Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
'Se protejam, saiam juntas', diz Ciro a mulheres sobre protesto contra Bolsonaro

Sexta, 28/9/2018 15:49.
Divulgação
Caetano Veloso declarou apoio a Ciro Gomes

Publicidade

ISABEL FLECK (FOLHAPRESS)

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse que as mulheres que forem participar dos atos públicos em todo o país neste sábado (29) contra o adversário do PSL, Jair Bolsonaro, devem ter cuidado.

"Todas as mulheres devem ir às praças, às ruas, na paz, com cuidado. Se aparecer provocação, vocês evitem, porque eles são loucos, eles não têm juízo, eles fazem apologia à violência de verdade", disse, referindo-se a apoiadores de Bolsonaro.

"Se protejam, saiam juntas, mas nada de medo", afirmou.

Ciro, que suspendeu os compromissos públicos de campanha após uma intervenção médica de emergência na próstata na última terça (25), disse que vai orientar toda a militância do partido a "reforçar o movimento histórico" deste sábado.

A uma semana do primeiro turno, o pedetista aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, atrás de Bolsonaro e Fernando Haddad (PT).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Caetano Veloso declarou apoio a Ciro Gomes
Caetano Veloso declarou apoio a Ciro Gomes

'Se protejam, saiam juntas', diz Ciro a mulheres sobre protesto contra Bolsonaro

Publicidade

Sexta, 28/9/2018 15:49.

ISABEL FLECK (FOLHAPRESS)

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse que as mulheres que forem participar dos atos públicos em todo o país neste sábado (29) contra o adversário do PSL, Jair Bolsonaro, devem ter cuidado.

"Todas as mulheres devem ir às praças, às ruas, na paz, com cuidado. Se aparecer provocação, vocês evitem, porque eles são loucos, eles não têm juízo, eles fazem apologia à violência de verdade", disse, referindo-se a apoiadores de Bolsonaro.

"Se protejam, saiam juntas, mas nada de medo", afirmou.

Ciro, que suspendeu os compromissos públicos de campanha após uma intervenção médica de emergência na próstata na última terça (25), disse que vai orientar toda a militância do partido a "reforçar o movimento histórico" deste sábado.

A uma semana do primeiro turno, o pedetista aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, atrás de Bolsonaro e Fernando Haddad (PT).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade