Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Empregos
Balneário Camboriú recupera empregos na construção civil

Litoral retomou crescimento do setor em janeiro e fevereiro

Quinta, 19/4/2018 6:41.
EBC.

Publicidade

O Observatório Fiesc divulgou nesta quinta-feira (19)o ranking de municípios que mais geraram empregos na construção civil e embora os números daquela entidade não estejam confirmados, o cenário real é favorável.

Pelos números da Fiesc, colhidos em um portal do govervo federal, Itapema e Balneário Camboriú lideram a retomada, mas a reportagem do Página 3 os confrontou com dados do Ministério do Trabalho e estes revelam que Balneário está em terceiro.

A dúvida sobre qual indicadordo governo é correto será esclarecida na segunda-feira.

Os cinco líderes no acumulado de janeiro e fevereiro são Itapema (saldo de 282 empregos criados); Blumenau (260); Balneário Camboriú (182); Florianópolis (157) e Joinville (136).

Porém, no acumulado dos últimos 12 meses Balneário Camboriú contabiliza o fechamento de 608 postos de trabalho na construção civil. No mesmo período Itapema teve saldo positivo de 332 vagas criadas e Itajaí 144.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
EBC.

Balneário Camboriú recupera empregos na construção civil

Litoral retomou crescimento do setor em janeiro e fevereiro

Publicidade

Quinta, 19/4/2018 6:41.

O Observatório Fiesc divulgou nesta quinta-feira (19)o ranking de municípios que mais geraram empregos na construção civil e embora os números daquela entidade não estejam confirmados, o cenário real é favorável.

Pelos números da Fiesc, colhidos em um portal do govervo federal, Itapema e Balneário Camboriú lideram a retomada, mas a reportagem do Página 3 os confrontou com dados do Ministério do Trabalho e estes revelam que Balneário está em terceiro.

A dúvida sobre qual indicadordo governo é correto será esclarecida na segunda-feira.

Os cinco líderes no acumulado de janeiro e fevereiro são Itapema (saldo de 282 empregos criados); Blumenau (260); Balneário Camboriú (182); Florianópolis (157) e Joinville (136).

Porém, no acumulado dos últimos 12 meses Balneário Camboriú contabiliza o fechamento de 608 postos de trabalho na construção civil. No mesmo período Itapema teve saldo positivo de 332 vagas criadas e Itajaí 144.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade