Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira vencem Iron 70.3

Os campeões colocaram a CPH Brasil e Balneário no topo do pódio

Segunda, 23/4/2018 11:01.
Igor e Pâmela

Publicidade

Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira, atletas da CPH/Brasil, de Balneário Camboriú, foram os campeões do Caixa Ironman 70.3 Florianópolis, neste domingo (22). A competição teve a participação de 1300 triatletas de 23 países e reuniu numeroso público em Jurerê. Foi uma ‘amostra’ para o Ironman Brasil, no final de maio, na mesma praia.

Ígor era considerado favorito e estava bem preparado. Fez o percurso de 1.9km de natação, 90km de ciclismo e 21km de corrida em 3h46´46. Pâmela venceu com o tempo de 4h23´03.

“Foi um ótimo aquecimento para o Iron Brasil”, comemorou Ígor, dizendo que tudo aconteceu ‘mais ou menos’ como ele esperava. Na natação ele foi o quinto a sair da água, mas recuperou o tempo no ciclismo, assumiu a liderança e conseguir mantê-la durante a corrida.

Este foi o quinto Iron 70.3 que Ígor venceu depois de Punta del Este, San Juan, Palmas e Miami.

A prova soma pontos para o ranking da Elite e garante 30 vagas para a faixa etária para o Mundial Ironman 70.3, que acontece no início de setembro, em Nelson Mandella Bay, na África do Sul.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Igor e Pâmela
Igor e Pâmela

Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira vencem Iron 70.3

Os campeões colocaram a CPH Brasil e Balneário no topo do pódio

Publicidade

Segunda, 23/4/2018 11:01.

Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira, atletas da CPH/Brasil, de Balneário Camboriú, foram os campeões do Caixa Ironman 70.3 Florianópolis, neste domingo (22). A competição teve a participação de 1300 triatletas de 23 países e reuniu numeroso público em Jurerê. Foi uma ‘amostra’ para o Ironman Brasil, no final de maio, na mesma praia.

Ígor era considerado favorito e estava bem preparado. Fez o percurso de 1.9km de natação, 90km de ciclismo e 21km de corrida em 3h46´46. Pâmela venceu com o tempo de 4h23´03.

“Foi um ótimo aquecimento para o Iron Brasil”, comemorou Ígor, dizendo que tudo aconteceu ‘mais ou menos’ como ele esperava. Na natação ele foi o quinto a sair da água, mas recuperou o tempo no ciclismo, assumiu a liderança e conseguir mantê-la durante a corrida.

Este foi o quinto Iron 70.3 que Ígor venceu depois de Punta del Este, San Juan, Palmas e Miami.

A prova soma pontos para o ranking da Elite e garante 30 vagas para a faixa etária para o Mundial Ironman 70.3, que acontece no início de setembro, em Nelson Mandella Bay, na África do Sul.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade