Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Debate na TV Panorama mostrou equilíbrio entre os candidatos a prefeito
Reprodução
Haverá outros debates antes da eleição

Sexta, 16/9/2016 7:33.

O debate da noite desta quinta-feira (15) na TV Litoral Panorama não teve vencedores nem vencidos, a candidata e os três candidatos a prefeito de Balneário Camboriú desempenharam seus papéis “para o gasto”.

A candidata Jade Martins (PMDB), falou bastante do passado, pouco do futuro e em nenhum momento mencionou o nome do prefeito Edson Piriquito, apesar de insistir que é a continuidade da atual administração.

Jade enfrenta este enorme problema: é a candidata de um prefeito rejeitado por grande parcela da população e, embora se comporte com valentia, está sempre vulnerável a um ataque fundamentado falando, por exemplo, de corrupção.

O professor Ozawa (PSOL) ficou completamente à vontade porque sabe que tem mínimas chances de vencer e hoje ocupa uma posição de pedra, não de vidraça, pode distribuir pedradas à vontade.

Bem informado e desembaraçado, talvez tenha sido o candidato com melhor performace, embora não tenha formulado uma única proposta concreta.

Ozawa encurralou Leonel Pavan quando lhe perguntou sobre impessoalidade, mostrando que o candidato tucano não respeita este princípio constitucional e sempre que pode se promove abusando da coisa pública. Um dos exemplos citados foi o nome dado ao programa Leite Amigo Pão, cujas iniciais são LAP, as mesmas de Leonel Arcângelo Pavan.

Leonel Pavan (PSDB), com o desembaraço de mais de 34 anos na política, também quase só falou do passado. Quando se referiu ao que pretende fazer caso eleito o fez de maneira genérica porque o tempo para manifestação não permitia se alongar.

Pavan tentou criar um factóide alegando que o vice de Fabrício, Carlos Humberto, defende edificios de qualquer altura na Interpraias. Pavan não foi a nenhuma das dezenas de reuniões sobre o Plano Diretor e se tivesse ido saberia que esta proposta foi um erro de redação cometido por um arquiteto numa planilha técnica.

Fabrício Oliveira (PSB) não fugiu do roteiro, falou o tempo todo das tais novas ideias, seu lema de campanha e conseguiu detalhar rapidamente uma dessas propostas, o transporte coletivo.

Havia por parte dos assessores de Fabricio apreensão porque ele por natureza é avesso ao confronto, mas não ocorreu nenhuma situação mais tensa.

O debate transcorreu bem e foi uma contribuição importante da TV Litoral Panorama ao processo político democrático.

Próximos debates

22/SET - DIARINHO/TVBE
Dia 22 de setembro, quinta-feira, às 22h, Debate no Diarinho/TVBE

29/SET - TV MOCINHA
Dia 29 de setembro, quinta-feira, às 16h, debate na Câmara de Vereadores transmitido pela TV Mocinha.

29/SET - TV PANORAMA
Dia 29 de setembro, quinta-feira, às 20h, Debate na TV Panorama.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Temporada de cruzeiros para nós começará no dia 28 de novembro


Cidade

Medida que “engessa” o governo é cautelar até apresentação de explicações


Educação

Intenção é expandir o sistema no futuro


Policia

Ele disse que foi humilhado e teve os direitos cerceados


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Debate na TV Panorama mostrou equilíbrio entre os candidatos a prefeito

Reprodução
Haverá outros debates antes da eleição
Haverá outros debates antes da eleição
Sexta, 16/9/2016 7:33.

O debate da noite desta quinta-feira (15) na TV Litoral Panorama não teve vencedores nem vencidos, a candidata e os três candidatos a prefeito de Balneário Camboriú desempenharam seus papéis “para o gasto”.

A candidata Jade Martins (PMDB), falou bastante do passado, pouco do futuro e em nenhum momento mencionou o nome do prefeito Edson Piriquito, apesar de insistir que é a continuidade da atual administração.

Jade enfrenta este enorme problema: é a candidata de um prefeito rejeitado por grande parcela da população e, embora se comporte com valentia, está sempre vulnerável a um ataque fundamentado falando, por exemplo, de corrupção.

O professor Ozawa (PSOL) ficou completamente à vontade porque sabe que tem mínimas chances de vencer e hoje ocupa uma posição de pedra, não de vidraça, pode distribuir pedradas à vontade.

Bem informado e desembaraçado, talvez tenha sido o candidato com melhor performace, embora não tenha formulado uma única proposta concreta.

Ozawa encurralou Leonel Pavan quando lhe perguntou sobre impessoalidade, mostrando que o candidato tucano não respeita este princípio constitucional e sempre que pode se promove abusando da coisa pública. Um dos exemplos citados foi o nome dado ao programa Leite Amigo Pão, cujas iniciais são LAP, as mesmas de Leonel Arcângelo Pavan.

Leonel Pavan (PSDB), com o desembaraço de mais de 34 anos na política, também quase só falou do passado. Quando se referiu ao que pretende fazer caso eleito o fez de maneira genérica porque o tempo para manifestação não permitia se alongar.

Pavan tentou criar um factóide alegando que o vice de Fabrício, Carlos Humberto, defende edificios de qualquer altura na Interpraias. Pavan não foi a nenhuma das dezenas de reuniões sobre o Plano Diretor e se tivesse ido saberia que esta proposta foi um erro de redação cometido por um arquiteto numa planilha técnica.

Fabrício Oliveira (PSB) não fugiu do roteiro, falou o tempo todo das tais novas ideias, seu lema de campanha e conseguiu detalhar rapidamente uma dessas propostas, o transporte coletivo.

Havia por parte dos assessores de Fabricio apreensão porque ele por natureza é avesso ao confronto, mas não ocorreu nenhuma situação mais tensa.

O debate transcorreu bem e foi uma contribuição importante da TV Litoral Panorama ao processo político democrático.

Próximos debates

22/SET - DIARINHO/TVBE
Dia 22 de setembro, quinta-feira, às 22h, Debate no Diarinho/TVBE

29/SET - TV MOCINHA
Dia 29 de setembro, quinta-feira, às 16h, debate na Câmara de Vereadores transmitido pela TV Mocinha.

29/SET - TV PANORAMA
Dia 29 de setembro, quinta-feira, às 20h, Debate na TV Panorama.

Publicidade

Publicidade