Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Neto recebe alta e é 5º sobrevivente de voo da Chape a deixar hospital
EBC.
Neto, sobrevivente.

Quinta, 22/12/2016 16:51.

DANIEL FASOLIN
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O zagueiro Neto, sobrevivente da tragédia com o avião da Chapecoense, deixou o hospital da Unimed nesta quinta-feira (22), por volta das 14h15. O jogador foi liberado pelos médicos depois de receber as últimas medicações nesta tarde. Ele foi o quinto sobrevivente da queda do avião ir para casa. Apenas o goleiro Jackson Follmann segue internado.

Neto chegou a fazer uma aparição pública e dar uma declaração ao lado dos médicos pela manhã, mas teve de voltar ao quarto para fazer últimos tratamentos.

"Queria agradecer a todos que depois que descobriram que eu estava vivo, oraram por mim. Tem sido uma situação difícil porque estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos. Tem sido tudo novo, fiquei muito tempo desacordado. Queria agradecer todos que oraram por mim, mandar beijo no coração de todas as esposas e pessoas que perderam amigos, os pais que perderam seus filhos. Filhos que perderam seus pais. Como disse, não lembro de nada, foram dez dias praticamente desacordado", afirmou o zagueiro, que se emocionou ao falar da perda de seus companheiros.

"Estou muito triste, é difícil para todo mundo. Ainda está caindo a ficha. Deus me permito que eu tivesse vivo, debilitado ainda, falta muita coisa ainda.

Eu vim aqui porque tenho que agradecer aqueles que lutaram junto comigo, é impossível não falar daqueles que se foram. Perdi grandes amigos, ficou só coisa boa, só lembro coisas boas desse grupo. Creio que logo, logo vou poder jogar, com a vontade de Deus vou estar pisando em campo na Arena Condá com a camisa da Chapecoense", completou antes de ser aplaudido.

Segundo os médicos, apesar de deixar o hospital, Neto seguirá em tratamento para a sua recuperação física.

"Ele precisa se recuperar ainda do joelho direito, que teve lesão ligamentar. Vai fazer uso de colete ortopédico por fratura de segunda vértebra lombar. Não é um tratamento cirúrgico. Vai passar por fonoaudióloga, ter um tratamento de terapia nutricional e fisioterapia para ir retomando seu status físico, pois teve perda. São estes os principais tratamentos. Tem lesão e feridas cutâneas sendo cuidadas por nossa equipe de curativos. À medida que lesões forem se consolidando vai se definir em respeito a outros passos até a possível volta para prática esportiva. É precoce falar algo neste momento", disse a médica Carolina Ponzi. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Neto recebe alta e é 5º sobrevivente de voo da Chape a deixar hospital

EBC.
Neto, sobrevivente.
Neto, sobrevivente.
Quinta, 22/12/2016 16:51.

DANIEL FASOLIN
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O zagueiro Neto, sobrevivente da tragédia com o avião da Chapecoense, deixou o hospital da Unimed nesta quinta-feira (22), por volta das 14h15. O jogador foi liberado pelos médicos depois de receber as últimas medicações nesta tarde. Ele foi o quinto sobrevivente da queda do avião ir para casa. Apenas o goleiro Jackson Follmann segue internado.

Neto chegou a fazer uma aparição pública e dar uma declaração ao lado dos médicos pela manhã, mas teve de voltar ao quarto para fazer últimos tratamentos.

"Queria agradecer a todos que depois que descobriram que eu estava vivo, oraram por mim. Tem sido uma situação difícil porque estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos. Tem sido tudo novo, fiquei muito tempo desacordado. Queria agradecer todos que oraram por mim, mandar beijo no coração de todas as esposas e pessoas que perderam amigos, os pais que perderam seus filhos. Filhos que perderam seus pais. Como disse, não lembro de nada, foram dez dias praticamente desacordado", afirmou o zagueiro, que se emocionou ao falar da perda de seus companheiros.

"Estou muito triste, é difícil para todo mundo. Ainda está caindo a ficha. Deus me permito que eu tivesse vivo, debilitado ainda, falta muita coisa ainda.

Eu vim aqui porque tenho que agradecer aqueles que lutaram junto comigo, é impossível não falar daqueles que se foram. Perdi grandes amigos, ficou só coisa boa, só lembro coisas boas desse grupo. Creio que logo, logo vou poder jogar, com a vontade de Deus vou estar pisando em campo na Arena Condá com a camisa da Chapecoense", completou antes de ser aplaudido.

Segundo os médicos, apesar de deixar o hospital, Neto seguirá em tratamento para a sua recuperação física.

"Ele precisa se recuperar ainda do joelho direito, que teve lesão ligamentar. Vai fazer uso de colete ortopédico por fratura de segunda vértebra lombar. Não é um tratamento cirúrgico. Vai passar por fonoaudióloga, ter um tratamento de terapia nutricional e fisioterapia para ir retomando seu status físico, pois teve perda. São estes os principais tratamentos. Tem lesão e feridas cutâneas sendo cuidadas por nossa equipe de curativos. À medida que lesões forem se consolidando vai se definir em respeito a outros passos até a possível volta para prática esportiva. É precoce falar algo neste momento", disse a médica Carolina Ponzi. 

Publicidade

Publicidade