Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Rodrigo Pimpão decide de bicicleta, e Botafogo vence o Olimpia no Engenhão

Quinta, 16/2/2017 5:35.

BERNARDO GENTILE
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Botafogo deu um importante passo na luta por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Jogando no Engenhão, o time de Jair Ventura fez o dever de casa: vitória por 1 a 0 sobre o Olimpia (PAR), no primeiro duelo pela terceira fase preliminar do torneio continental.

O responsável pelo tento da vitória foi Rodrigo Pimpão, que, no momento em que a partida se mostrava aberta e equilibrada, apareceu para dar tranquilidade ao Botafogo. Aos 36 minutos da primeira etapa, Jonas cobrou lateral em direção à área, Roger não alcançou, e Pimpão mandou de bicicleta para o fundo do gol de Azcona. Um golaço.

A torcida do Botafogo preparou uma bonita festa para recepcionar os atletas na entrada em campo.

Um mosaico com 18 mil peças com as cores da equipe foi montado com os dizeres: "minha vida". No meio, uma bandeira do escudo do Alvinegro foi erguida para delírios dos torcedores no Engenhão.

O último desafio botafoguense antes da fase de grupos será na próxima quarta-feira (22), no Paraguai. Lá, o time de Jair Ventura jogará por um empate para avançar no torneio continental. Caso seja derrotado por um gol de diferença, mas tenha balançado as redes ao menos uma vez, o Botafogo estará classificado. O Olimpia somente avançará com um triunfo por dois ou mais gols de diferença -1 a 0 para os paraguaios levará o duelo para os pênaltis. 

BOTAFOGO
Helton Leite; Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luís; Airton (Matheus Fernande), Bruno Silva (Guilherme), Camilo e Montillo (João Paulo); Rodrigo Pimpão e Roger. T.: Jair Ventura

OLIMPIA
Azcona; César Benítez (Rodi Ferreira), Pellerano, Cañete e Fernando Giménez; Riveros, Richard Ortiz, Fernández (Jonathan González) e Julián Benítez; Mouche (Roque Santa Cruz) e Brian Montenegro. T.: Francisco Arce

Gol: Rodrigo Pimpão, aos 36min do 1º tempo
Cartões amarelos: Jonas e Airton (B); Mouche, Fernando Giménez e Richard Ortiz (O)
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 28.601 pagantes
Árbitro: Roddy Zambrano (ECU)

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Rodrigo Pimpão decide de bicicleta, e Botafogo vence o Olimpia no Engenhão

Quinta, 16/2/2017 5:35.

BERNARDO GENTILE
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Botafogo deu um importante passo na luta por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Jogando no Engenhão, o time de Jair Ventura fez o dever de casa: vitória por 1 a 0 sobre o Olimpia (PAR), no primeiro duelo pela terceira fase preliminar do torneio continental.

O responsável pelo tento da vitória foi Rodrigo Pimpão, que, no momento em que a partida se mostrava aberta e equilibrada, apareceu para dar tranquilidade ao Botafogo. Aos 36 minutos da primeira etapa, Jonas cobrou lateral em direção à área, Roger não alcançou, e Pimpão mandou de bicicleta para o fundo do gol de Azcona. Um golaço.

A torcida do Botafogo preparou uma bonita festa para recepcionar os atletas na entrada em campo.

Um mosaico com 18 mil peças com as cores da equipe foi montado com os dizeres: "minha vida". No meio, uma bandeira do escudo do Alvinegro foi erguida para delírios dos torcedores no Engenhão.

O último desafio botafoguense antes da fase de grupos será na próxima quarta-feira (22), no Paraguai. Lá, o time de Jair Ventura jogará por um empate para avançar no torneio continental. Caso seja derrotado por um gol de diferença, mas tenha balançado as redes ao menos uma vez, o Botafogo estará classificado. O Olimpia somente avançará com um triunfo por dois ou mais gols de diferença -1 a 0 para os paraguaios levará o duelo para os pênaltis. 

BOTAFOGO
Helton Leite; Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luís; Airton (Matheus Fernande), Bruno Silva (Guilherme), Camilo e Montillo (João Paulo); Rodrigo Pimpão e Roger. T.: Jair Ventura

OLIMPIA
Azcona; César Benítez (Rodi Ferreira), Pellerano, Cañete e Fernando Giménez; Riveros, Richard Ortiz, Fernández (Jonathan González) e Julián Benítez; Mouche (Roque Santa Cruz) e Brian Montenegro. T.: Francisco Arce

Gol: Rodrigo Pimpão, aos 36min do 1º tempo
Cartões amarelos: Jonas e Airton (B); Mouche, Fernando Giménez e Richard Ortiz (O)
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 28.601 pagantes
Árbitro: Roddy Zambrano (ECU)

Publicidade

Publicidade