Jornal Página 3

Medina chega ao Havaí sonhando com bi, mas título não depende só dele
Arquivo JP3/Folhapress.

Quinta, 7/12/2017 9:42.

(UOL/FOLHAPRESS) - Uma recuperação impressionante fez com que Gabriel Medina chegasse à última etapa do Mundial de Surfe com chances de ser campeão. Nas lendárias ondas de Pipeline, no Havaí, o brasileiro precisará superar John John Florence para conquistar o bicampeonato.

Apesar das chances, Medina não depende apenas de si para ser campeão. Os cenários que dão o título ao brasileiro são três: se Medina vencer a etapa e John John terminar, no máximo, em terceiro; Medina sendo segundo e John John não conseguindo uma posição melhor que a nona; John John ficando em 13º e o brasileiro na quinta colocação.

Depois de um começo decepcionante que o deixou fora do top-10, Medina brilhou nas etapas europeias. Foram duas vitórias seguidas: França e Portugal. Os resultados deixaram o brasileiro na segunda colocação, com 50.250 pontos -o líder John John tem 53.350.

"Agora estou pensando no título", disse o brasileiro logo após conquistar a etapa de Portugal no final de outubro.

Além de Medina e John John Florence, Jordy Smith e Julian Wilson também chegam em Pipeline com chances de título. Dos quatro citados, apenas Wilson venceu a etapa havaiana nos últimos seis anos (2014).

A última etapa do Mundial de Surfe tem sua primeira chamada prevista para esta sexta-feira (8), às 7h (de Brasília). 


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Geral


Política


Cidade

PIB cresceu forte sob Pavan e Spernau e desacelerou entre 2010 e 2015


Guia Legal BC

Festival reunirá sertanejo e música eletrônica no dia 29/12


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade