Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Atleta de Balneário perde Mundial de Jiu Jitsu porque vomitou no tatame

Ela tinha vencido, mas foi desclassificada pela arbitragem

Quarta, 25/4/2018 17:00.
Divulgação
Luana Barros Gomes

Publicidade

A lutadora faixa verde Luana Barros Gomes, 14 anos, de Balneário Camboriú, perdeu a medalha de ouro do torneio mundial World Pro Jiu Jitsu Championship Abu Dhabi, mesmo tendo vencido a luta decisiva, porque passou mal.

Após três combates difíceis, a atleta sentiu-se mal no tatame antes de ter o braço erguido e por isso, a árbitra desclassificou Luana, deixando-a na segunda posição, com a medalha de prata.

“Fiz três lutas chegando na final, estava com a pontuação superior a adversária, porém ela começou a passar mal, e a luta foi interrompida por médicos e socorristas. Neste meio tempo devido à dieta, ansiedade e uma série de outros fatores, também passei mal, acabei vomitando no tatame, e de medalha de ouro acabei ficando com a de prata apenas, por ter vomitado”, disse Luana ao Página3.

O fato gerou uma grande confusão e tristeza em toda a equipe de Balneário Camboriú que está disputando o torneio em Abu Dhabi desde domingo. Um dos integrantes do grupo contou que depois do ocorrido houve desrespeito com palavras pelo chefe de arbitragem para a atleta e seu pai, que contatou imediatamente a organização do evento, para que não aconteça com outros atletas, principalmente crianças.

Luana ficou triste. Principalmente quando lembrou do forte treinamento que enfrentou preparando-se para o Mundial. Precisou perder 9 kg para entrar na categoria que queria, treinava três vezes ao dia e até eventos para arrecadar dinheiro para as despesas de viagem ela teve que fazer.

“Quero aproveitar a oportunidade para agradecer aos meus patrocinadores, a Escola Construindo o Saber; Santa Costa; Gran Mestri; Instituto de Odontologia IPPO”, disse a atleta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Luana Barros Gomes
Luana Barros Gomes

Atleta de Balneário perde Mundial de Jiu Jitsu porque vomitou no tatame

Ela tinha vencido, mas foi desclassificada pela arbitragem

Quarta, 25/4/2018 17:00.

A lutadora faixa verde Luana Barros Gomes, 14 anos, de Balneário Camboriú, perdeu a medalha de ouro do torneio mundial World Pro Jiu Jitsu Championship Abu Dhabi, mesmo tendo vencido a luta decisiva, porque passou mal.

Após três combates difíceis, a atleta sentiu-se mal no tatame antes de ter o braço erguido e por isso, a árbitra desclassificou Luana, deixando-a na segunda posição, com a medalha de prata.

“Fiz três lutas chegando na final, estava com a pontuação superior a adversária, porém ela começou a passar mal, e a luta foi interrompida por médicos e socorristas. Neste meio tempo devido à dieta, ansiedade e uma série de outros fatores, também passei mal, acabei vomitando no tatame, e de medalha de ouro acabei ficando com a de prata apenas, por ter vomitado”, disse Luana ao Página3.

O fato gerou uma grande confusão e tristeza em toda a equipe de Balneário Camboriú que está disputando o torneio em Abu Dhabi desde domingo. Um dos integrantes do grupo contou que depois do ocorrido houve desrespeito com palavras pelo chefe de arbitragem para a atleta e seu pai, que contatou imediatamente a organização do evento, para que não aconteça com outros atletas, principalmente crianças.

Luana ficou triste. Principalmente quando lembrou do forte treinamento que enfrentou preparando-se para o Mundial. Precisou perder 9 kg para entrar na categoria que queria, treinava três vezes ao dia e até eventos para arrecadar dinheiro para as despesas de viagem ela teve que fazer.

“Quero aproveitar a oportunidade para agradecer aos meus patrocinadores, a Escola Construindo o Saber; Santa Costa; Gran Mestri; Instituto de Odontologia IPPO”, disse a atleta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade