Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Como anda a presença dos partidos de BC via redes sociais?

Quarta, 14/9/2016 6:45.

A menos de três semanas das eleições municipais, os partidos e seus apoiadores batalham para fortalecer o nome de seus candidatos pelas redes sociais. Não é uma tarefa fácil, pois a publicidade paga é proibida. O jeito é ser criativo sem ser invasivo, já que nunca a política esteve com a moral tão baixa. Apesar de não haver fórmula ideal, é possível perceber as principais diferenças entre os concorrentes. Veja:

Fabrício

Fabrício Oliveira (PSB) foi o primeiro a ativar as redes sociais, e mesmo ainda sem vice lançou o site Balneário de Novas Ideias, com os principais eixos de sua candidatura. Ali é possível baixar sua proposta de governo que é atualizada com propostas que recebe da comunidade. O site também reúne vídeos de suas propagandas com tópicos variados.

O Facebook é o foco do seu marketing, principalmente com compartilhamento de cobertura fotográfica das caminhadas e encontros. Geralmente a participação é grande nos comentários. Posta poucos vídeos, mas quando o faz tem média de cinco mil visualizações.

Jade

A página dos peemedebistas Jade Martins e Jone Moi no Facebook possui quase 3,4 mil seguidores e tem baixo engajamento nas postagens. O destaque fica por conta dos vídeos, que atraem mais curtidas e incitam compartilhamentos que ficam entre 20 e 60 por filme, com uma média de 1,5 mil visualizações cada. Jade tem ainda um site aonde divulga plano de governo e agenda.

Ozawa

O Professor Ozawa (PSOL) também está focado no Facebook. Ali faz postagens quase que diárias da rotina da campanha. O próprio Ozawa trata de responder quem interage, inclusive negativamente. O primeiro vídeo foi visto por seis mil pessoas, os demais têm média de 1,5 mil visualizações. Os candidatos também aproveitam seus perfis pessoais para propagar as ações.

Pavan

A divulgação da campanha de Leonel Pavan (PSDB) e Fábio Flôr (PP) vem sendo feito nas próprias páginas do Facebook dos políticos, que já eram usadas antes da eleição. A boa receptividade dos vídeos foi visivelmente percebida pelo marketing de Pavan, pois a grande maioria das postagens dele é de pequenos filmes. O alcance varia entre 900 visualizações até 31 mil exibições, como foi o caso de um vídeo em que Leonel entra de roupa branca num boeiro. Não trabalham bem com Twitter, ele apenas replica postagens do Facebook sem considerar que é uma mídia diferente.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Como anda a presença dos partidos de BC via redes sociais?

Quarta, 14/9/2016 6:45.

A menos de três semanas das eleições municipais, os partidos e seus apoiadores batalham para fortalecer o nome de seus candidatos pelas redes sociais. Não é uma tarefa fácil, pois a publicidade paga é proibida. O jeito é ser criativo sem ser invasivo, já que nunca a política esteve com a moral tão baixa. Apesar de não haver fórmula ideal, é possível perceber as principais diferenças entre os concorrentes. Veja:

Fabrício

Fabrício Oliveira (PSB) foi o primeiro a ativar as redes sociais, e mesmo ainda sem vice lançou o site Balneário de Novas Ideias, com os principais eixos de sua candidatura. Ali é possível baixar sua proposta de governo que é atualizada com propostas que recebe da comunidade. O site também reúne vídeos de suas propagandas com tópicos variados.

O Facebook é o foco do seu marketing, principalmente com compartilhamento de cobertura fotográfica das caminhadas e encontros. Geralmente a participação é grande nos comentários. Posta poucos vídeos, mas quando o faz tem média de cinco mil visualizações.

Jade

A página dos peemedebistas Jade Martins e Jone Moi no Facebook possui quase 3,4 mil seguidores e tem baixo engajamento nas postagens. O destaque fica por conta dos vídeos, que atraem mais curtidas e incitam compartilhamentos que ficam entre 20 e 60 por filme, com uma média de 1,5 mil visualizações cada. Jade tem ainda um site aonde divulga plano de governo e agenda.

Ozawa

O Professor Ozawa (PSOL) também está focado no Facebook. Ali faz postagens quase que diárias da rotina da campanha. O próprio Ozawa trata de responder quem interage, inclusive negativamente. O primeiro vídeo foi visto por seis mil pessoas, os demais têm média de 1,5 mil visualizações. Os candidatos também aproveitam seus perfis pessoais para propagar as ações.

Pavan

A divulgação da campanha de Leonel Pavan (PSDB) e Fábio Flôr (PP) vem sendo feito nas próprias páginas do Facebook dos políticos, que já eram usadas antes da eleição. A boa receptividade dos vídeos foi visivelmente percebida pelo marketing de Pavan, pois a grande maioria das postagens dele é de pequenos filmes. O alcance varia entre 900 visualizações até 31 mil exibições, como foi o caso de um vídeo em que Leonel entra de roupa branca num boeiro. Não trabalham bem com Twitter, ele apenas replica postagens do Facebook sem considerar que é uma mídia diferente.

 

Publicidade

Publicidade