Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Em noite de Bruno Rangel, Chapecoense vence o Coritiba por 4 a 3 fora de casa

Quinta, 2/6/2016 7:18.

Florianópolis, 01 (AE) - Em partida de sete gols no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela quinta rodada, a Chapecoense venceu por 4 a 3 o Coritiba e beliscou uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. Destaque para o atacante Bruno Rangel, que fez três na partida e igualou Grafite, do Santa Cruz, na artilharia da competição com 6 gols cada. Com a derrota, o clube paranaense vai acabar a rodada na zona de rebaixamento.

Ainda invicto com nove pontos - duas vitórias e três empates -, a Chapecoense subiu para a quarta colocação. Nesta quinta-feira, torcerá contra Flamengo e Palmeiras para fechar a rodada dentro do G4. O Coritiba, com quatro pontos, está em 16.º lugar, mas terminará a rodada entre os quatro últimos colocados por causa do duelo entre América-MG e Ponte Preta.

O campo encharcado do estádio Durival de Britto não impediu que os times jogassem. Em escanteio aos 9 minutos de jogo, Rafael Marques subiu para abrir o placar para o Coritiba. A Chapecoense acordou com o gol e virou em duas cobranças de pênalti de Bruno Rangel, um aos 23 e outro aos 39 ainda do primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, o ritmo diminuiu com as alterações de ambos os lados. Logo a torcida do Coritiba começou a vaiar a equipe, com gritos de "burro" direcionados ao técnico Gilson Kleina. Até que, aos 21 minutos, Juan acertou belo lançamento para Dodô, que driblou Dener Assunção e deu belo passe para o paraguaio Jorge Ortega empatar o marcador.

Mas a noite era de Bruno Rangel. O atacante fez o terceiro aos 36 minutos, após cruzamento de Lucas Gomes. O meia fez o quarto, aos 44. Um golaço de cobertura que garantiu a vitória aos visitantes. No apagar das luzes, Juninho descontou para o Coritiba. Mas era tarde demais.

Pela sexta rodada, neste sábado, o Coritiba será o adversário do Corinthians, em São Paulo, a partir das 20h30. No mesmo dia e horário, a Chapecoense receberá o Fluminense na Arena Condá, em Chapecó (SC).

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 3 x 4 CHAPECOENSE

CORITIBA - Wilson; Dodô, Rafael Marques, Juninho e César Benítez; João Paulo, Thiago Lopes (Vinicius), Juan e González (Ruy); Negueba (Evandro) e Jorge Ortega. Técnico: Gilson Kleina

CHAPECOENSE - Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Dener Assunção; Josimar (Moisés), Cleber Santana e Hyoran (Arthur Maia); Lucas Gomes, Silvinho (Lourency) e Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Rafael Marques, aos 9, Bruno Rangel, aos 23 e aos 39 (ambos de pênalti) minutos do primeiro tempo; Jorge Ortega, aos 21, Bruno Rangel, aos 36, Lucas Gomes, aos 44, e Juninho, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Negueba, César Benitez, Rafael Marques e Vinicius (Coritiba); Bruno Rangel, Danilo e Silvinho (Chapecoense).

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (PB).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Negócios

"Foram quatro anos de tanta recessão que existe uma demanda represada gigantesca".


Geral

Rede municipal tem 1.700 professores que ensinam 15 mil alunos em 44 escolas


Esportes


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Em noite de Bruno Rangel, Chapecoense vence o Coritiba por 4 a 3 fora de casa

Quinta, 2/6/2016 7:18.

Florianópolis, 01 (AE) - Em partida de sete gols no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela quinta rodada, a Chapecoense venceu por 4 a 3 o Coritiba e beliscou uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. Destaque para o atacante Bruno Rangel, que fez três na partida e igualou Grafite, do Santa Cruz, na artilharia da competição com 6 gols cada. Com a derrota, o clube paranaense vai acabar a rodada na zona de rebaixamento.

Ainda invicto com nove pontos - duas vitórias e três empates -, a Chapecoense subiu para a quarta colocação. Nesta quinta-feira, torcerá contra Flamengo e Palmeiras para fechar a rodada dentro do G4. O Coritiba, com quatro pontos, está em 16.º lugar, mas terminará a rodada entre os quatro últimos colocados por causa do duelo entre América-MG e Ponte Preta.

O campo encharcado do estádio Durival de Britto não impediu que os times jogassem. Em escanteio aos 9 minutos de jogo, Rafael Marques subiu para abrir o placar para o Coritiba. A Chapecoense acordou com o gol e virou em duas cobranças de pênalti de Bruno Rangel, um aos 23 e outro aos 39 ainda do primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, o ritmo diminuiu com as alterações de ambos os lados. Logo a torcida do Coritiba começou a vaiar a equipe, com gritos de "burro" direcionados ao técnico Gilson Kleina. Até que, aos 21 minutos, Juan acertou belo lançamento para Dodô, que driblou Dener Assunção e deu belo passe para o paraguaio Jorge Ortega empatar o marcador.

Mas a noite era de Bruno Rangel. O atacante fez o terceiro aos 36 minutos, após cruzamento de Lucas Gomes. O meia fez o quarto, aos 44. Um golaço de cobertura que garantiu a vitória aos visitantes. No apagar das luzes, Juninho descontou para o Coritiba. Mas era tarde demais.

Pela sexta rodada, neste sábado, o Coritiba será o adversário do Corinthians, em São Paulo, a partir das 20h30. No mesmo dia e horário, a Chapecoense receberá o Fluminense na Arena Condá, em Chapecó (SC).

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 3 x 4 CHAPECOENSE

CORITIBA - Wilson; Dodô, Rafael Marques, Juninho e César Benítez; João Paulo, Thiago Lopes (Vinicius), Juan e González (Ruy); Negueba (Evandro) e Jorge Ortega. Técnico: Gilson Kleina

CHAPECOENSE - Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Dener Assunção; Josimar (Moisés), Cleber Santana e Hyoran (Arthur Maia); Lucas Gomes, Silvinho (Lourency) e Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Rafael Marques, aos 9, Bruno Rangel, aos 23 e aos 39 (ambos de pênalti) minutos do primeiro tempo; Jorge Ortega, aos 21, Bruno Rangel, aos 36, Lucas Gomes, aos 44, e Juninho, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Negueba, César Benitez, Rafael Marques e Vinicius (Coritiba); Bruno Rangel, Danilo e Silvinho (Chapecoense).

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (PB).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR). 

Publicidade

Publicidade