Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Federer, Djokovic e Nadal buscam o 2º Slam da temporada

Segunda, 27/8/2018 8:00.

Publicidade

DANIEL E. DE CASTRO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na quinta (23), quando os jogos do torneio foram sorteados, ficou definido que Roger Federer, 37, e Novak Djokovic, 31, podem se encontrar nas quartas de final. Rafael Nadal, 32, ficou do outro lado da chave e só poderia encarar um deles na final.

Os três partem como favoritos, com vantagem para Nadal, vencedor de Roland Garros, e Djokovic, campeão em Wimbledon. Eles também levaram os troféus dos dois Masters 1.000 que antecedem o Aberto dos EUA.

Federer, campeão do Aberto da Austrália, vem de derrota para Djokovic na decisão do Masters 1.000 de Cincinnati. Em Wimbledon, ele caiu nas quartas de final.

Como cada um venceu um Slam nesta temporada, o Aberto dos EUA será um tira-teima entre esses tenistas. O torneio também marcará o retorno de Andy Murray, 31, a uma competição desse nível -não joga desde a edição de 2017 de Wimbledon.

Na chave feminina, a romena Simona Halep, 26, é a cabeça de chave número um, mas sua melhor campanha em Nova York foi uma semifinal, em 2015. Atual campeã, a americana Sloane Stephens, 25, pode ser sua adversária nessa fase.

Antes, porém, Halep vive a expectativa de um duelo com Serena Williams, que poderia ocorrer nas oitavas de final.

Aos 36 anos, a ex-número um do mundo e campeã em Nova York seis vezes tenta seu primeiro título de Grand Slam desde o início de 2017. Ela pode ter um duelo familiar com a irmã Venus Williams, 38, já na terceira rodada.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Federer, Djokovic e Nadal buscam o 2º Slam da temporada

Publicidade

Segunda, 27/8/2018 8:00.

DANIEL E. DE CASTRO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na quinta (23), quando os jogos do torneio foram sorteados, ficou definido que Roger Federer, 37, e Novak Djokovic, 31, podem se encontrar nas quartas de final. Rafael Nadal, 32, ficou do outro lado da chave e só poderia encarar um deles na final.

Os três partem como favoritos, com vantagem para Nadal, vencedor de Roland Garros, e Djokovic, campeão em Wimbledon. Eles também levaram os troféus dos dois Masters 1.000 que antecedem o Aberto dos EUA.

Federer, campeão do Aberto da Austrália, vem de derrota para Djokovic na decisão do Masters 1.000 de Cincinnati. Em Wimbledon, ele caiu nas quartas de final.

Como cada um venceu um Slam nesta temporada, o Aberto dos EUA será um tira-teima entre esses tenistas. O torneio também marcará o retorno de Andy Murray, 31, a uma competição desse nível -não joga desde a edição de 2017 de Wimbledon.

Na chave feminina, a romena Simona Halep, 26, é a cabeça de chave número um, mas sua melhor campanha em Nova York foi uma semifinal, em 2015. Atual campeã, a americana Sloane Stephens, 25, pode ser sua adversária nessa fase.

Antes, porém, Halep vive a expectativa de um duelo com Serena Williams, que poderia ocorrer nas oitavas de final.

Aos 36 anos, a ex-número um do mundo e campeã em Nova York seis vezes tenta seu primeiro título de Grand Slam desde o início de 2017. Ela pode ter um duelo familiar com a irmã Venus Williams, 38, já na terceira rodada.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade