Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Novo número 1 do mundo, Federer bate italiano e vai à segunda final no ano

Domingo, 18/2/2018 7:21.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - Com status de lenda ainda em atividade, Roger Federer voltou à quadra neste sábado (17) já na condição de número 1 mais velho da história -que será confirmada na atualização da próxima semana do ranking da ATP. O suíço enfrentou o italiano Andreas Seppi pela semifinal do Torneio de Roterdã, na Holanda, e assegurou presença em sua segunda final na temporada.

Sem grande dificuldade, Federer derrotou Seppi por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 7-6 (7-3). Foi a 14ª vitória do suíço em 15 confrontos contra o italiano no circuito profissional. O ídolo segue invicto em 2018, com 11 triunfos até o momento.

Aos 36 anos, Federer voltou ao topo do ranking profissional após cinco temporadas (exatos cinco anos e 106 dias). O suíço garantiu a posição de número 1 da ATP na última sexta-feira, ao derrotar o holandês Robin Haase nas quartas de final, por 2 sets a 1.

Na final, Federer enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov, quinto colocado do ranking de simples masculino, que contou com uma infelicidade do adversário para se tornar o primeiro finalista do ATP 500 de Roterdã. No jogo em questão, o belga David Goffin acertou a bola no próprio olho esquerdo e foi obrigado a abandonar a partida.

Neste domingo (18) o ídolo suíço busca seu segundo título na temporada 2018. Em janeiro passado, Federer se sagrou campeão do Aberto da Austrália ao bater o croata Marin Cilic, conquistando seu 20º título em torneios de Grand Slam -os mais nobres do calendário profissional.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Novo número 1 do mundo, Federer bate italiano e vai à segunda final no ano

Publicidade

Domingo, 18/2/2018 7:21.

(UOL/FOLHAPRESS) - Com status de lenda ainda em atividade, Roger Federer voltou à quadra neste sábado (17) já na condição de número 1 mais velho da história -que será confirmada na atualização da próxima semana do ranking da ATP. O suíço enfrentou o italiano Andreas Seppi pela semifinal do Torneio de Roterdã, na Holanda, e assegurou presença em sua segunda final na temporada.

Sem grande dificuldade, Federer derrotou Seppi por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 7-6 (7-3). Foi a 14ª vitória do suíço em 15 confrontos contra o italiano no circuito profissional. O ídolo segue invicto em 2018, com 11 triunfos até o momento.

Aos 36 anos, Federer voltou ao topo do ranking profissional após cinco temporadas (exatos cinco anos e 106 dias). O suíço garantiu a posição de número 1 da ATP na última sexta-feira, ao derrotar o holandês Robin Haase nas quartas de final, por 2 sets a 1.

Na final, Federer enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov, quinto colocado do ranking de simples masculino, que contou com uma infelicidade do adversário para se tornar o primeiro finalista do ATP 500 de Roterdã. No jogo em questão, o belga David Goffin acertou a bola no próprio olho esquerdo e foi obrigado a abandonar a partida.

Neste domingo (18) o ídolo suíço busca seu segundo título na temporada 2018. Em janeiro passado, Federer se sagrou campeão do Aberto da Austrália ao bater o croata Marin Cilic, conquistando seu 20º título em torneios de Grand Slam -os mais nobres do calendário profissional.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade