Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Em busca de votos de Bolsonaro, Ana Amélia faz aceno a mais participação do Exército

Terça, 4/9/2018 19:45.
Pedro Ladeira/Folhapress
Entrevista exclusiva com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos do PP (Partido Progressista).

Publicidade

GUILHERME SETO (FOLHAPRESS)

A candidata a vice-presidente Ana Amélia (PP-RS) falou, nesta terça-feira (4), em chamar o Exército para ajudar em obras de infraestrutura em um eventual governo Geraldo Alckmin (PSDB).

A declaração foi dada durante debate entre os candidatos a vice-presidente organizado pela revista Veja com apoio do Facebook.

Ana Amélia falou que Alckmin vai transformar o Brasil em um "canteiro de obras" e que o Exército, por meio de sua "excelência em engenharia", ajudaria a concluir mais de 200 obras de infraestrutura espalhadas pelo território nacional.

Alckmin tem tentado atrair eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) para avançar ao segundo turno.

Capitão reformado do Exército, Bolsonaro construiu sua trajetória com a defesa de pautas ligadas às Forças Armadas. O aceno de Ana Amélia tem como alvo essa camada do eleitorado do adversário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Pedro Ladeira/Folhapress
Entrevista exclusiva com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos do PP (Partido Progressista).
Entrevista exclusiva com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos do PP (Partido Progressista).

Em busca de votos de Bolsonaro, Ana Amélia faz aceno a mais participação do Exército

Publicidade

Terça, 4/9/2018 19:45.

GUILHERME SETO (FOLHAPRESS)

A candidata a vice-presidente Ana Amélia (PP-RS) falou, nesta terça-feira (4), em chamar o Exército para ajudar em obras de infraestrutura em um eventual governo Geraldo Alckmin (PSDB).

A declaração foi dada durante debate entre os candidatos a vice-presidente organizado pela revista Veja com apoio do Facebook.

Ana Amélia falou que Alckmin vai transformar o Brasil em um "canteiro de obras" e que o Exército, por meio de sua "excelência em engenharia", ajudaria a concluir mais de 200 obras de infraestrutura espalhadas pelo território nacional.

Alckmin tem tentado atrair eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) para avançar ao segundo turno.

Capitão reformado do Exército, Bolsonaro construiu sua trajetória com a defesa de pautas ligadas às Forças Armadas. O aceno de Ana Amélia tem como alvo essa camada do eleitorado do adversário.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade