Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Flamengo bate Vitória, se recupera no Brasileiro e fica a dois pontos do líder

Sexta, 24/8/2018 6:53.

Publicidade

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - A briga pelo título do Campeonato Brasileiro embolou ainda mais na abertura do returno. O Flamengo fez a sua parte e se recuperou ao bater o Vitória por 1 a 0, nesta quinta-feira (23), no Maracanã. O gol foi de Diego.

O Flamengo vinha de uma derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, resultado que o havia distanciado da liderança.

Somado ao tropeço do São Paulo nesta rodada (empate com o Paraná), o triunfo do Flamengo encurtou a diferença para o líder para dois pontos. Agora, o Flamengo está no terceiro lugar, com 40 pontos, um abaixo do vice-líder Internacional.

Já o Vitória segue na zona de rebaixamento, com 19 pontos na 17ª colocação. Os times voltam a campo no próximo domingo (26) na busca por objetivos distintos na competição. O Flamengo visita o América-MG, às 16h (de Brasília), no Independência. No mesmo horário, o Vitória recebe o Atlético-MG no Barradão.

Diego fez o gol do Flamengo, mas foi outro meia rubro-negro o destaque da partida. Everton Ribeiro comandou o time com passes, triangulações e função importantíssima no meio de campo. O camisa 7 apresenta crescimento nas últimas apresentações e aparece cada vez mais como uma peça fundamental na equipe de Maurício Barbieri. Uma excelente notícia diante de tantos compromissos decisivos pela frente.

Com a bola rolando, Vitinho, que ainda deve uma boa atuação desde que foi contratado, foi o responsável por levantar a torcida no começo da partida ao acertar belo chute de fora da área, carimbando o travessão.

A pressão do Flamengo continuou. Com um Vitória absolutamente defensivo em campo, os donos da casa buscavam a construção de jogadas. Aos 19min, Henrique Dourado foi o responsável por soltar mais uma bomba na direção de Ronaldo. O goleiro fez uma grande defesa e impediu o gol do Ceifador.

O empate sem gols perturbava a torcida do Flamengo diante de uma pressão absoluta do time. Mas a retranca dos visitantes suportou somente até os 40min. Vitinho recebeu pela esquerda e cruzou. Lucas Paquetá cabeceou e obrigou Ronaldo a defender. No rebote, Diego apareceu como uma espécie de centroavante para estufar as redes. Por muito pouco, o Flamengo não chegou ao segundo gol logo depois. Dourado mandou para fora após passe de Renê.

O panorama do primeiro tempo foi mantido na segunda etapa. O Vitória esperava o Flamengo na expectativa de emplacar um contra-ataque.

Não houve sucesso na estratégia. Tranquilo, o Rubro-negro controlou o jogo e por pouco não ampliou aos 20min. Everton Ribeiro lancçou Paquetá profundidade. O selecionável de Tite entrou na cara do goleiro e deu a cavadinha. A bola caprichosamente foi para fora.

Abatido durante toda a partida, o Vitória só "apareceu" nos cinco minutos finais do confronto, quando Diego Alves fez a primeira defesa no jogo. Mas não passou de um ensaio. O Flamengo confirmou o triunfo e embolou ainda mais o Campeonato Brasileiro.

FLAMENGO
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte, Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá (Piris da Motta), Diego, Everton Ribeiro; Vitinho (Marlos Moreno), Henrique Dourado (Lincoln). T.: Maurício Barbieri

VITÓRIA
Ronaldo; Jeferson, Lucas Ribeiro, Aderlan (Ruan Renato), Benítez; Rodrigo (Lucas Fernandes), Arouca (Willian Farias), Léo Gomes; Neilton, Yago, Léo Ceará. T.: Paulo César Carpegiani

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro
Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Renda: R$ 1.090.353,60
Público: 48.757 pagantes / 51.878 presentes
Cartões amarelos: Everton Ribeiro e Cuéllar (Flamengo); Yago e Lucas Ribeiro (Vitória)
Gol: Diego, aos 40min do primeiro tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Flamengo bate Vitória, se recupera no Brasileiro e fica a dois pontos do líder

Publicidade

Sexta, 24/8/2018 6:53.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - A briga pelo título do Campeonato Brasileiro embolou ainda mais na abertura do returno. O Flamengo fez a sua parte e se recuperou ao bater o Vitória por 1 a 0, nesta quinta-feira (23), no Maracanã. O gol foi de Diego.

O Flamengo vinha de uma derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, resultado que o havia distanciado da liderança.

Somado ao tropeço do São Paulo nesta rodada (empate com o Paraná), o triunfo do Flamengo encurtou a diferença para o líder para dois pontos. Agora, o Flamengo está no terceiro lugar, com 40 pontos, um abaixo do vice-líder Internacional.

Já o Vitória segue na zona de rebaixamento, com 19 pontos na 17ª colocação. Os times voltam a campo no próximo domingo (26) na busca por objetivos distintos na competição. O Flamengo visita o América-MG, às 16h (de Brasília), no Independência. No mesmo horário, o Vitória recebe o Atlético-MG no Barradão.

Diego fez o gol do Flamengo, mas foi outro meia rubro-negro o destaque da partida. Everton Ribeiro comandou o time com passes, triangulações e função importantíssima no meio de campo. O camisa 7 apresenta crescimento nas últimas apresentações e aparece cada vez mais como uma peça fundamental na equipe de Maurício Barbieri. Uma excelente notícia diante de tantos compromissos decisivos pela frente.

Com a bola rolando, Vitinho, que ainda deve uma boa atuação desde que foi contratado, foi o responsável por levantar a torcida no começo da partida ao acertar belo chute de fora da área, carimbando o travessão.

A pressão do Flamengo continuou. Com um Vitória absolutamente defensivo em campo, os donos da casa buscavam a construção de jogadas. Aos 19min, Henrique Dourado foi o responsável por soltar mais uma bomba na direção de Ronaldo. O goleiro fez uma grande defesa e impediu o gol do Ceifador.

O empate sem gols perturbava a torcida do Flamengo diante de uma pressão absoluta do time. Mas a retranca dos visitantes suportou somente até os 40min. Vitinho recebeu pela esquerda e cruzou. Lucas Paquetá cabeceou e obrigou Ronaldo a defender. No rebote, Diego apareceu como uma espécie de centroavante para estufar as redes. Por muito pouco, o Flamengo não chegou ao segundo gol logo depois. Dourado mandou para fora após passe de Renê.

O panorama do primeiro tempo foi mantido na segunda etapa. O Vitória esperava o Flamengo na expectativa de emplacar um contra-ataque.

Não houve sucesso na estratégia. Tranquilo, o Rubro-negro controlou o jogo e por pouco não ampliou aos 20min. Everton Ribeiro lancçou Paquetá profundidade. O selecionável de Tite entrou na cara do goleiro e deu a cavadinha. A bola caprichosamente foi para fora.

Abatido durante toda a partida, o Vitória só "apareceu" nos cinco minutos finais do confronto, quando Diego Alves fez a primeira defesa no jogo. Mas não passou de um ensaio. O Flamengo confirmou o triunfo e embolou ainda mais o Campeonato Brasileiro.

FLAMENGO
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte, Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá (Piris da Motta), Diego, Everton Ribeiro; Vitinho (Marlos Moreno), Henrique Dourado (Lincoln). T.: Maurício Barbieri

VITÓRIA
Ronaldo; Jeferson, Lucas Ribeiro, Aderlan (Ruan Renato), Benítez; Rodrigo (Lucas Fernandes), Arouca (Willian Farias), Léo Gomes; Neilton, Yago, Léo Ceará. T.: Paulo César Carpegiani

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro
Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Renda: R$ 1.090.353,60
Público: 48.757 pagantes / 51.878 presentes
Cartões amarelos: Everton Ribeiro e Cuéllar (Flamengo); Yago e Lucas Ribeiro (Vitória)
Gol: Diego, aos 40min do primeiro tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade