Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
São Paulo e Ceará jogam mal e empatam sem gols

Segunda, 23/4/2018 6:07.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - A falta de resultados positivos segue incomodando o São Paulo. Diferentemente das eliminações recentes, no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, o time não apresentou um futebol intenso e de qualidade neste domingo (22), quando visitou o Ceará, no Castelão, pelo Brasileiro.

A partida da segunda rodada foi dominada por erros de passes, expôs fragilidades ofensivas dos times e terminou empatada por 0 a 0.

Diego Aguirre mais uma vez tentou mudar a equipe, com quatro novidades entre os titulares e variações táticas ao longo do jogo. O recém-contratado Everton foi escalado, mas só conseguiu uma finalização e ainda saiu machucado no segundo tempo.

Na volta do intervalo, ele sentiu dor na virilha ao tentar um cruzamento. O jogador recebeu atendimento médico e saiu aos 18 minutos da segunda etapa para dar lugar a Valdivia.

Outro que se machucou foi Rodrigo Caio. Em disputa de bola aos 43 minutos, o zagueiro caiu no gramado e foi amparado pelos companheiros.

Depois, segundo a reportagem da Globo, o jogador avisou o médico José Sanchez que desconfiava de uma fratura no pé.

Momentos de perigo criados pelo time são-paulino só vieram quando Nenê, que entrou no intervalo, e Cueva se aproximaram. O goleiro Everson, porém, só precisou agir em dois chutes em toda a partida.

O Ceará tampouco incomodou Sidão, que trabalhou apenas aos 41 minutos do segundo tempo para fazer boa defesa após chute de Felipe Azevedo.

Com o empate, o Tricolor chega a quatro pontos em duas rodadas e agora pensa no Fluminense, rival do próximo domingo (29), às 16h, no Rio de Janeiro. O time carioca venceu neste domingo o Cruzeiro por 1 a 0.

Já os cearenses tentarão a primeira vitória na Série A na próxima rodada, diante do Flamengo, mais uma vez em Fortaleza. Na estreia, os alvinegros perderam por 2 a 0 para o Santos.

CEARÁ
Everson; Tiago Alves, Valdo, Luiz Otávio; Arnaldo (Naldo), Juninho, Pio, Rafael Carioca, Wescley (Roberto); Felipe Azevedo, Arthur (Elton). T.: Marcelo Chamusca

SÃO PAULO
Sidão; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio, Edimar; Petros, Hudson, Liziero (Régis); Cueva, Everton, Tréllez (Nenê). T.: Diego Aguirre

Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Juiz: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Cartões amarelos: Luiz Otávio (Ceará); Edimar (São Paulo).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

São Paulo e Ceará jogam mal e empatam sem gols

Publicidade

Segunda, 23/4/2018 6:07.

(UOL/FOLHAPRESS) - A falta de resultados positivos segue incomodando o São Paulo. Diferentemente das eliminações recentes, no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, o time não apresentou um futebol intenso e de qualidade neste domingo (22), quando visitou o Ceará, no Castelão, pelo Brasileiro.

A partida da segunda rodada foi dominada por erros de passes, expôs fragilidades ofensivas dos times e terminou empatada por 0 a 0.

Diego Aguirre mais uma vez tentou mudar a equipe, com quatro novidades entre os titulares e variações táticas ao longo do jogo. O recém-contratado Everton foi escalado, mas só conseguiu uma finalização e ainda saiu machucado no segundo tempo.

Na volta do intervalo, ele sentiu dor na virilha ao tentar um cruzamento. O jogador recebeu atendimento médico e saiu aos 18 minutos da segunda etapa para dar lugar a Valdivia.

Outro que se machucou foi Rodrigo Caio. Em disputa de bola aos 43 minutos, o zagueiro caiu no gramado e foi amparado pelos companheiros.

Depois, segundo a reportagem da Globo, o jogador avisou o médico José Sanchez que desconfiava de uma fratura no pé.

Momentos de perigo criados pelo time são-paulino só vieram quando Nenê, que entrou no intervalo, e Cueva se aproximaram. O goleiro Everson, porém, só precisou agir em dois chutes em toda a partida.

O Ceará tampouco incomodou Sidão, que trabalhou apenas aos 41 minutos do segundo tempo para fazer boa defesa após chute de Felipe Azevedo.

Com o empate, o Tricolor chega a quatro pontos em duas rodadas e agora pensa no Fluminense, rival do próximo domingo (29), às 16h, no Rio de Janeiro. O time carioca venceu neste domingo o Cruzeiro por 1 a 0.

Já os cearenses tentarão a primeira vitória na Série A na próxima rodada, diante do Flamengo, mais uma vez em Fortaleza. Na estreia, os alvinegros perderam por 2 a 0 para o Santos.

CEARÁ
Everson; Tiago Alves, Valdo, Luiz Otávio; Arnaldo (Naldo), Juninho, Pio, Rafael Carioca, Wescley (Roberto); Felipe Azevedo, Arthur (Elton). T.: Marcelo Chamusca

SÃO PAULO
Sidão; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio, Edimar; Petros, Hudson, Liziero (Régis); Cueva, Everton, Tréllez (Nenê). T.: Diego Aguirre

Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Juiz: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Cartões amarelos: Luiz Otávio (Ceará); Edimar (São Paulo).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade