Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Justiça concede liminar para reverter intervenção no PROS de Balneário Camboriú

Sexta, 5/8/2016 13:42.

Nesta quinta-feira (4), o juiz da 2ª vara Cívil, Eduardo Camargo, deferiu liminar em Ação de Anulação de Ato Jurídico, interposta por integrantes do Partido PROS de Balneário Camboriú, que contestam a destituição dos membros do Diretório Municipal.

Segundo o advogado Lucas Zenatti, que representa os autores da ação, juntamente com o advogado Juliano Cavalcanti, o ato do Diretório Estadual foi absolutamente nulo, visando forçar o PROS local a se unir com os partidos da base do Governo Municipal, com o apoio para a candidatura do PMDB, em grave afronta ao princípio democrático.

“O ato foi tão absurdo, que os responsáveis pela destituição nomearam novos integrantes para o cargo que se quer são filiados ao partido e outros que estão filiados a outras agremiações”, completou Zenatti.

Com a decisão, o PROS de Balneário Camboriú continua sob a presidência de Eduardo Charão e mantém a decisão de se coligar com o PSB e os demais partidos que apoiam a candidatura a prefeito de Fabrício Oliveira.


A editoria Eleições está aberta para todas as siglas de Balneário Camboriú. Releases podem ser enviados para online@pagina3.com.br.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Justiça concede liminar para reverter intervenção no PROS de Balneário Camboriú

Sexta, 5/8/2016 13:42.

Nesta quinta-feira (4), o juiz da 2ª vara Cívil, Eduardo Camargo, deferiu liminar em Ação de Anulação de Ato Jurídico, interposta por integrantes do Partido PROS de Balneário Camboriú, que contestam a destituição dos membros do Diretório Municipal.

Segundo o advogado Lucas Zenatti, que representa os autores da ação, juntamente com o advogado Juliano Cavalcanti, o ato do Diretório Estadual foi absolutamente nulo, visando forçar o PROS local a se unir com os partidos da base do Governo Municipal, com o apoio para a candidatura do PMDB, em grave afronta ao princípio democrático.

“O ato foi tão absurdo, que os responsáveis pela destituição nomearam novos integrantes para o cargo que se quer são filiados ao partido e outros que estão filiados a outras agremiações”, completou Zenatti.

Com a decisão, o PROS de Balneário Camboriú continua sob a presidência de Eduardo Charão e mantém a decisão de se coligar com o PSB e os demais partidos que apoiam a candidatura a prefeito de Fabrício Oliveira.


A editoria Eleições está aberta para todas as siglas de Balneário Camboriú. Releases podem ser enviados para online@pagina3.com.br.

Publicidade

Publicidade