Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vasco bate Joinville e aproveita tropeço do Atlético-GO para disparar na ponta

Quarta, 8/6/2016 7:46.

Por Thiago Rabelo, especial para a AE

Rio, 07 (AE) - A cada dia o Vasco se torna mais distante daquele time rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2015. Prova disso é o retorno do centroavante Leandrão. Com atuação apagada na última temporada, com apenas um gol em 11 jogos, o jogador voltou a ser titular nesta terça-feira e foi peça fundamental ao marcar dois gols na vitória cruzmaltina por 2 a 0 sobre o Joinville, na Arena Joinville, no interior catarinense.

O resultado serviu para o clube disparar na ponta da Série B ao término da sétima rodada. Com 19 pontos, o Vasco abriu três de vantagem para o vice-líder Atlético-GO, adversário no sábado, em Cariacica (ES). Sem vencer em casa no Brasileiro, o Joinville tem apenas seis pontos e enfrenta o Avaí, em Florianópolis, no mesmo dia.

O Vasco foi auxiliado justamente pelo tropeço de seu principal concorrente no momento, o Atlético-GO, que não passou de um empate por 0 a 0 com o Paraná, também nesta terça-feira, e chegou aos 16 pontos.

Apesar de ter vencido, o Vasco esteve perto de sair atrás em Joinville. Aos 11 minutos, Pereira cobrou falta e quase surpreendeu Jordi. Aos 15, Everton Silva cruzou para Heliardo finalizar de bicicleta para fora. Só depois do último susto é que o time começou a administrar o jogo. Em uma das primeiras investidas, marcou o gol. Aos 22, William levantou na área e Leandrão completou de cabeça: 1 a 0.

Era a noite do centroavante, que poderia ter feito o segundo aos 25, quando recebeu ótimo passe de Nenê, mas o juiz marcou impedimento equivocado. Em busca da primeira vitória em casa, o Joinville sentiu a pressão da torcida e passou a atacar sem organização. Abusou do jogo aéreo, mas sem sucesso.

No segundo tempo, o jogo ficou truncado, com algumas jogadas mais violentas. Mesmo sem ter a posse de bola, o Vasco era melhor e quase ampliou com Luan, após desvio de Leandrão. O zagueiro perdeu o gol na pequena área.

Com a chance desperdiçada pelo defensor, coube a Leandrão marcar o gol da tranquilidade. Após lançamento de Yago Pikachu, o zagueiro Ligger desviou mal. A bola sobrou para o camisa 9 chutar forte de esquerda e fazer 2 a 0, aos 27 minutos do segundo. A torcida catarinense começou a protestar contra o time, que ainda insistiu no ataque, mas não teve forças para diminuir o placar.

OUTROS RESULTADOS - Além das partidas de Vasco e Atlético-GO, a Série B teve oito confrontos disputados nesta terça-feira. Os resultados foram: CRB 2 x 1 Sampaio Corrêa, Paysandu 1 x 3 Náutico, Bragantino 1 x 0 Avaí, Tupi 0 x 1 Oeste, Criciúma 3 x 0 Brasil de Pelotas, Ceará 1 x 0 Londrina, Goiás 0 x 2 Bahia, Luverdense 0 x 2 Vila Nova. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vasco bate Joinville e aproveita tropeço do Atlético-GO para disparar na ponta

Quarta, 8/6/2016 7:46.

Por Thiago Rabelo, especial para a AE

Rio, 07 (AE) - A cada dia o Vasco se torna mais distante daquele time rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2015. Prova disso é o retorno do centroavante Leandrão. Com atuação apagada na última temporada, com apenas um gol em 11 jogos, o jogador voltou a ser titular nesta terça-feira e foi peça fundamental ao marcar dois gols na vitória cruzmaltina por 2 a 0 sobre o Joinville, na Arena Joinville, no interior catarinense.

O resultado serviu para o clube disparar na ponta da Série B ao término da sétima rodada. Com 19 pontos, o Vasco abriu três de vantagem para o vice-líder Atlético-GO, adversário no sábado, em Cariacica (ES). Sem vencer em casa no Brasileiro, o Joinville tem apenas seis pontos e enfrenta o Avaí, em Florianópolis, no mesmo dia.

O Vasco foi auxiliado justamente pelo tropeço de seu principal concorrente no momento, o Atlético-GO, que não passou de um empate por 0 a 0 com o Paraná, também nesta terça-feira, e chegou aos 16 pontos.

Apesar de ter vencido, o Vasco esteve perto de sair atrás em Joinville. Aos 11 minutos, Pereira cobrou falta e quase surpreendeu Jordi. Aos 15, Everton Silva cruzou para Heliardo finalizar de bicicleta para fora. Só depois do último susto é que o time começou a administrar o jogo. Em uma das primeiras investidas, marcou o gol. Aos 22, William levantou na área e Leandrão completou de cabeça: 1 a 0.

Era a noite do centroavante, que poderia ter feito o segundo aos 25, quando recebeu ótimo passe de Nenê, mas o juiz marcou impedimento equivocado. Em busca da primeira vitória em casa, o Joinville sentiu a pressão da torcida e passou a atacar sem organização. Abusou do jogo aéreo, mas sem sucesso.

No segundo tempo, o jogo ficou truncado, com algumas jogadas mais violentas. Mesmo sem ter a posse de bola, o Vasco era melhor e quase ampliou com Luan, após desvio de Leandrão. O zagueiro perdeu o gol na pequena área.

Com a chance desperdiçada pelo defensor, coube a Leandrão marcar o gol da tranquilidade. Após lançamento de Yago Pikachu, o zagueiro Ligger desviou mal. A bola sobrou para o camisa 9 chutar forte de esquerda e fazer 2 a 0, aos 27 minutos do segundo. A torcida catarinense começou a protestar contra o time, que ainda insistiu no ataque, mas não teve forças para diminuir o placar.

OUTROS RESULTADOS - Além das partidas de Vasco e Atlético-GO, a Série B teve oito confrontos disputados nesta terça-feira. Os resultados foram: CRB 2 x 1 Sampaio Corrêa, Paysandu 1 x 3 Náutico, Bragantino 1 x 0 Avaí, Tupi 0 x 1 Oeste, Criciúma 3 x 0 Brasil de Pelotas, Ceará 1 x 0 Londrina, Goiás 0 x 2 Bahia, Luverdense 0 x 2 Vila Nova. 

Publicidade

Publicidade