Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Alckmin minimiza mudança e diz que equipe de comunicação digital foi ampliada

Sexta, 24/8/2018 15:05.
Futura Press/Folhapress
Geraldo Alckmin visita o Lar de Antonio Tereza em Belo Horizonte

Publicidade

CAROLINA LINHARES
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou nesta sexta (24) que a mudança na sua equipe de comunicação digital não se tratou de uma substituição, mas de ampliação.

Três dias após lançar o site de campanha de Alckmin, o publicitário Marcelo Vitorino foi substituído pelo jornalista Alexandre Inagaki no comando do marketing na internet e nas redes sociais.

"Não houve substituição. Vitorino continua na equipe. Nós agregamos, ampliamos o time", disse Alckmin.

O publicitário ficará encarregado de mobilização da militância. Embora Alckmin tenha minimizado o episódio, a troca veio após desentendimentos e desaprovação do tucano sobre a estratégia nas redes.

Durante visita ao Lar de Antonio Tereza, entidade de educação infantil em Belo Horizonte, Alckmin gravou vídeos curtos para serem divulgados na internet, ao lado de crianças no refeitório e com o professor Vicente de Paula, responsável pelo local.

Acompanhado de sua mulher, Lu Alckmin, e do candidato a governo de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), Alckmin pareceu pouco à vontade em meio às crianças de dois e três anos. Acenou, se agachou e sorriu, mas teve poucas interações de volta.

Lu teve mais sorte, chegou a ficar de mãos dadas com uma das crianças e observou que todas tinham comido tudo antes de ganhar um pedaço de melancia de sobremesa. Anastasia mirou crianças de três anos e também foi mais certeiro: além de nome e idade, elas lhe responderam que a comida estava boa e fizeram sinal de joia.

Visitando as instalações do local, Alckmin ainda atentou para o nome de uma das salas de aula: "tucano feliz". O candidato posou para fotos da feliz coincidência. A sala ao lado era da pomba da paz.

"Vim aqui ver o trabalho bonito que é feito com as crianças. Eu quero ser o presidente da primeira infância. Não deixar ninguém pra trás. É isso que vai diminuir a desigualdade no Brasil", disse Alckmin.

O tucano afirmou que 440 mil crianças de 4 e 5 anos estão fora da pré-escola e prometeu zerar essa fila. Em relação às crianças de 0 a 3, que frequentam a creche, prometeu ampliar as vagas e universalizar o atendimento ao menos às famílias mais vulneráveis.

Para isso, afirmou ser necessário firmar parcerias com as prefeituras e a sociedade civil, modelo adotado no Lar de Antonio Tereza, que atende 439 crianças carentes e conta com financiamento da prefeitura.

Alckmin afirmou ainda que haverá verba para cumprir as promessas, mesmo com o teto de gastos para educação e com a crise fiscal do país. "O recurso pra educação vai crescer, porque governar é escolher. Vou fazer uma reforma do estado, enxugando a máquina", disse.

O tucano também afirmou que a arrecadação vai subir quando o crescimento econômico for retomado por meio de reformas, ajuste fiscal, investimento, confiança e uma agenda de competitividade.

CAMPANHA

Alckmin voltou a dizer que chegará ao segundo turno e que é grande a chance de vencer a eleição. Ele aparece em quarto lugar com 6% das intenções de voto na última pesquisa Datafolha, num cenário com a candidatura do ex-presidente Lula (PT).

"Estamos subindo, o próprio Datafolha constatou isso, mas a campanha agora que está dando os primeiros passos e vai iniciar efetivamente a partir de sexta, com o horário eleitoral no rádio e na TV", disse.

Questionado a respeito de Jair Bolsonaro (PSL), seu adversário na briga pelo segundo turno, Alckmin evitou mencioná-lo e confrontá-lo, lembrando apenas que tem mais experiência.

"Nós vamos conquistar o eleitor com propostas e mostrando o que nós já fizemos. Há um abismo na política entre o falar e o fazer, nós já fizemos."

De Belo Horizonte, Alckmin e Anastasia partem para Jequitinhonha, onde se reúnem com lideranças do norte de Minas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Futura Press/Folhapress
Geraldo Alckmin visita o Lar de Antonio Tereza em Belo Horizonte
Geraldo Alckmin visita o Lar de Antonio Tereza em Belo Horizonte

Alckmin minimiza mudança e diz que equipe de comunicação digital foi ampliada

Publicidade

Sexta, 24/8/2018 15:05.

CAROLINA LINHARES
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou nesta sexta (24) que a mudança na sua equipe de comunicação digital não se tratou de uma substituição, mas de ampliação.

Três dias após lançar o site de campanha de Alckmin, o publicitário Marcelo Vitorino foi substituído pelo jornalista Alexandre Inagaki no comando do marketing na internet e nas redes sociais.

"Não houve substituição. Vitorino continua na equipe. Nós agregamos, ampliamos o time", disse Alckmin.

O publicitário ficará encarregado de mobilização da militância. Embora Alckmin tenha minimizado o episódio, a troca veio após desentendimentos e desaprovação do tucano sobre a estratégia nas redes.

Durante visita ao Lar de Antonio Tereza, entidade de educação infantil em Belo Horizonte, Alckmin gravou vídeos curtos para serem divulgados na internet, ao lado de crianças no refeitório e com o professor Vicente de Paula, responsável pelo local.

Acompanhado de sua mulher, Lu Alckmin, e do candidato a governo de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), Alckmin pareceu pouco à vontade em meio às crianças de dois e três anos. Acenou, se agachou e sorriu, mas teve poucas interações de volta.

Lu teve mais sorte, chegou a ficar de mãos dadas com uma das crianças e observou que todas tinham comido tudo antes de ganhar um pedaço de melancia de sobremesa. Anastasia mirou crianças de três anos e também foi mais certeiro: além de nome e idade, elas lhe responderam que a comida estava boa e fizeram sinal de joia.

Visitando as instalações do local, Alckmin ainda atentou para o nome de uma das salas de aula: "tucano feliz". O candidato posou para fotos da feliz coincidência. A sala ao lado era da pomba da paz.

"Vim aqui ver o trabalho bonito que é feito com as crianças. Eu quero ser o presidente da primeira infância. Não deixar ninguém pra trás. É isso que vai diminuir a desigualdade no Brasil", disse Alckmin.

O tucano afirmou que 440 mil crianças de 4 e 5 anos estão fora da pré-escola e prometeu zerar essa fila. Em relação às crianças de 0 a 3, que frequentam a creche, prometeu ampliar as vagas e universalizar o atendimento ao menos às famílias mais vulneráveis.

Para isso, afirmou ser necessário firmar parcerias com as prefeituras e a sociedade civil, modelo adotado no Lar de Antonio Tereza, que atende 439 crianças carentes e conta com financiamento da prefeitura.

Alckmin afirmou ainda que haverá verba para cumprir as promessas, mesmo com o teto de gastos para educação e com a crise fiscal do país. "O recurso pra educação vai crescer, porque governar é escolher. Vou fazer uma reforma do estado, enxugando a máquina", disse.

O tucano também afirmou que a arrecadação vai subir quando o crescimento econômico for retomado por meio de reformas, ajuste fiscal, investimento, confiança e uma agenda de competitividade.

CAMPANHA

Alckmin voltou a dizer que chegará ao segundo turno e que é grande a chance de vencer a eleição. Ele aparece em quarto lugar com 6% das intenções de voto na última pesquisa Datafolha, num cenário com a candidatura do ex-presidente Lula (PT).

"Estamos subindo, o próprio Datafolha constatou isso, mas a campanha agora que está dando os primeiros passos e vai iniciar efetivamente a partir de sexta, com o horário eleitoral no rádio e na TV", disse.

Questionado a respeito de Jair Bolsonaro (PSL), seu adversário na briga pelo segundo turno, Alckmin evitou mencioná-lo e confrontá-lo, lembrando apenas que tem mais experiência.

"Nós vamos conquistar o eleitor com propostas e mostrando o que nós já fizemos. Há um abismo na política entre o falar e o fazer, nós já fizemos."

De Belo Horizonte, Alckmin e Anastasia partem para Jequitinhonha, onde se reúnem com lideranças do norte de Minas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade