Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Pedro Luiz Navarro Giaquinto: "o voto é um contrato de quatro anos"
Divulgação.
Pedro Luiz Navarro Giaquinto, pré-candidato a vereador pelo PDT.

Sábado, 30/7/2016 10:46.

Cidadão e Eleitor,

O que os postulantes a cargos eletivos, candidatos a Prefeitos e Vereadores, deveriam entender, é que serão inquilinos. Nossa cidade é nossa casa. O seu voto é como um contrato, com validade para quatro anos.

Este deve ser o maior desafio do Prefeito e dos Vereadores de nossa cidade: cuidar bem de sua casa.

O Município é a nossa casa, lugar onde tudo acontece. Onde a educação é realizada, a saúde é praticada, o transporte deve funcionar, o saneamento deve existir, é onde sentimos se há ou não segurança.

Com a Constituição Federal de 1988, o Município passou a ser um Ente da República, fazendo companhia à União, aos Estados e Distrito Federal.

A autonomia que o Município conquistou, implica também em aumento de responsabilidades, tanto dos eleitores, quanto dos eleitos, como Vereadores e Prefeito, bem como, na necessidade de cooperação entre Município, Estado e União.

Vereadores e Prefeitos têm a importância adicional de estarem ligados diretamente aos problemas da população. Há responsabilidades diferenciadas, visto que os agentes municipais são os que estão diretamente ligados à realidade do povo.

Por isso, os partidos devem escolher seus melhores quadros para essas funções, como servidores do público, responsáveis por colocar em prática um programa de melhoria da convivência e de transformação social.

É o Município que cria as condições para a boa convivência entre os moradores da cidade, e esta é a mais imediata das obrigações dos dirigentes municipais. É no Município que fazemos a transformação social, é no Município onde começa a verdadeira ¨Revolução¨ que o Brasil precisa fazer.

Por isso, peço que quando escolher seu candidato, o faça com muita responsabilidade, pelos motivos corretos, realmente pelo bem de sua cidade, consequentemente pelo bem da população em geral.

Vamos participar desta festa cívica, da festa das eleições, com respeito e responsabilidade, afinal, essa festa é em sua casa.

Um forte abraço

Pedro Luiz Navarro Giaquinto
pedroluizg@yahoo.com.br
PDT

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Pedro Luiz Navarro Giaquinto: "o voto é um contrato de quatro anos"

Divulgação.
Pedro Luiz Navarro Giaquinto, pré-candidato a vereador pelo PDT.
Pedro Luiz Navarro Giaquinto, pré-candidato a vereador pelo PDT.

Cidadão e Eleitor,

O que os postulantes a cargos eletivos, candidatos a Prefeitos e Vereadores, deveriam entender, é que serão inquilinos. Nossa cidade é nossa casa. O seu voto é como um contrato, com validade para quatro anos.

Este deve ser o maior desafio do Prefeito e dos Vereadores de nossa cidade: cuidar bem de sua casa.

O Município é a nossa casa, lugar onde tudo acontece. Onde a educação é realizada, a saúde é praticada, o transporte deve funcionar, o saneamento deve existir, é onde sentimos se há ou não segurança.

Com a Constituição Federal de 1988, o Município passou a ser um Ente da República, fazendo companhia à União, aos Estados e Distrito Federal.

A autonomia que o Município conquistou, implica também em aumento de responsabilidades, tanto dos eleitores, quanto dos eleitos, como Vereadores e Prefeito, bem como, na necessidade de cooperação entre Município, Estado e União.

Vereadores e Prefeitos têm a importância adicional de estarem ligados diretamente aos problemas da população. Há responsabilidades diferenciadas, visto que os agentes municipais são os que estão diretamente ligados à realidade do povo.

Por isso, os partidos devem escolher seus melhores quadros para essas funções, como servidores do público, responsáveis por colocar em prática um programa de melhoria da convivência e de transformação social.

É o Município que cria as condições para a boa convivência entre os moradores da cidade, e esta é a mais imediata das obrigações dos dirigentes municipais. É no Município que fazemos a transformação social, é no Município onde começa a verdadeira ¨Revolução¨ que o Brasil precisa fazer.

Por isso, peço que quando escolher seu candidato, o faça com muita responsabilidade, pelos motivos corretos, realmente pelo bem de sua cidade, consequentemente pelo bem da população em geral.

Vamos participar desta festa cívica, da festa das eleições, com respeito e responsabilidade, afinal, essa festa é em sua casa.

Um forte abraço

Pedro Luiz Navarro Giaquinto
pedroluizg@yahoo.com.br
PDT

Publicidade

Publicidade