Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Em vantagem, Grêmio decide Copa do Brasil em casa
EBC.
Jogo decisivo acontece em Porto Alegre com homenagens à Chapecoense.

Quarta, 7/12/2016 5:06.

(FOLHAPRESS) - A espera de 15 anos do Grêmio por um título em torneios nacionais está perto do fim. O time gaúcho pode ser campeão da Copa do Brasil até com derrota por um gol de diferença para o Atlético-MG nesta quarta, 7, às 21h45 (de Brasília), em Porto Alegre.

Na partida de ida, o Grêmio conseguiu uma ótima vantagem ao vencer o Atlético por 3 a 1, em pleno Mineirão, no dia 23 de novembro. O jogo de volta deveria ter acontecido no dia 30, mas acabou adiado devido à tragédia com o voo da Chapecoense no dia 29, na Colômbia.

Com a derrota no jogo de ida, o Atlético só tira o título do Grêmio se vencer por três ou mais gols de diferença na capital gaúcha. Em caso de qualquer vitória mineira por dois gols de vantagem, o campeão da Copa do Brasil será conhecido na disputa de pênaltis.

No lado gremista, o técnico Renato Gaúcho não poderá contar com Pedro Rocha, grande destaque do primeiro jogo da final. Autor de dois dos três gols gremistas no Mineirão, o jovem atacante está suspenso por ter sido expulso em Belo Horizonte. Assim, Everton aparecer entre os titulares.

Pelo Atlético-MG, o técnico Diogo Giacomini terá a chance de desbancar todo o favoritismo gremista. Ele assumiu interinamente o time após a demissão de Marcelo Oliveira no dia seguinte à derrota no primeiro jogo das finais.

"Nossa missão também é muito difícil. Mas temos condições de ir lá e vencer o Grêmio, ser campeão, que é o nosso objetivo", declarou o veterano atacante Robinho.

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Everton; Luan. T.: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso, Rafael Carioca (Luan) e Maicosuel; Robinho e Lucas Pratto. T.: Diogo Giacomini

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Horário: 21h45

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP) 

Final terá série de homenagens à Chapecoense

Nesta quarta (7), às 21h45, a Arena do Grêmio será sede do primeiro grande jogo do futebol brasileiro após a tragédia com a Chapecoense, a final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético-MG.

Uma série de homenagens ao clube catarinense estão programadas.

O trio de arbitragem usará um uniforme verde com o distintivo da Chapecoense e símbolos de luto.

O escudo alviverde também estará estampado na bola do jogo e nos uniformes dos finalistas.

Na entrada em campo, além das bandeiras das equipes gaúcha e mineira, também serão alinhadas as de Chapecoense, Brasil e Colômbia –a última em homenagem à solidariedade prestada pelo país aos brasileiros.

Crianças vestirão camisetas com os dizeres "Força Chape", que também aparecerá em faixas espalhadas pela arena. Junto de atletas e árbitros, profissionais da imprensa entrarão em campo para homenagear os colegas mortos no acidente.

O minuto de silêncio contará com toque militar enquanto no telão da arena serão mostradas imagens do time de Chapecó.

Nas arquibancadas, a torcida gremista promete deflagrar uma camisa gigante da Chapecoense.

Nas redes sociais, gremistas também pedem para que cartazes em formato de caixão –em alusão à má fase do rival Internacional, que corre risco ser rebaixado no Brasileiro– não sejam utilizados.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Em vantagem, Grêmio decide Copa do Brasil em casa

EBC.
Jogo decisivo acontece em Porto Alegre com homenagens à Chapecoense.
Jogo decisivo acontece em Porto Alegre com homenagens à Chapecoense.
Quarta, 7/12/2016 5:06.

(FOLHAPRESS) - A espera de 15 anos do Grêmio por um título em torneios nacionais está perto do fim. O time gaúcho pode ser campeão da Copa do Brasil até com derrota por um gol de diferença para o Atlético-MG nesta quarta, 7, às 21h45 (de Brasília), em Porto Alegre.

Na partida de ida, o Grêmio conseguiu uma ótima vantagem ao vencer o Atlético por 3 a 1, em pleno Mineirão, no dia 23 de novembro. O jogo de volta deveria ter acontecido no dia 30, mas acabou adiado devido à tragédia com o voo da Chapecoense no dia 29, na Colômbia.

Com a derrota no jogo de ida, o Atlético só tira o título do Grêmio se vencer por três ou mais gols de diferença na capital gaúcha. Em caso de qualquer vitória mineira por dois gols de vantagem, o campeão da Copa do Brasil será conhecido na disputa de pênaltis.

No lado gremista, o técnico Renato Gaúcho não poderá contar com Pedro Rocha, grande destaque do primeiro jogo da final. Autor de dois dos três gols gremistas no Mineirão, o jovem atacante está suspenso por ter sido expulso em Belo Horizonte. Assim, Everton aparecer entre os titulares.

Pelo Atlético-MG, o técnico Diogo Giacomini terá a chance de desbancar todo o favoritismo gremista. Ele assumiu interinamente o time após a demissão de Marcelo Oliveira no dia seguinte à derrota no primeiro jogo das finais.

"Nossa missão também é muito difícil. Mas temos condições de ir lá e vencer o Grêmio, ser campeão, que é o nosso objetivo", declarou o veterano atacante Robinho.

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Everton; Luan. T.: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso, Rafael Carioca (Luan) e Maicosuel; Robinho e Lucas Pratto. T.: Diogo Giacomini

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Horário: 21h45

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP) 

Final terá série de homenagens à Chapecoense

Nesta quarta (7), às 21h45, a Arena do Grêmio será sede do primeiro grande jogo do futebol brasileiro após a tragédia com a Chapecoense, a final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético-MG.

Uma série de homenagens ao clube catarinense estão programadas.

O trio de arbitragem usará um uniforme verde com o distintivo da Chapecoense e símbolos de luto.

O escudo alviverde também estará estampado na bola do jogo e nos uniformes dos finalistas.

Na entrada em campo, além das bandeiras das equipes gaúcha e mineira, também serão alinhadas as de Chapecoense, Brasil e Colômbia –a última em homenagem à solidariedade prestada pelo país aos brasileiros.

Crianças vestirão camisetas com os dizeres "Força Chape", que também aparecerá em faixas espalhadas pela arena. Junto de atletas e árbitros, profissionais da imprensa entrarão em campo para homenagear os colegas mortos no acidente.

O minuto de silêncio contará com toque militar enquanto no telão da arena serão mostradas imagens do time de Chapecó.

Nas arquibancadas, a torcida gremista promete deflagrar uma camisa gigante da Chapecoense.

Nas redes sociais, gremistas também pedem para que cartazes em formato de caixão –em alusão à má fase do rival Internacional, que corre risco ser rebaixado no Brasileiro– não sejam utilizados.

Publicidade

Publicidade