Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

MMA: atleta de Balneário busca título internacional nos EUA
Reprodução/Facebook

Quinta, 14/7/2016 10:01.

Com um cartel impecável no MMA (seis lutas e seis vitórias), Cláudia Rey Nelz, 30, paranaense que mora em Balneário Camboriú há 26 anos, prepara-se para sua estreia internacional: dia 29 próximo no maior evento feminino do mundo Invicta FC, em Kansas (EUA). Ela luta na categoria peso mosca. O evento pertence à organização do UFC.

Claudia intensificou treinamentos desde o começo do ano e está segura que levará a melhor sobre sua adversária polonesa.“Este título vem para o Brasil ou melhor para Balneário Camboriú”, garante a atleta, que também é campeã nacional e sulamericana de jiu jitsu, campeã da 6ª etapa do Catarinense de boxe e dona de vários títulos de lutas de chão.

Cláudia pratica MMA há quatro anos. “A modalidade me escolheu, tenho no sangue, serei eternamente grata às artes marciais e a quem me ensinou elas”, disse.

Preconceito

Cláudia conta que no começo, as mulheres não eram levadas a sério e muitas vezes até deixadas de lado nos treinos. “Muita gente também já achou que eu era lésbica somente por praticar o esporte. Quem me conhece sabe o quão feminina eu e as outras meninas da equipe são. Mas hoje em dia mudou muito, com a abertura da categoria feminina no UFC as pessoas estão conhecendo melhor o esporte e julgando menos”, revelou.

Preparativos

A atleta treina na equipe Astra Fight Team, na Company Academia em média 14 treinos semanais de 6 a 8h/dia nas modalidades de luta livre esportiva, boxe, muay thai, wrestling e MMA. Cláudia tem acompanhamento médico (Dr. Marcos StaakJr.), que orienta a dieta e a perda de peso para a luta (aproximadamente 13kg).

Os fisioterapeutas Marcela Meira e Guilherme Brum cuidam das lesões que são normais em esportes de alto rendimento e o massoterapeuta Eduardo Duran que ajuda a prevenir essas lesões e estresses do corpo.

Patrocinio

A atleta tem patrocínio da Litoral Estruturas Metálicas há dois anos e agradece o apoio da The Best Conversação e do empresário Cristiano Waltrick pelo curso de inglês; ao coach André César e a Nine treinamento funcional pela preparação física e às suas alunas. “O esporte é caro, porque exige dedicação total. Os equipamentos bons não são baratos”, descreve Cláudia, enfatizando a necessidade de novos patrocinadores/apoiadores, especialmente para esta luta.

“Não estou estipulando valores, mas garanto que é resultado garantido”, disse a atleta.

Contatos: 47-9715-6469 Claudinharey@hotmail.com

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

MMA: atleta de Balneário busca título internacional nos EUA

Reprodução/Facebook
Quinta, 14/7/2016 10:01.

Com um cartel impecável no MMA (seis lutas e seis vitórias), Cláudia Rey Nelz, 30, paranaense que mora em Balneário Camboriú há 26 anos, prepara-se para sua estreia internacional: dia 29 próximo no maior evento feminino do mundo Invicta FC, em Kansas (EUA). Ela luta na categoria peso mosca. O evento pertence à organização do UFC.

Claudia intensificou treinamentos desde o começo do ano e está segura que levará a melhor sobre sua adversária polonesa.“Este título vem para o Brasil ou melhor para Balneário Camboriú”, garante a atleta, que também é campeã nacional e sulamericana de jiu jitsu, campeã da 6ª etapa do Catarinense de boxe e dona de vários títulos de lutas de chão.

Cláudia pratica MMA há quatro anos. “A modalidade me escolheu, tenho no sangue, serei eternamente grata às artes marciais e a quem me ensinou elas”, disse.

Preconceito

Cláudia conta que no começo, as mulheres não eram levadas a sério e muitas vezes até deixadas de lado nos treinos. “Muita gente também já achou que eu era lésbica somente por praticar o esporte. Quem me conhece sabe o quão feminina eu e as outras meninas da equipe são. Mas hoje em dia mudou muito, com a abertura da categoria feminina no UFC as pessoas estão conhecendo melhor o esporte e julgando menos”, revelou.

Preparativos

A atleta treina na equipe Astra Fight Team, na Company Academia em média 14 treinos semanais de 6 a 8h/dia nas modalidades de luta livre esportiva, boxe, muay thai, wrestling e MMA. Cláudia tem acompanhamento médico (Dr. Marcos StaakJr.), que orienta a dieta e a perda de peso para a luta (aproximadamente 13kg).

Os fisioterapeutas Marcela Meira e Guilherme Brum cuidam das lesões que são normais em esportes de alto rendimento e o massoterapeuta Eduardo Duran que ajuda a prevenir essas lesões e estresses do corpo.

Patrocinio

A atleta tem patrocínio da Litoral Estruturas Metálicas há dois anos e agradece o apoio da The Best Conversação e do empresário Cristiano Waltrick pelo curso de inglês; ao coach André César e a Nine treinamento funcional pela preparação física e às suas alunas. “O esporte é caro, porque exige dedicação total. Os equipamentos bons não são baratos”, descreve Cláudia, enfatizando a necessidade de novos patrocinadores/apoiadores, especialmente para esta luta.

“Não estou estipulando valores, mas garanto que é resultado garantido”, disse a atleta.

Contatos: 47-9715-6469 Claudinharey@hotmail.com

Publicidade

Publicidade