Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Herói da classificação, goleiro da Chapecoense dedica vitória a Danilo

Esportes atualizados diariamente no Página 3 Online

Quarta, 11/1/2017 5:31.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - A classificação da Chapecoense para a terceira fase da Copinha teve um destaque: o goleiro Tiepo. Na disputa de pênaltis contra o São Paulo, nesta terça-feira (10), o arqueiro defendeu duas cobranças, que deram a vitória ao time catarinense por 3 a 2 - o tempo normal terminou em empate por 0 a 0.

Na saída de campo, em entrevista ao "Sportv", Tiepo dedicou o feito ao goleiro Danilo, uma das vítimas da tragédia com o avião que levava o time da Chapecoense para a disputa da final da Copa Sul-Americana. O arqueiro era conhecido por ser um bom defensor de pênaltis.

"Essa defesa é para o Danilo, que ele pegava pênalti. Queria agradecer todo mundo", afirmou. "Estou muito feliz, estou sem palavras. Mérito desse grupo maravilhoso que a gente tem".

A tragédia também foi lembrada pelo meia Ned. Responsável pela última cobrança de pênalti, o jogador dedicou a classificação aos mortos no acidente em Medellín, na Colômbia. "Uma forma de homenagem para aqueles caras. Um novo início, um recomeço, para mostrar que a gente não caiu, se reergueu".


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Herói da classificação, goleiro da Chapecoense dedica vitória a Danilo

Esportes atualizados diariamente no Página 3 Online

Publicidade

Quarta, 11/1/2017 5:31.

(UOL/FOLHAPRESS) - A classificação da Chapecoense para a terceira fase da Copinha teve um destaque: o goleiro Tiepo. Na disputa de pênaltis contra o São Paulo, nesta terça-feira (10), o arqueiro defendeu duas cobranças, que deram a vitória ao time catarinense por 3 a 2 - o tempo normal terminou em empate por 0 a 0.

Na saída de campo, em entrevista ao "Sportv", Tiepo dedicou o feito ao goleiro Danilo, uma das vítimas da tragédia com o avião que levava o time da Chapecoense para a disputa da final da Copa Sul-Americana. O arqueiro era conhecido por ser um bom defensor de pênaltis.

"Essa defesa é para o Danilo, que ele pegava pênalti. Queria agradecer todo mundo", afirmou. "Estou muito feliz, estou sem palavras. Mérito desse grupo maravilhoso que a gente tem".

A tragédia também foi lembrada pelo meia Ned. Responsável pela última cobrança de pênalti, o jogador dedicou a classificação aos mortos no acidente em Medellín, na Colômbia. "Uma forma de homenagem para aqueles caras. Um novo início, um recomeço, para mostrar que a gente não caiu, se reergueu".


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade