Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Cruzeiro e Vasco empatam no Mineirão e seguem sem vencer na Libertadores

Quinta, 5/4/2018 5:26.

Publicidade

ENRICO BRUNO E THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Cruzeiro e Vasco não saíram de um empate sem gols na noite desta quarta-feira (4), no Mineirão. As equipes até criaram, mas não conseguiram marcar no jogo válido pela segunda rodada do Grupo 5 da Taça Libertadores da América. Assim, ambos seguem sem vencer na fase de grupos da competição.

Com o resultado, os cariocas ficam na terceira colocação da chave, com um ponto conquistado. Os mineiros ocupam a lanterna, com o mesmo número. Mas estão abaixo pelo saldo de gols. Racing e Universidad de Chile lideram, com quatro pontos cada. Os dois brasileiros do grupo perderam na estreia da competição.

Aos 17 anos, Paulinho foi o mais lúcido em campo. Jogando pelo lado esquerdo do ataque, o jovem criou as melhores ações ofensivas do confronto, com passes para o centroavante Riascos e também finalizações. O garoto exigiu que Fábio fizesse a melhor defesa do jogo. A sua saída por lesão, no segundo tempo do confronto, fez com que o Vasco perdesse bastante poder ofensivo. Andrés Ríos entrou em seu lugar.

CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero (Ezequiel), Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Mancuello), Robinho; Thiago Neves, Rafinha (Sassá) e Arrascaeta. T.: Mano Menezes

VASCO
Martín Silva, Rafael Galhardo, Paulão, Erazo e Fabrício; Desábato e Wellington; Wagner (Evander), Paulinho (Andrés Rios), Yago Pikachu; Riascos (Caio Monteiro). T.: Zé Ricardo

Cartões amarelos: Lucas Romero (C)
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Juiz: Raphael Claus (SP).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Cruzeiro e Vasco empatam no Mineirão e seguem sem vencer na Libertadores

Publicidade

Quinta, 5/4/2018 5:26.

ENRICO BRUNO E THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Cruzeiro e Vasco não saíram de um empate sem gols na noite desta quarta-feira (4), no Mineirão. As equipes até criaram, mas não conseguiram marcar no jogo válido pela segunda rodada do Grupo 5 da Taça Libertadores da América. Assim, ambos seguem sem vencer na fase de grupos da competição.

Com o resultado, os cariocas ficam na terceira colocação da chave, com um ponto conquistado. Os mineiros ocupam a lanterna, com o mesmo número. Mas estão abaixo pelo saldo de gols. Racing e Universidad de Chile lideram, com quatro pontos cada. Os dois brasileiros do grupo perderam na estreia da competição.

Aos 17 anos, Paulinho foi o mais lúcido em campo. Jogando pelo lado esquerdo do ataque, o jovem criou as melhores ações ofensivas do confronto, com passes para o centroavante Riascos e também finalizações. O garoto exigiu que Fábio fizesse a melhor defesa do jogo. A sua saída por lesão, no segundo tempo do confronto, fez com que o Vasco perdesse bastante poder ofensivo. Andrés Ríos entrou em seu lugar.

CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero (Ezequiel), Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Mancuello), Robinho; Thiago Neves, Rafinha (Sassá) e Arrascaeta. T.: Mano Menezes

VASCO
Martín Silva, Rafael Galhardo, Paulão, Erazo e Fabrício; Desábato e Wellington; Wagner (Evander), Paulinho (Andrés Rios), Yago Pikachu; Riascos (Caio Monteiro). T.: Zé Ricardo

Cartões amarelos: Lucas Romero (C)
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Juiz: Raphael Claus (SP).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade