Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Escolas estaduais de Balneário Camboriú tem novos diretores

Os novos diretores conversaram com o Página3

Sexta, 25/10/2019 13:11.
Fotos Divulgação
Anderson Prates, Odair Pivotto, Silvana Franco, Giovana G. Haider, Márcia M. M. Fusinato

Publicidade

Os novos diretores dos colégios estaduais de Balneário Camboriú, eleitos esta semana (23 e 24), conversaram com a reportagem do Página 3, contando um pouco de suas histórias na educação e planos para a gestão, que será de 2020 a 2023. Em Balneário Camboriú há seis unidades, entre colégios e o CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos). O resultado da eleição do CEJA sairá hoje (25) à tarde, com uma única concorrente, a atual diretora Anaí de Fátima Baldi.


Conheça os diretores

Escola de Educação Básica Professora Maria da Glória

Anderson Prates, professor de Arte, com Especialização em Metodologia do Ensino da Arte – UNINTER e MBA em História da Arte - Universidade Estácio de Sá. Atualmente ele cursa pós-graduação em Ensino das Artes Visuais, pelo Colégio Pedro II. Anderson é de Niterói/RJ, mas reside em Balneário Camboriú desde 2004. É servidor do Estado de Santa Catarina há 17 anos, como professor na rede pública estadual. Atualmente leciona Arte no Maria da Glória e na escola Professor Henrique da Silva Fontes, de Itajaí.

“Em algum momento, conversando com a gestão atual da E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, eu ouvi ‘todo professor deveria, em algum momento de sua vida profissional, saber como é ser gestor de uma unidade escolar’. Essa frase foi decisiva, pois fez com que eu refletisse sobre a trajetória que venho desempenhando na Educação como professor de Arte há quase 18 anos. Ser escolhido pela comunidade escolar como gestor, numa escola tão importante como é a E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, é um desafio que me obriga estar atento às questões pedagógicas e humanas. O objetivo maior é consolidar a história de uma escola reconhecidamente comprometida com a qualidade de ensino e a preservação dos valores éticos e morais. É um passo importante na minha carreira profissional, motivo de orgulho pessoal e, principalmente, é a certeza de que nada se constrói sozinho, afinal, somos um pequeno tijolo a se somar nessa construção coletiva chamada Educação. É uma prioridade minha implantar o projeto de acessibilidade na escola através de rampas, levando em consideração as adequações necessárias no ambiente escolar, como: sanitários, vias de acesso, instalação de corrimão e de sinalização visual, tátil e sonora. Paralelamente, e gradativamente, implantar salas ambientes climatizadas, com quadro branco, com acesso a internet para promover uma aprendizagem significativa, em um ambiente não tóxico. Durante os próximos quatro anos desejamos dinamizar o processo ensino-aprendizagem, incentivando as aulas de campo, participando das feiras do conhecimento, participando das Olimpíadas do Conhecimento, participando dos eventos esportivos, participando das atividades artístico/culturais e de conscientização político/social. Compreende-se que o processo ensino-aprendizagem deve ser fortalecido também com a parceria com instituições acadêmicas com o intuito de desenvolver projetos pedagógicos relacionados a temáticas atuais no contra turno. Nesse sentido o trabalho conjunto com o Grêmio Estudantil é fundamental. Continuar o processo de revitalização em 100% do pátio da escola a partir de uma abordagem temática relacionada a construção de jardim vertical, canteiros floridos e horta. É também uma prioridade a construção de laboratórios para a área de Ciências e também para Artes, ação que se justifica, pois sinaliza a preocupação que temos com a aprendizagem significativa, bem como a disposição que temos em nos transformarmos em uma escola moderna. Em síntese, a E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, nos próximos quatro anos, terá como prioridade absoluta o processo ensino-aprendizagem em um ambiente escolar acolhedor, de harmonia e paz.”

Escola de Educação Básica Higino João Pio

Odair Pivotto é o novo diretor da E.E.B. Higino João Pio. Ele mora em Balneário Camboriú há 11 anos, sendo natural de Caçador/SC. É graduado e pós-graduado em Letras (UnC) e Mestre em Literatura (UFSC). Atua na Educação desde 1999, foi professor na rede municipal de Caçador, em 2006 se efetivou como Assistente Técnico Pedagógico no Estado de SC e trabalhou na E.E.B. Dr. João Santo Damo (Caçador). Em 2008 veio através de remoção para a E.E.B. Maria Rita Flor (Bombinhas), depois E.E.M. Victor Meirelles (Itajaí), em 2014 na E.E.B. Professor Laureano Pacheco e atualmente E.E.B. Higino João Pio.

“Nossa proposta é tornar a Escola Higino João Pio mais humanizada, por meio de ajardinamento externo e interno, gestão democrática, maior participação da Associação de Pais e Professores (APP), Conselho Deliberativo, Grêmio Estudantil, da avaliação institucional permanente, para assegurarmos a qualidade e a permanência dos educandos na unidade escolar, diminuindo assim a evasão e a reprovação. Queremos uma gestão democrática, que venha formar cidadãos que possam cooperar entre si. Precisamos estreitar a relação professor/aluno/direção para conseguirmos construir laços de respeito, afeto e responsabilidade. Uma escola humanizada com relações interpessoais saudáveis, com respeito às diferenças, com responsabilidades, com valorização do conhecimento prévio dos alunos e construção de conhecimento científico”.

Escola de Educação Básica Presidente João Goulart

Silvana Franco foi reeleita, já comandava a direção do colégio desde 2016. Ela é formada em Licenciatura Plena em Biologia, pós-graduada em Biologia Marinha - Ecossistemas Costeiros. Para atuar na gestão, fez diversos cursos na área, inclusive o último proporcionado pelo Governo do Estado de SC (2016/2018). Possui 23 anos de profissão, sempre trabalhando em escola pública e privada como professora, coordenadora pedagógica e na direção.

“Em 2015 aconteceram as eleições para a direção geral nas escolas públicas de SC. Fui eleita democraticamente pela comunidade escolar, que elegeu o meu plano de gestão - Gestão escolar: uma ação democrática. Esta semana teve votação e novamente meu plano foi eleito, com 86% de aceitação pela comunidade escolar, onde permanecerei na gestão de 2020 a 2023. A E.E.B. Presidente João Goulart vem desenvolvendo um trabalho voltado para uma educação de qualidade, com o propósito de uma formação humana integral, promovendo a inclusão, resignificação do planejamento e da prática docente, onde todos assumem seus papéis: pais, professores e funcionários, equipe pedagógica e administrativa. Estou muito feliz em poder continuar a frente dessa escola, nessa nova gestão 2020/2023 e dizer que não é uma conquista só minha, mas o reflexo de todo um trabalho em equipe dos últimos quatro anos. As metas são muitas transparência na gestão, criar ações para que tenhamos os pais mais presentes na escola, acompanhar e apoiar as ações pedagógicas, visando melhorias na qualidade de ensino, estimular as saídas de campo, revitalizar a biblioteca, Espaço Kids, espaço sociointeracionista Pinóquio, fortalecer o curso do Magistério, desenvolver projetos de empreendedorismo, sustentabilidade, prevenção, leitura, manter um ambiente democrático e prazeroso para os profissionais e alunos da comunidade escolar, enfim são muitas.”

Escola de Educação Básica Francisca Alves Gevaerd

Giovana Gomes Haider, também foi reeleita. Ela é arte educadora, especialista em História da Arte. Trabalha no colégio Francisca Alves Gevaerd (FAG) há 19 anos como professora e é diretora há quatro.

“A reeleição significa para mim o êxito no que se acredita e pratica. Vitória na gestão democrática significa ações concretizadas a partir de um trabalho sistêmico e incansável. É acreditar que através da educação teremos equidade de direitos. É entender o quanto a escola é importante para os alunos e para sociedade e saber o quanto somos corresponsáveis para que todos exerçam sua cidadania e sejam conscientes das suas oportunidades. Nossos planos para o FAG são: continuar trilhando um caminho de excelência curricular através das áreas do conhecimento, desenvolver habilidades e competências, promover uma formação humana integral e sensibilizar para o “Projeto de Vida”, autoconhecimento e inteligência emocional. Ontem, dia 24 de outubro de 2019, fui reeleita e começo meu segundo mandato em janeiro de 2020 até 2024, representando a comunidade escolar através de eleição direta”.

Escola de Educação Básica Ruizélio Cabral

Márcia Maris Moretti Fusinato, eleita como gestora da EEB Ruizélio Cabral com 92,4% dos votos. Ela trabalha há 20 na escola, sendo natural de Ibirama.

“Sou apaixonada pela Educação, não consigo me ver fora dela, e lá se vão 32 anos e seis meses de profissão. Acredito no trabalho de transformação, onde cada semente plantada e germinada dignifica nossa profissão tão desmerecida pela sociedade em si. Acredito na força da escola e da família unidas e que essa união salva as crianças e jovens que buscam felicidade num mundo de consumismo doente onde o "outro" não importa. São valores como aceitar o diferente, humanizar-se pelo outro, harmonia e amor ao próximo. Tudo isso tento passar como professora/gestora. Algumas metas do plano de gestão são diminuir em até 10% o índice de reprovação no primeiro ano de gestão, criar a Escola de Pais, fazer com que pais participem do processo ensino aprendizagem através de projetos, projeto Arte Instrumental Solidária, dar continuidade ao projeto Papo Reto com psicóloga e psicopedagoga e formar parceria com UDESC, Unimed, SENAI, SEBRAE, através de cursos de capacitação para os nossos alunos”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Fotos Divulgação
Anderson Prates, Odair Pivotto, Silvana Franco, Giovana G. Haider, Márcia M. M. Fusinato
Anderson Prates, Odair Pivotto, Silvana Franco, Giovana G. Haider, Márcia M. M. Fusinato

Escolas estaduais de Balneário Camboriú tem novos diretores

Os novos diretores conversaram com o Página3

Publicidade

Sexta, 25/10/2019 13:11.

Os novos diretores dos colégios estaduais de Balneário Camboriú, eleitos esta semana (23 e 24), conversaram com a reportagem do Página 3, contando um pouco de suas histórias na educação e planos para a gestão, que será de 2020 a 2023. Em Balneário Camboriú há seis unidades, entre colégios e o CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos). O resultado da eleição do CEJA sairá hoje (25) à tarde, com uma única concorrente, a atual diretora Anaí de Fátima Baldi.


Conheça os diretores

Escola de Educação Básica Professora Maria da Glória

Anderson Prates, professor de Arte, com Especialização em Metodologia do Ensino da Arte – UNINTER e MBA em História da Arte - Universidade Estácio de Sá. Atualmente ele cursa pós-graduação em Ensino das Artes Visuais, pelo Colégio Pedro II. Anderson é de Niterói/RJ, mas reside em Balneário Camboriú desde 2004. É servidor do Estado de Santa Catarina há 17 anos, como professor na rede pública estadual. Atualmente leciona Arte no Maria da Glória e na escola Professor Henrique da Silva Fontes, de Itajaí.

“Em algum momento, conversando com a gestão atual da E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, eu ouvi ‘todo professor deveria, em algum momento de sua vida profissional, saber como é ser gestor de uma unidade escolar’. Essa frase foi decisiva, pois fez com que eu refletisse sobre a trajetória que venho desempenhando na Educação como professor de Arte há quase 18 anos. Ser escolhido pela comunidade escolar como gestor, numa escola tão importante como é a E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, é um desafio que me obriga estar atento às questões pedagógicas e humanas. O objetivo maior é consolidar a história de uma escola reconhecidamente comprometida com a qualidade de ensino e a preservação dos valores éticos e morais. É um passo importante na minha carreira profissional, motivo de orgulho pessoal e, principalmente, é a certeza de que nada se constrói sozinho, afinal, somos um pequeno tijolo a se somar nessa construção coletiva chamada Educação. É uma prioridade minha implantar o projeto de acessibilidade na escola através de rampas, levando em consideração as adequações necessárias no ambiente escolar, como: sanitários, vias de acesso, instalação de corrimão e de sinalização visual, tátil e sonora. Paralelamente, e gradativamente, implantar salas ambientes climatizadas, com quadro branco, com acesso a internet para promover uma aprendizagem significativa, em um ambiente não tóxico. Durante os próximos quatro anos desejamos dinamizar o processo ensino-aprendizagem, incentivando as aulas de campo, participando das feiras do conhecimento, participando das Olimpíadas do Conhecimento, participando dos eventos esportivos, participando das atividades artístico/culturais e de conscientização político/social. Compreende-se que o processo ensino-aprendizagem deve ser fortalecido também com a parceria com instituições acadêmicas com o intuito de desenvolver projetos pedagógicos relacionados a temáticas atuais no contra turno. Nesse sentido o trabalho conjunto com o Grêmio Estudantil é fundamental. Continuar o processo de revitalização em 100% do pátio da escola a partir de uma abordagem temática relacionada a construção de jardim vertical, canteiros floridos e horta. É também uma prioridade a construção de laboratórios para a área de Ciências e também para Artes, ação que se justifica, pois sinaliza a preocupação que temos com a aprendizagem significativa, bem como a disposição que temos em nos transformarmos em uma escola moderna. Em síntese, a E.E.B. Professora Maria da Glória Pereira, nos próximos quatro anos, terá como prioridade absoluta o processo ensino-aprendizagem em um ambiente escolar acolhedor, de harmonia e paz.”

Escola de Educação Básica Higino João Pio

Odair Pivotto é o novo diretor da E.E.B. Higino João Pio. Ele mora em Balneário Camboriú há 11 anos, sendo natural de Caçador/SC. É graduado e pós-graduado em Letras (UnC) e Mestre em Literatura (UFSC). Atua na Educação desde 1999, foi professor na rede municipal de Caçador, em 2006 se efetivou como Assistente Técnico Pedagógico no Estado de SC e trabalhou na E.E.B. Dr. João Santo Damo (Caçador). Em 2008 veio através de remoção para a E.E.B. Maria Rita Flor (Bombinhas), depois E.E.M. Victor Meirelles (Itajaí), em 2014 na E.E.B. Professor Laureano Pacheco e atualmente E.E.B. Higino João Pio.

“Nossa proposta é tornar a Escola Higino João Pio mais humanizada, por meio de ajardinamento externo e interno, gestão democrática, maior participação da Associação de Pais e Professores (APP), Conselho Deliberativo, Grêmio Estudantil, da avaliação institucional permanente, para assegurarmos a qualidade e a permanência dos educandos na unidade escolar, diminuindo assim a evasão e a reprovação. Queremos uma gestão democrática, que venha formar cidadãos que possam cooperar entre si. Precisamos estreitar a relação professor/aluno/direção para conseguirmos construir laços de respeito, afeto e responsabilidade. Uma escola humanizada com relações interpessoais saudáveis, com respeito às diferenças, com responsabilidades, com valorização do conhecimento prévio dos alunos e construção de conhecimento científico”.

Escola de Educação Básica Presidente João Goulart

Silvana Franco foi reeleita, já comandava a direção do colégio desde 2016. Ela é formada em Licenciatura Plena em Biologia, pós-graduada em Biologia Marinha - Ecossistemas Costeiros. Para atuar na gestão, fez diversos cursos na área, inclusive o último proporcionado pelo Governo do Estado de SC (2016/2018). Possui 23 anos de profissão, sempre trabalhando em escola pública e privada como professora, coordenadora pedagógica e na direção.

“Em 2015 aconteceram as eleições para a direção geral nas escolas públicas de SC. Fui eleita democraticamente pela comunidade escolar, que elegeu o meu plano de gestão - Gestão escolar: uma ação democrática. Esta semana teve votação e novamente meu plano foi eleito, com 86% de aceitação pela comunidade escolar, onde permanecerei na gestão de 2020 a 2023. A E.E.B. Presidente João Goulart vem desenvolvendo um trabalho voltado para uma educação de qualidade, com o propósito de uma formação humana integral, promovendo a inclusão, resignificação do planejamento e da prática docente, onde todos assumem seus papéis: pais, professores e funcionários, equipe pedagógica e administrativa. Estou muito feliz em poder continuar a frente dessa escola, nessa nova gestão 2020/2023 e dizer que não é uma conquista só minha, mas o reflexo de todo um trabalho em equipe dos últimos quatro anos. As metas são muitas transparência na gestão, criar ações para que tenhamos os pais mais presentes na escola, acompanhar e apoiar as ações pedagógicas, visando melhorias na qualidade de ensino, estimular as saídas de campo, revitalizar a biblioteca, Espaço Kids, espaço sociointeracionista Pinóquio, fortalecer o curso do Magistério, desenvolver projetos de empreendedorismo, sustentabilidade, prevenção, leitura, manter um ambiente democrático e prazeroso para os profissionais e alunos da comunidade escolar, enfim são muitas.”

Escola de Educação Básica Francisca Alves Gevaerd

Giovana Gomes Haider, também foi reeleita. Ela é arte educadora, especialista em História da Arte. Trabalha no colégio Francisca Alves Gevaerd (FAG) há 19 anos como professora e é diretora há quatro.

“A reeleição significa para mim o êxito no que se acredita e pratica. Vitória na gestão democrática significa ações concretizadas a partir de um trabalho sistêmico e incansável. É acreditar que através da educação teremos equidade de direitos. É entender o quanto a escola é importante para os alunos e para sociedade e saber o quanto somos corresponsáveis para que todos exerçam sua cidadania e sejam conscientes das suas oportunidades. Nossos planos para o FAG são: continuar trilhando um caminho de excelência curricular através das áreas do conhecimento, desenvolver habilidades e competências, promover uma formação humana integral e sensibilizar para o “Projeto de Vida”, autoconhecimento e inteligência emocional. Ontem, dia 24 de outubro de 2019, fui reeleita e começo meu segundo mandato em janeiro de 2020 até 2024, representando a comunidade escolar através de eleição direta”.

Escola de Educação Básica Ruizélio Cabral

Márcia Maris Moretti Fusinato, eleita como gestora da EEB Ruizélio Cabral com 92,4% dos votos. Ela trabalha há 20 na escola, sendo natural de Ibirama.

“Sou apaixonada pela Educação, não consigo me ver fora dela, e lá se vão 32 anos e seis meses de profissão. Acredito no trabalho de transformação, onde cada semente plantada e germinada dignifica nossa profissão tão desmerecida pela sociedade em si. Acredito na força da escola e da família unidas e que essa união salva as crianças e jovens que buscam felicidade num mundo de consumismo doente onde o "outro" não importa. São valores como aceitar o diferente, humanizar-se pelo outro, harmonia e amor ao próximo. Tudo isso tento passar como professora/gestora. Algumas metas do plano de gestão são diminuir em até 10% o índice de reprovação no primeiro ano de gestão, criar a Escola de Pais, fazer com que pais participem do processo ensino aprendizagem através de projetos, projeto Arte Instrumental Solidária, dar continuidade ao projeto Papo Reto com psicóloga e psicopedagoga e formar parceria com UDESC, Unimed, SENAI, SEBRAE, através de cursos de capacitação para os nossos alunos”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade