Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Marina Silva começa campanha dizendo que Brasil está quase na UTI

Quinta, 16/8/2018 16:24.
Foto Arena/Folhapress.

Publicidade

JOELMIR TAVARES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No salão paroquial de uma igreja católica no Cangaíba (zona leste de São Paulo), a presidenciável Marina Silva (Rede) abriu sua campanha eleitoral de rua nesta quinta-feira (16) dizendo que quer "tratar da saúde das pessoas e da saúde do Brasil".

"O nosso país está quase que numa UTI", afirmou a candidata a uma plateia de 180 pessoas no salão da Igreja Bom Jesus do Cangaíba. Ela estava acompanhada do vice, Eduardo Jorge (PV), e de outros apoiadores.

Minutos antes, Marina visitou um espaço anexo ao templo onde funciona um serviço voluntário de médicos desde a década de 1970. Um dos criadores do posto de saúde gratuito foi o vereador Gilberto Natalini (PV-SP), candidato a deputado federal. Ele tem base eleitoral na região.

Marina, que é evangélica da Assembleia de Deus, frisou no discurso que estava fazendo uma visita institucional à igreja e que no salão também ocorrem atividades da comunidade.

Ali funciona um centro de convivência que recebe recursos do município e atende 180 crianças e adolescentes, além de uma escola de moda apoiada pelo governo estadual.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Foto Arena/Folhapress.

Marina Silva começa campanha dizendo que Brasil está quase na UTI

Publicidade

Quinta, 16/8/2018 16:24.

JOELMIR TAVARES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No salão paroquial de uma igreja católica no Cangaíba (zona leste de São Paulo), a presidenciável Marina Silva (Rede) abriu sua campanha eleitoral de rua nesta quinta-feira (16) dizendo que quer "tratar da saúde das pessoas e da saúde do Brasil".

"O nosso país está quase que numa UTI", afirmou a candidata a uma plateia de 180 pessoas no salão da Igreja Bom Jesus do Cangaíba. Ela estava acompanhada do vice, Eduardo Jorge (PV), e de outros apoiadores.

Minutos antes, Marina visitou um espaço anexo ao templo onde funciona um serviço voluntário de médicos desde a década de 1970. Um dos criadores do posto de saúde gratuito foi o vereador Gilberto Natalini (PV-SP), candidato a deputado federal. Ele tem base eleitoral na região.

Marina, que é evangélica da Assembleia de Deus, frisou no discurso que estava fazendo uma visita institucional à igreja e que no salão também ocorrem atividades da comunidade.

Ali funciona um centro de convivência que recebe recursos do município e atende 180 crianças e adolescentes, além de uma escola de moda apoiada pelo governo estadual.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade