Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Balneário Camboriú volta para a faixa amarela: escolas devem reabrir na próxima semana

Quinta, 22/10/2020 15:53.
Divulgação

Publicidade

Balneário Camboriú voltou para o risco ‘alto’ (faixa amarela) de transmissão de Covid-19, segundo o último levantamento do governo do Estado, divulgado na quarta-feira (21). Com isso, as escolas particulares podem retornar com atividades presenciais (somente para os pais que desejarem levar seus filhos), o que deve acontecer na próxima semana.

A presidente do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de Covid-19 de Balneário Camboriú, Nilzete Teixeira, que é assessora da Secretaria de Educação de Balneário Camboriú, conta que o Plano de Contingência Municipal para a Educação (Plancon) da cidade foi enviado ao governo do Estado no início da semana. As escolas que desejam reabrir também precisam enviar os seus Plancons para o Comitê Municipal avaliar e aprovar ou não.

Segundo Nilzete, até o momento já foram analisados cerca de 30 e os que precisavam de alguma adequação já realizaram esses ‘pequenos ajustes’, reenviaram o documento e foram aprovados.

“Ao total, teremos que avaliar 83 PlanCons, incluindo não só escolas da rede particular como também da municipal e estadual. Mesmo que elas não retornem agora, é obrigatório que todas façam e apresentem o seu Plano”, explica.

Selo Municipal

A rede municipal não deve retomar as aulas presenciais neste ano, já que houve um acordo entre os prefeitos da região da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí).

A rede estadual, assim como a particular, deve retornar de forma gradual, começando com reforço para os estudantes do terceiro ano do Ensino Médio – somente aqueles que possuírem autorização dos pais e que estão com média inferior a seis. Os alunos do segundo ano, também do Ensino Médio, devem retornar uma semana depois, até chegar ao sexto ano do Ensino Fundamental. Os anos iniciais (quinto ano para baixo) não devem ter atividades presenciais neste ano.

“Neste momento dependemos de um QR Code (código de barras escaneado por celular) que será enviado pelo governo do Estado, em cima disso faremos o nosso selo municipal. Já estamos adiantados e as escolas estão se organizando para voltar. Acredito que as particulares já devem reabrir na próxima semana”, diz.

Quais idades podem retomar

Todas as escolas podem retornar, lembra a presidente, incluindo os núcleos de educação infantil. Porém, a regra do decreto estadual é que a volta comece pelos alunos mais velhos – isso vale tanto para o Ensino Médio, que inicia pelos terceiros anos, como para o Ensino Fundamental, iniciando com nonos e quintos anos, e creches, com alunos do pré.

“Se aplica para todos os graus, independente do tipo de instituição. A cada semana que passa, pode ir descendo a faixa etária, como uma forma de adequação, para saber se haverá ou não algum caso de Covid na escola”, salienta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Balneário Camboriú volta para a faixa amarela: escolas devem reabrir na próxima semana

Publicidade

Quinta, 22/10/2020 15:53.

Balneário Camboriú voltou para o risco ‘alto’ (faixa amarela) de transmissão de Covid-19, segundo o último levantamento do governo do Estado, divulgado na quarta-feira (21). Com isso, as escolas particulares podem retornar com atividades presenciais (somente para os pais que desejarem levar seus filhos), o que deve acontecer na próxima semana.

A presidente do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de Covid-19 de Balneário Camboriú, Nilzete Teixeira, que é assessora da Secretaria de Educação de Balneário Camboriú, conta que o Plano de Contingência Municipal para a Educação (Plancon) da cidade foi enviado ao governo do Estado no início da semana. As escolas que desejam reabrir também precisam enviar os seus Plancons para o Comitê Municipal avaliar e aprovar ou não.

Segundo Nilzete, até o momento já foram analisados cerca de 30 e os que precisavam de alguma adequação já realizaram esses ‘pequenos ajustes’, reenviaram o documento e foram aprovados.

“Ao total, teremos que avaliar 83 PlanCons, incluindo não só escolas da rede particular como também da municipal e estadual. Mesmo que elas não retornem agora, é obrigatório que todas façam e apresentem o seu Plano”, explica.

Selo Municipal

A rede municipal não deve retomar as aulas presenciais neste ano, já que houve um acordo entre os prefeitos da região da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí).

A rede estadual, assim como a particular, deve retornar de forma gradual, começando com reforço para os estudantes do terceiro ano do Ensino Médio – somente aqueles que possuírem autorização dos pais e que estão com média inferior a seis. Os alunos do segundo ano, também do Ensino Médio, devem retornar uma semana depois, até chegar ao sexto ano do Ensino Fundamental. Os anos iniciais (quinto ano para baixo) não devem ter atividades presenciais neste ano.

“Neste momento dependemos de um QR Code (código de barras escaneado por celular) que será enviado pelo governo do Estado, em cima disso faremos o nosso selo municipal. Já estamos adiantados e as escolas estão se organizando para voltar. Acredito que as particulares já devem reabrir na próxima semana”, diz.

Quais idades podem retomar

Todas as escolas podem retornar, lembra a presidente, incluindo os núcleos de educação infantil. Porém, a regra do decreto estadual é que a volta comece pelos alunos mais velhos – isso vale tanto para o Ensino Médio, que inicia pelos terceiros anos, como para o Ensino Fundamental, iniciando com nonos e quintos anos, e creches, com alunos do pré.

“Se aplica para todos os graus, independente do tipo de instituição. A cada semana que passa, pode ir descendo a faixa etária, como uma forma de adequação, para saber se haverá ou não algum caso de Covid na escola”, salienta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade