Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Marina diz que fala de Bolsonaro é 'de quem está sentindo o cheiro da derrota'

Sábado, 29/9/2018 7:14.
EBC.

Publicidade

JOELMIR TAVARES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Marina Silva (Rede) criticou a afirmação de Jair Bolsonaro (PSL) de que não aceita resultado que não seja sua vitória e disse que a fala do adversário é de "quem está sentindo o cheiro da derrota".

A ex-senadora afirmou em uma rede social que na democracia "quem participa do processo eleitoral aceita os seus resultados". Nesta sexta-feira (28), Bolsonaro disse à Band: "Não posso falar pelos comandantes [militares]. Pelo que vejo nas ruas, não aceito resultado diferente da minha eleição".

Marina também anunciou nesta sexta que sua campanha entrou na Justiça contra o que classificou de fraude praticada por apoiadores de Bolsonaro na internet. Segundo a candidata, seguidores do militar reformado estão manipulando vídeos da candidatura dela para incluir a logomarca do presidenciável do PSL e divulgá-los como se fossem propaganda do rival.

"O caráter antidemocrático e sem limites dos apoiadores do Bolsonaro tenta confundir os eleitores sobre meu número. Quem ganha mentindo vai governar mentindo. Meu número é 18", disse ela.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
EBC.

Marina diz que fala de Bolsonaro é 'de quem está sentindo o cheiro da derrota'

Publicidade

Sábado, 29/9/2018 7:14.

JOELMIR TAVARES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Marina Silva (Rede) criticou a afirmação de Jair Bolsonaro (PSL) de que não aceita resultado que não seja sua vitória e disse que a fala do adversário é de "quem está sentindo o cheiro da derrota".

A ex-senadora afirmou em uma rede social que na democracia "quem participa do processo eleitoral aceita os seus resultados". Nesta sexta-feira (28), Bolsonaro disse à Band: "Não posso falar pelos comandantes [militares]. Pelo que vejo nas ruas, não aceito resultado diferente da minha eleição".

Marina também anunciou nesta sexta que sua campanha entrou na Justiça contra o que classificou de fraude praticada por apoiadores de Bolsonaro na internet. Segundo a candidata, seguidores do militar reformado estão manipulando vídeos da candidatura dela para incluir a logomarca do presidenciável do PSL e divulgá-los como se fossem propaganda do rival.

"O caráter antidemocrático e sem limites dos apoiadores do Bolsonaro tenta confundir os eleitores sobre meu número. Quem ganha mentindo vai governar mentindo. Meu número é 18", disse ela.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade