Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Filha de Eduardo Cunha grava vídeo em apoio a Bolsonaro e publica em redes sociais do pai

Sexta, 5/10/2018 17:21.
Divulgação

Publicidade

GUILHERME SETO(FOLHAPRESS)

Candidata a deputada federal pelo MDB, Danielle Cunha, filha do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), gravou vídeo em apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

O material foi publicado nas redes sociais do pai, que atualmente se encontra preso em Curitiba.

"O primeiro turno está chegando, e com ele se aproxima a polarização das eleições. Por um lado, temos o Haddad, que representa o PT, hegemonia que meu pai, com muito sucesso, através do impeachment, conseguiu retirar. Por outro lado, temos Bolsonaro, que representa quem não quer a Dilma e não quer o PT no poder. Para resolver essa eleição no primeiro turno e para que não tenhamos o PT novamente no poder, venho pedir a vocês que votem em Bolsonaro", afirma Danielle.

Somadas, as penas de Eduardo Cunha chegam a quase 40 anos. Ele foi condenado duas vezes, com uma das sentenças confirmada em segunda instância.

Em 2017, em processo da operação Lava Jato, foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão por receber propinas em troca de contratos da Petrobras.

Em junho de 2018, ele foi condenado a 24 anos e dez meses de prisão por desvios na Caixa Econômica Federal.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Filha de Eduardo Cunha grava vídeo em apoio a Bolsonaro e publica em redes sociais do pai

Publicidade

Sexta, 5/10/2018 17:21.

GUILHERME SETO(FOLHAPRESS)

Candidata a deputada federal pelo MDB, Danielle Cunha, filha do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), gravou vídeo em apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

O material foi publicado nas redes sociais do pai, que atualmente se encontra preso em Curitiba.

"O primeiro turno está chegando, e com ele se aproxima a polarização das eleições. Por um lado, temos o Haddad, que representa o PT, hegemonia que meu pai, com muito sucesso, através do impeachment, conseguiu retirar. Por outro lado, temos Bolsonaro, que representa quem não quer a Dilma e não quer o PT no poder. Para resolver essa eleição no primeiro turno e para que não tenhamos o PT novamente no poder, venho pedir a vocês que votem em Bolsonaro", afirma Danielle.

Somadas, as penas de Eduardo Cunha chegam a quase 40 anos. Ele foi condenado duas vezes, com uma das sentenças confirmada em segunda instância.

Em 2017, em processo da operação Lava Jato, foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão por receber propinas em troca de contratos da Petrobras.

Em junho de 2018, ele foi condenado a 24 anos e dez meses de prisão por desvios na Caixa Econômica Federal.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade