Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Com gol de Pedro, Fluminense bate Defensor e segue na Sul-Americana

Sexta, 17/8/2018 7:20.

Publicidade

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense visitou o Defensor e vai desembarcar no Rio com a vaga para a próxima fase da Sul-Americana. Em um jogo sem maiores emoções em Montevidéu, os cariocas venceram por 1 a 0, com um gol do artilheiro Pedro (seu 19º gol no ano). O resultado é mais que suficiente para que o time siga vivo na competição, já que venceu o jogo de ida por 2 a 0.

Com o passaporte carimbado, o Fluminense terá pela frente o Deportivo Cuenca, do Equador, na próxima fase. No domingo, o time encara o América-MG, 19h, no Independência, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

O destaque do triunfo tricolor foi Ayrton Lucas. Favorecido pelo "novo" esquema do Flu, o lateral voltou a ser protagonista em uma partida do time este ano. Com três zagueiros, o lateral virou ala e foi a melhor válvula de escape tricolor. Seu jogo cresceu com a presença de Matheus Alessandro, que se mexeu muito e ajudou a abrir a defesa uruguaia.

Com a vantagem por 2 a 0, o Fluminense tratou de cozinhar o jogo na primeira etapa, e teve sucesso na missão. Diante de um adversário frágil, o time permaneceu bem postado e não sofreu um sufoco sequer. Confortável, o time também não se arriscou muito na frente e pouco chegou ao gol dos "violetas", que tentaram apenas uma ou outra conclusão de fora da área.

Com a sorte do confronto praticamente definida, o Defensor voltou com uma postura mais ofensiva depois do intervalo. Antes acanhado, o time uruguaio teve sua primeira grande chance no jogo aos 8 minutos, quando Júlio César defendeu bom chute de Rabuñal. O Flu se fechou um pouco demais e viu seu goleiro salvar novamente em conclusão de López.

Apesar da mudança no desenho da partida, os tricolores aguentaram a pressão momentânea, ocuparam mais o campo contrário e chegaram ao gol da vitória com Pedro, que aproveitou passe de Gilberto para tocar com categoria por cima do goleiro, aos 32min.

DEFENSOR
Reyes; Suárez, Correa, Maulella; Cardacio, Rabunãl, Piquerez (Boselli), Goñi (Rivero), M. Correa (Cristóbal); Navarro, López. T.: Eduardo Acevedo

FLUMINENSE
Júlio César; Gilberto, Gum, Ibañez, Digão, Ayrton Lucas; Airton (Richard), Jádson (Mateus Norton), Sornoza; Matheus Alessandro (Everaldo), Pedro. T.: Marcelo Oliveira

Estádio: Luiz Franzini, em Montevidéu (URU)
Juiz: Roberto Tobar (CHI)
Gol: Pedro, aos 32min do segundo tempo
Cartões amarelos: Airton, Ayrton Lucas (Fluminense); Correa, Cardacio, Suárez, Rivero (Defensor)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Com gol de Pedro, Fluminense bate Defensor e segue na Sul-Americana

Publicidade

Sexta, 17/8/2018 7:20.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense visitou o Defensor e vai desembarcar no Rio com a vaga para a próxima fase da Sul-Americana. Em um jogo sem maiores emoções em Montevidéu, os cariocas venceram por 1 a 0, com um gol do artilheiro Pedro (seu 19º gol no ano). O resultado é mais que suficiente para que o time siga vivo na competição, já que venceu o jogo de ida por 2 a 0.

Com o passaporte carimbado, o Fluminense terá pela frente o Deportivo Cuenca, do Equador, na próxima fase. No domingo, o time encara o América-MG, 19h, no Independência, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

O destaque do triunfo tricolor foi Ayrton Lucas. Favorecido pelo "novo" esquema do Flu, o lateral voltou a ser protagonista em uma partida do time este ano. Com três zagueiros, o lateral virou ala e foi a melhor válvula de escape tricolor. Seu jogo cresceu com a presença de Matheus Alessandro, que se mexeu muito e ajudou a abrir a defesa uruguaia.

Com a vantagem por 2 a 0, o Fluminense tratou de cozinhar o jogo na primeira etapa, e teve sucesso na missão. Diante de um adversário frágil, o time permaneceu bem postado e não sofreu um sufoco sequer. Confortável, o time também não se arriscou muito na frente e pouco chegou ao gol dos "violetas", que tentaram apenas uma ou outra conclusão de fora da área.

Com a sorte do confronto praticamente definida, o Defensor voltou com uma postura mais ofensiva depois do intervalo. Antes acanhado, o time uruguaio teve sua primeira grande chance no jogo aos 8 minutos, quando Júlio César defendeu bom chute de Rabuñal. O Flu se fechou um pouco demais e viu seu goleiro salvar novamente em conclusão de López.

Apesar da mudança no desenho da partida, os tricolores aguentaram a pressão momentânea, ocuparam mais o campo contrário e chegaram ao gol da vitória com Pedro, que aproveitou passe de Gilberto para tocar com categoria por cima do goleiro, aos 32min.

DEFENSOR
Reyes; Suárez, Correa, Maulella; Cardacio, Rabunãl, Piquerez (Boselli), Goñi (Rivero), M. Correa (Cristóbal); Navarro, López. T.: Eduardo Acevedo

FLUMINENSE
Júlio César; Gilberto, Gum, Ibañez, Digão, Ayrton Lucas; Airton (Richard), Jádson (Mateus Norton), Sornoza; Matheus Alessandro (Everaldo), Pedro. T.: Marcelo Oliveira

Estádio: Luiz Franzini, em Montevidéu (URU)
Juiz: Roberto Tobar (CHI)
Gol: Pedro, aos 32min do segundo tempo
Cartões amarelos: Airton, Ayrton Lucas (Fluminense); Correa, Cardacio, Suárez, Rivero (Defensor)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade