Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
César Pio desiste de concorrer a prefeito de Balneário

Ele não conseguiu espaço político no seu partido, o PMDB

Segunda, 20/6/2016 8:24.
Pio, fora da disputa.

Publicidade

O empresário Júlio César Pio (PMDB) desistiu da sua pré-candidatura a prefeito de Balneário Camboriú e disse ao Página 3 que não concorrerá nem a vice.

Isso já era esperado na medida em que o prefeito Edson Piriquito e outras figuras que comandam o PMDB na cidade não deram espaço para César Pio, que não costuma frequentar reuniões partidárias.

O ex-pré-candidato tem uma franqueza que desagradou setores do partido. Elogiou adversários de Edson Piriquito como o ex-prefeito Rubens Spernau e só faltou dizer que o atual prefeito é incompetente. Ele não estaria falando mentira, mas certas verdades não podem ser ditas no mundo da política.

Por exemplo, quando anunciou sua pré-candidatura, César Pio disse que a cidade está em crise "fechando salas comerciais, fechando vagas de emprego, não temos um bom hospital...".

Dias depois, respondendo à pergunta que o Página 3 faz semanalmente aos pré-candidatos, afirmou que se eleito sua administração não teria nenhum político, só técnicos e funcionários de carreira da prefeitura.No universo da política municipal atual, onde a principal moeda de troca é o empreguismo e o apadrinhamento, é natural que César Pio não se encaixasse.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Pio, fora da disputa.
Pio, fora da disputa.

César Pio desiste de concorrer a prefeito de Balneário

Ele não conseguiu espaço político no seu partido, o PMDB

Publicidade

Segunda, 20/6/2016 8:24.

O empresário Júlio César Pio (PMDB) desistiu da sua pré-candidatura a prefeito de Balneário Camboriú e disse ao Página 3 que não concorrerá nem a vice.

Isso já era esperado na medida em que o prefeito Edson Piriquito e outras figuras que comandam o PMDB na cidade não deram espaço para César Pio, que não costuma frequentar reuniões partidárias.

O ex-pré-candidato tem uma franqueza que desagradou setores do partido. Elogiou adversários de Edson Piriquito como o ex-prefeito Rubens Spernau e só faltou dizer que o atual prefeito é incompetente. Ele não estaria falando mentira, mas certas verdades não podem ser ditas no mundo da política.

Por exemplo, quando anunciou sua pré-candidatura, César Pio disse que a cidade está em crise "fechando salas comerciais, fechando vagas de emprego, não temos um bom hospital...".

Dias depois, respondendo à pergunta que o Página 3 faz semanalmente aos pré-candidatos, afirmou que se eleito sua administração não teria nenhum político, só técnicos e funcionários de carreira da prefeitura.No universo da política municipal atual, onde a principal moeda de troca é o empreguismo e o apadrinhamento, é natural que César Pio não se encaixasse.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade