Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Corinthians empata com Vitória e mantém sequência invicta

Quinta, 26/4/2018 4:56.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - Corinthians e Vitória não fizeram um grande jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Barradão, mas o empate sem gols serviu para que o time paulista mantivesse a boa sequência invicta que carrega na temporada, chegando agora a cinco partidas sem perder.

Antes de encarar o rubro-negro baiano, o Corinthians havia vencido em sequência o Palmeiras, na final do Paulistão, o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, o Independiente, pela Copa Libertadores, e o Paraná, novamente pelo Brasileiro, no último fim de semana.

Sem Renê Júnior, que se lesionou no último treino antes da partida, Fábio Carille optou por escalar Ralf entre os titulares. Contudo, no fim do primeiro tempo, o experiente volante, 33, sentiu fortes dores no ombro esquerdo depois de uma queda e precisou deixar o gramado para a entrada de Gabriel.

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, as melhores chances foram do Corinthians, que chegou bem próximo de abrir o placar com Rodriguinho, autor de nove gols no ano, em chute forte de fora da área. Romero também teve oportunidade em cruzamento de Clayson, mas não alcançou a bola.

No segundo tempo, o árbitro Braulio da Silva Machado entendeu que Gabriel recuou uma bola para Cássio e marcou tiro livre indireto para o Vitória. Juninho, porém, não pegou bem na bola, que desviou na barreira e saiu para escanteio.

O duelo em Salvador serviu para Fábio Carille dar ritmo de jogo a Emerson Sheik, fora dos dois últimos jogos do alvinegro paulista por conta de um torcicolo. O veterano atacante, 39, jogou pouco mais de dez minutos no Barradão.

Ainda não há data definida para a partida de volta entre as equipes.

O próximo jogo do Corinthians é contra o Atlético-MG, domingo (29), no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. O Vitória também vai ao Independência pelo Brasileiro, mas na segunda-feira (30), para visitar o América-MG.

VITÓRIA
Caíque; José Welison, Kanu, Ramon, Juninho (Pedro Botelho); Willian Farias, Uillian Correia, Yago (Nickson), Neílton, Rhayner (Guilherme); Denílson. T.: Vagner Mancini

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Henrique, Balbuena, Sidcley; Ralf (Gabriel), Maycon, Jadson (Mateus Vital), Rodriguinho; Romero, Clayson (Emerson Sheik). T.: Fábio Carille

Estádio: Barradão, em Salvador (BA)
Público: 11.738 (total)
Renda: R$ 170.333,00
Juiz: Bráulio da Silva Machado (SC)
Cartões amarelos: José Welison e Neilton (Vitória); Gabriel e Henrique (Corinthians).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Corinthians empata com Vitória e mantém sequência invicta

Publicidade

Quinta, 26/4/2018 4:56.

(FOLHAPRESS) - Corinthians e Vitória não fizeram um grande jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Barradão, mas o empate sem gols serviu para que o time paulista mantivesse a boa sequência invicta que carrega na temporada, chegando agora a cinco partidas sem perder.

Antes de encarar o rubro-negro baiano, o Corinthians havia vencido em sequência o Palmeiras, na final do Paulistão, o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, o Independiente, pela Copa Libertadores, e o Paraná, novamente pelo Brasileiro, no último fim de semana.

Sem Renê Júnior, que se lesionou no último treino antes da partida, Fábio Carille optou por escalar Ralf entre os titulares. Contudo, no fim do primeiro tempo, o experiente volante, 33, sentiu fortes dores no ombro esquerdo depois de uma queda e precisou deixar o gramado para a entrada de Gabriel.

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, as melhores chances foram do Corinthians, que chegou bem próximo de abrir o placar com Rodriguinho, autor de nove gols no ano, em chute forte de fora da área. Romero também teve oportunidade em cruzamento de Clayson, mas não alcançou a bola.

No segundo tempo, o árbitro Braulio da Silva Machado entendeu que Gabriel recuou uma bola para Cássio e marcou tiro livre indireto para o Vitória. Juninho, porém, não pegou bem na bola, que desviou na barreira e saiu para escanteio.

O duelo em Salvador serviu para Fábio Carille dar ritmo de jogo a Emerson Sheik, fora dos dois últimos jogos do alvinegro paulista por conta de um torcicolo. O veterano atacante, 39, jogou pouco mais de dez minutos no Barradão.

Ainda não há data definida para a partida de volta entre as equipes.

O próximo jogo do Corinthians é contra o Atlético-MG, domingo (29), no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. O Vitória também vai ao Independência pelo Brasileiro, mas na segunda-feira (30), para visitar o América-MG.

VITÓRIA
Caíque; José Welison, Kanu, Ramon, Juninho (Pedro Botelho); Willian Farias, Uillian Correia, Yago (Nickson), Neílton, Rhayner (Guilherme); Denílson. T.: Vagner Mancini

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Henrique, Balbuena, Sidcley; Ralf (Gabriel), Maycon, Jadson (Mateus Vital), Rodriguinho; Romero, Clayson (Emerson Sheik). T.: Fábio Carille

Estádio: Barradão, em Salvador (BA)
Público: 11.738 (total)
Renda: R$ 170.333,00
Juiz: Bráulio da Silva Machado (SC)
Cartões amarelos: José Welison e Neilton (Vitória); Gabriel e Henrique (Corinthians).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade