.

Novo líder do ranking mundial, Federer conquista seu 2º título em 2018

Publicidade

Domingo, 18/2/2018 18:20.

(UOL/FOLHAPRESS) - Novo líder do ranking mundial, o tenista Roger Federer conquistou neste domingo (18) o seu segundo título em 2018 ao vencer o ATP 500 de Roterdã, na Holanda. O suíço já havia levado, em janeiro, o Aberto da Austrália.

Federer ganhou o torneio holandês pela terceira vez -é o primeiro a conseguir o trI- na história ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov, atual quinto colocado do ranking, por duplo 6 sets a 2, em apenas 55 minutos de partida.

Aos 36 anos, Federer voltou ao topo do ranking profissional -será confirmado na atualização desta segunda-feira- após cinco anos. O suíço garantiu a posição de número 1 da ATP na última sexta-feira (16), ao derrotar o holandês Robin Haase nas quartas de final do torneio, por 2 sets a 1.

Federer se torna o tenista mais velho, homem ou mulher, a ocupar o posto de número 1 do mundo, superando marca antes pertencente à norte-americana Serena Williams (aos 35). A última vez em que figurou na ponta havia sido em 4 de novembro de 2012. Agora, ele aparecerá à frente do espanhol Rafael Nadal, líder desde agosto de 2017.

Neste domingo, o suíço não teve grandes problemas contra Dimitrov, que até começou jogando de igual para igual, porém, depois de ter o seu serviço quebrado pela primeira vez, caiu de ritmo, enquanto o suíço ganhou confiança e não deu chances para o adversário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade