Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Juiz manda Facebook bloquear página com críticas a Pavan
Reprodução
Decisão do juiz deverá ser cumprida pelo Facebook

Segunda, 12/9/2016 6:55.

O juiz Roque Cerutti, da 103ª Zona Eeitoral em Balneário Camboriú determinou ao Facebook que bloqueie a página BcBalneário devido a propaganda eleitoral negativa sob anonimato. O Balneário BC sucedeu nos últimos dias o BC da Deprê que havia publicado esse material e foi desativado.

As duas publicações no Facebook pertencem ao mesmo proprietário do portal noticioso Click Camboriú.

O pedido de suspensão do material foi formulado pela coligação de Leonel Pavan (PSDB) sob a alegação que o conteúdo servia apenas para fazer campanha contra ele e contra a candidata do PMDB Jade Martins.

Parte das postagens do BC da Deprê, mais tarde republicadas no Balneário BC é verdadeira, o juiz Cerutti se baseou no trecho da legislação que veda o anonimato já que a liberdade de expressão é garantida.

Ou seja, se os responsáveis pelo conteúdo estivessem claramente identificados, aparentemente não haveria base jurídica para suspender as publicações.

Entre o conteúdo verdadeiro e relevante para os eleitores tomarem conhecimento, o BC da Deprê publicou que Pavan se aposentou com apenas 300 dias de trabalho como governador, passando a receber mensalmente R$ 30.471,11.

Horas atrás foi publicada a seguinte manifestação no Balneário BC:

"DENTRO DAS PRÓXIMAS HORAS ESSA PÁGINA SERÁ RETIRADA DO AR POR DECISÃO DO JUIZ ELEITORAL EM VIRTUDE DO PEDIDO DO PAVAN - PSDB E DA JADE - PMDB, POR PROFERIR CRÍTICAS AO ATUAL GOVERNO E A FORMA COMO ALGUNS POLÍTICOS AGEM, SE ACHANDO DONOS DA CIDADE. A PÁGINA VOLTARÁ EM UM FUTURO PRÓXIMO PARA CONTINUAR MOSTRANDO AS MENTIRAS QUE ALGUNS VENDEM EM SEUS PROGRAMAS ELEITORAIS E QUE HÁ PERSEGUIÇÃO A QUEM DIFUNDE VERDADES QUE ALGUNS TENTAM ESCONDER".
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Juiz manda Facebook bloquear página com críticas a Pavan

Reprodução
Decisão do juiz deverá ser cumprida pelo Facebook
Decisão do juiz deverá ser cumprida pelo Facebook
Segunda, 12/9/2016 6:55.

O juiz Roque Cerutti, da 103ª Zona Eeitoral em Balneário Camboriú determinou ao Facebook que bloqueie a página BcBalneário devido a propaganda eleitoral negativa sob anonimato. O Balneário BC sucedeu nos últimos dias o BC da Deprê que havia publicado esse material e foi desativado.

As duas publicações no Facebook pertencem ao mesmo proprietário do portal noticioso Click Camboriú.

O pedido de suspensão do material foi formulado pela coligação de Leonel Pavan (PSDB) sob a alegação que o conteúdo servia apenas para fazer campanha contra ele e contra a candidata do PMDB Jade Martins.

Parte das postagens do BC da Deprê, mais tarde republicadas no Balneário BC é verdadeira, o juiz Cerutti se baseou no trecho da legislação que veda o anonimato já que a liberdade de expressão é garantida.

Ou seja, se os responsáveis pelo conteúdo estivessem claramente identificados, aparentemente não haveria base jurídica para suspender as publicações.

Entre o conteúdo verdadeiro e relevante para os eleitores tomarem conhecimento, o BC da Deprê publicou que Pavan se aposentou com apenas 300 dias de trabalho como governador, passando a receber mensalmente R$ 30.471,11.

Horas atrás foi publicada a seguinte manifestação no Balneário BC:

"DENTRO DAS PRÓXIMAS HORAS ESSA PÁGINA SERÁ RETIRADA DO AR POR DECISÃO DO JUIZ ELEITORAL EM VIRTUDE DO PEDIDO DO PAVAN - PSDB E DA JADE - PMDB, POR PROFERIR CRÍTICAS AO ATUAL GOVERNO E A FORMA COMO ALGUNS POLÍTICOS AGEM, SE ACHANDO DONOS DA CIDADE. A PÁGINA VOLTARÁ EM UM FUTURO PRÓXIMO PARA CONTINUAR MOSTRANDO AS MENTIRAS QUE ALGUNS VENDEM EM SEUS PROGRAMAS ELEITORAIS E QUE HÁ PERSEGUIÇÃO A QUEM DIFUNDE VERDADES QUE ALGUNS TENTAM ESCONDER".
 

Publicidade

Publicidade