Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Após apoio a Bolsonaro, Juventude do PSDB diz que grupo foi manobrado e aciona Conselho de Ética

Terça, 2/10/2018 17:36.
Valter Campanato/Agência Brasil

Publicidade

THAIS BILENKY(FOLHAPRESS)

Em nota emitida na tarde desta terça-feira (2), a Juventude do PSDB afirmou que o grupo Tucanos com Bolsonaro é resultado de uma manobra e acionou o Conselho de Ética do partido para apurar o caso.

A Juventude do PSDB reiterou seu "orgulho de militar ao lado de Geraldo Alckmin na luta por um Brasil ético, democrático e desenvolvido, contra a ameaça ao país representada pelo Partido dos Trabalhadores e pelo deputado Jair Bolsonaro".

Leia a nota:

"Diante de tentativas marginais e desesperadas de adesão a outras candidaturas, nomeadamente à de Bolsonaro, a JPSDB esclarece que, em verdade, recentemente um grupo de WhatsApp já existente há meses e constituído por militantes tucanos teve seu nome oportunisticamente alterado por 2 (dois) asseclas do PSL para subitamente transformar-se em um grupo de apoiadores do candidato defensor da tortura.

Cabe ressaltar que, num método tipicamente petista, tal manobra foi operada sem qualquer consulta ou mesmo comunicação aos membros do grupo, muitos dos quais até agora seguem compartilhando conteúdo digital da campanha de Geraldo Alckmin até mesmo dentro do grupo que foi parasitado.

Há meses, estamos nas ruas e nas redes, convencendo e conquistando votos e, nas últimas semanas, protagonizando uma firme virada rumo ao segundo turno e à vitória eleitoral. Assim, enganações como essa, além de desonestas, sequer fazem sentido, porque cada vez mais temos a certeza da presença de Alckmin no 2º turno e de sua vitória sobre qualquer uma das candidaturas anti-democráticas que se oponha a nós na próxima etapa da eleição.

Por fim, cabe informar que os referidos operadores do esquema, por serem ainda formalmente filiados ao PSDB (embora sem terem jamais exercido qualquer atividade partidária) serão acionados pelo Conselho de Ética do PSDB, após provocação do próprio Secretariado Nacional de Juventude tucano."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Valter Campanato/Agência Brasil

Após apoio a Bolsonaro, Juventude do PSDB diz que grupo foi manobrado e aciona Conselho de Ética

Publicidade

Terça, 2/10/2018 17:36.

THAIS BILENKY(FOLHAPRESS)

Em nota emitida na tarde desta terça-feira (2), a Juventude do PSDB afirmou que o grupo Tucanos com Bolsonaro é resultado de uma manobra e acionou o Conselho de Ética do partido para apurar o caso.

A Juventude do PSDB reiterou seu "orgulho de militar ao lado de Geraldo Alckmin na luta por um Brasil ético, democrático e desenvolvido, contra a ameaça ao país representada pelo Partido dos Trabalhadores e pelo deputado Jair Bolsonaro".

Leia a nota:

"Diante de tentativas marginais e desesperadas de adesão a outras candidaturas, nomeadamente à de Bolsonaro, a JPSDB esclarece que, em verdade, recentemente um grupo de WhatsApp já existente há meses e constituído por militantes tucanos teve seu nome oportunisticamente alterado por 2 (dois) asseclas do PSL para subitamente transformar-se em um grupo de apoiadores do candidato defensor da tortura.

Cabe ressaltar que, num método tipicamente petista, tal manobra foi operada sem qualquer consulta ou mesmo comunicação aos membros do grupo, muitos dos quais até agora seguem compartilhando conteúdo digital da campanha de Geraldo Alckmin até mesmo dentro do grupo que foi parasitado.

Há meses, estamos nas ruas e nas redes, convencendo e conquistando votos e, nas últimas semanas, protagonizando uma firme virada rumo ao segundo turno e à vitória eleitoral. Assim, enganações como essa, além de desonestas, sequer fazem sentido, porque cada vez mais temos a certeza da presença de Alckmin no 2º turno e de sua vitória sobre qualquer uma das candidaturas anti-democráticas que se oponha a nós na próxima etapa da eleição.

Por fim, cabe informar que os referidos operadores do esquema, por serem ainda formalmente filiados ao PSDB (embora sem terem jamais exercido qualquer atividade partidária) serão acionados pelo Conselho de Ética do PSDB, após provocação do próprio Secretariado Nacional de Juventude tucano."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade