Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Vasco empata com Ceará e fica em situação perigosa no Brasileiro

Terça, 21/8/2018 5:41.

Publicidade

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco ligou o sinal de alerta no Campeonato Brasileiro. Atuando em São Januário (RJ) nesta segunda-feira (20), o time cruzmaltino ficou somente no empate por 1 a 1 com o Ceará e agora está em situação delicada na competição, com 20 pontos, um a mais que o Vitória, o primeiro a estar na zona de rebaixamento.

Os cearenses seguem com o drama na penúltima colocação, com 17 pontos. Wagner abriu o placar para os vascaínos, mas Tiago Alves deixou tudo igual para o time dirigido por Lisca. Ainda sem um treinador após a demissão de Jorginho no último dia 13, o Vasco teve à beira do campo o interino Valdir Bigode.

Na próxima quinta, o Cruzmaltino visita o Atlético-MG em Belo Horizonte (MG). Já o Ceará encara o São Paulo, domingo, na capital paulista.

A partida entre Vasco e Ceará foi um pouco truncada, com o time da casa tendo dificuldades para furar a retranca do adversário. Ao Cruzmaltino restou as jogadas em cruzamento, que acabaram se originando no gol de Wagner. Os cearenses, porém, empataram logo em seguida e voltaram a se defender bem. O segundo tempo, aliás, melhorou a partida, que foi sem emoção na etapa inicial.

Logo aos 5 minutos do primeiro tempo, Wagner cobrou falta no ângulo, e Éverson precisou se esticar todo para fazer a defesa. Quase gol do Vasco!

Aos 35 minutos, o Ceará regiu. Ricardinho pegou rebote de uma bola mal desviada por Desábato, fez um lindo corte no argentino e chutou colocado. A bola passou muito perto do gol de Martín Silva.

O atacante Maxi López chegou perto de fazer seu primeiro gol com a camisa do Vasco aos 38, quando Wagner chutou forte, cruzado e rasteiro para a área. A bola foi no argentino, que não estava tão atento e,com o domínio, acabou colocando a bola para fora.
Na etapa final, Yago Pikachu quase apareceu para marcar. Ele surgiu como elemento surpresa aos 10 minutos e, após cruzamento da direita, deu um leve desvio e quase abriu o placar.

Veio então o gol vascaíno. Após o zagueiro João Lucas desviar mal um cruzamento, Maxi López utilizou-se de sua experiência e, com um belo pivô, rolou para Wagner bater colocado, de canhota, estufando a rede do Ceará, aos 14min.

Aos 18min, Giovanni Augusto quase ampliou ao cabecear livre para Éverson fazer linda defesa. No rebote, o meia do Vasco furou e perdeu outra ótima oportunidade.

Dois minutos depois, o Vasco sofreu um duro castigo quando o Ceará bateu escanteio da esquerda, e Tiago Alves subiu mais alto que a defesa para empatar e decretar o placar final em São Januário..

VASCO
Martín Silva; Luiz Gustavo, Leandro Castan (Lenon), Bruno Silva, Ramon (Henrique); Desábato, Wagner (Vinícius Araújo), Yago Pikachu, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto; Maxi López. T.: Valdir Bigode (interino)

CEARÁ
Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves, João Lucas; Edinho, Richardson, Ricardinho; Leandro Carvalho (Felipe Azevedo), Arthur (Fabinho), Calyson (Reyna). T.: Lisca

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro
Juiz: Vinicius Gonçalves Dias (SP)
Cartões amarelos: Maxi López (Vasco)
Cartões vermelhos: Samuel Xavier (Ceará)
Gols: Wagner, aos 14min do segundo tempo (Vasco); Tiago Alves, aos 20min do segundo tempo (Ceará).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Vasco empata com Ceará e fica em situação perigosa no Brasileiro

Publicidade

Terça, 21/8/2018 5:41.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco ligou o sinal de alerta no Campeonato Brasileiro. Atuando em São Januário (RJ) nesta segunda-feira (20), o time cruzmaltino ficou somente no empate por 1 a 1 com o Ceará e agora está em situação delicada na competição, com 20 pontos, um a mais que o Vitória, o primeiro a estar na zona de rebaixamento.

Os cearenses seguem com o drama na penúltima colocação, com 17 pontos. Wagner abriu o placar para os vascaínos, mas Tiago Alves deixou tudo igual para o time dirigido por Lisca. Ainda sem um treinador após a demissão de Jorginho no último dia 13, o Vasco teve à beira do campo o interino Valdir Bigode.

Na próxima quinta, o Cruzmaltino visita o Atlético-MG em Belo Horizonte (MG). Já o Ceará encara o São Paulo, domingo, na capital paulista.

A partida entre Vasco e Ceará foi um pouco truncada, com o time da casa tendo dificuldades para furar a retranca do adversário. Ao Cruzmaltino restou as jogadas em cruzamento, que acabaram se originando no gol de Wagner. Os cearenses, porém, empataram logo em seguida e voltaram a se defender bem. O segundo tempo, aliás, melhorou a partida, que foi sem emoção na etapa inicial.

Logo aos 5 minutos do primeiro tempo, Wagner cobrou falta no ângulo, e Éverson precisou se esticar todo para fazer a defesa. Quase gol do Vasco!

Aos 35 minutos, o Ceará regiu. Ricardinho pegou rebote de uma bola mal desviada por Desábato, fez um lindo corte no argentino e chutou colocado. A bola passou muito perto do gol de Martín Silva.

O atacante Maxi López chegou perto de fazer seu primeiro gol com a camisa do Vasco aos 38, quando Wagner chutou forte, cruzado e rasteiro para a área. A bola foi no argentino, que não estava tão atento e,com o domínio, acabou colocando a bola para fora.
Na etapa final, Yago Pikachu quase apareceu para marcar. Ele surgiu como elemento surpresa aos 10 minutos e, após cruzamento da direita, deu um leve desvio e quase abriu o placar.

Veio então o gol vascaíno. Após o zagueiro João Lucas desviar mal um cruzamento, Maxi López utilizou-se de sua experiência e, com um belo pivô, rolou para Wagner bater colocado, de canhota, estufando a rede do Ceará, aos 14min.

Aos 18min, Giovanni Augusto quase ampliou ao cabecear livre para Éverson fazer linda defesa. No rebote, o meia do Vasco furou e perdeu outra ótima oportunidade.

Dois minutos depois, o Vasco sofreu um duro castigo quando o Ceará bateu escanteio da esquerda, e Tiago Alves subiu mais alto que a defesa para empatar e decretar o placar final em São Januário..

VASCO
Martín Silva; Luiz Gustavo, Leandro Castan (Lenon), Bruno Silva, Ramon (Henrique); Desábato, Wagner (Vinícius Araújo), Yago Pikachu, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto; Maxi López. T.: Valdir Bigode (interino)

CEARÁ
Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves, João Lucas; Edinho, Richardson, Ricardinho; Leandro Carvalho (Felipe Azevedo), Arthur (Fabinho), Calyson (Reyna). T.: Lisca

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro
Juiz: Vinicius Gonçalves Dias (SP)
Cartões amarelos: Maxi López (Vasco)
Cartões vermelhos: Samuel Xavier (Ceará)
Gols: Wagner, aos 14min do segundo tempo (Vasco); Tiago Alves, aos 20min do segundo tempo (Ceará).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade