Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Diretora do CEJA de Balneário Camboriú conquista reeleição

“Ter sido reeleitacom 92,3% só aumenta a responsabilidade como gestora para fazer uma escola mais inclusiva, mais acolhedora e cada vez mais democrática ..."

Segunda, 28/10/2019 12:39.
Divulgação
Anaí Baldi

Publicidade

A atual diretora do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) de Balneário Camboriú, Anaí Baldi, foi reeleita com 92,3% dos votos. A eleição aconteceu na última semana, assim como as das outras escolas estaduais da cidade. O CEJA de Balneário atende ainda Camboriú, Itapema (e a unidade prisional da cidade), Porto Belo e Bombinhas.

Anaí é formada em Letras (Português/Inglês) pela Univali e pós-graduada em Interdisciplinaridade na Formação de Professores e Especialistas. Ela atua na Educação há 22 anos. Ela conta que sente-se muito feliz em ter sido reeleita para continuar na direção do Centro, com o plano de gestão ‘A Construção de um Espaço Democrático’.

“Ter sido reeleita com 92,3% só aumenta a responsabilidade como gestora para fazer uma escola mais inclusiva, mais acolhedora e cada vez mais democrática. Nossos alunos são todos maiores de 18 anos e é desafiador trabalhar com adultos, uma vez que são muito críticos também”, analisa.

A gestora explica que sua meta principal é trabalhar ainda mais na divulgação da escola, que fica na Rua Julieta Lins, nº 685, no Bairro dos Pioneiros.

“Queremos fazer com que nossos alunos se sintam seguros no processo de ensino de aprendizagem (independentemente da idade), e que possam acreditar que só através do estudo e da qualificação é possível disputar no mercado de trabalho”, acrescenta.

Anaí lembra ainda que nesse ano o CEJA iniciou o projeto de Libras (Língua Brasileira de Sinais) com o muro com o alfabeto e com um curso de Libras Básico oferecido em parceria com a Secretaria de Educação – que é aberto a toda comunidade.

“Nesses anos como gestora do CEJA já vi muitas pessoas saindo de uma depressão, conseguindo oportunidades em novos empregos e tendo sucesso profissional e pessoal através da volta a escola”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Anaí Baldi
Anaí Baldi

Diretora do CEJA de Balneário Camboriú conquista reeleição

“Ter sido reeleitacom 92,3% só aumenta a responsabilidade como gestora para fazer uma escola mais inclusiva, mais acolhedora e cada vez mais democrática ..."

Publicidade

Segunda, 28/10/2019 12:39.

A atual diretora do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) de Balneário Camboriú, Anaí Baldi, foi reeleita com 92,3% dos votos. A eleição aconteceu na última semana, assim como as das outras escolas estaduais da cidade. O CEJA de Balneário atende ainda Camboriú, Itapema (e a unidade prisional da cidade), Porto Belo e Bombinhas.

Anaí é formada em Letras (Português/Inglês) pela Univali e pós-graduada em Interdisciplinaridade na Formação de Professores e Especialistas. Ela atua na Educação há 22 anos. Ela conta que sente-se muito feliz em ter sido reeleita para continuar na direção do Centro, com o plano de gestão ‘A Construção de um Espaço Democrático’.

“Ter sido reeleita com 92,3% só aumenta a responsabilidade como gestora para fazer uma escola mais inclusiva, mais acolhedora e cada vez mais democrática. Nossos alunos são todos maiores de 18 anos e é desafiador trabalhar com adultos, uma vez que são muito críticos também”, analisa.

A gestora explica que sua meta principal é trabalhar ainda mais na divulgação da escola, que fica na Rua Julieta Lins, nº 685, no Bairro dos Pioneiros.

“Queremos fazer com que nossos alunos se sintam seguros no processo de ensino de aprendizagem (independentemente da idade), e que possam acreditar que só através do estudo e da qualificação é possível disputar no mercado de trabalho”, acrescenta.

Anaí lembra ainda que nesse ano o CEJA iniciou o projeto de Libras (Língua Brasileira de Sinais) com o muro com o alfabeto e com um curso de Libras Básico oferecido em parceria com a Secretaria de Educação – que é aberto a toda comunidade.

“Nesses anos como gestora do CEJA já vi muitas pessoas saindo de uma depressão, conseguindo oportunidades em novos empregos e tendo sucesso profissional e pessoal através da volta a escola”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade