Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Pátria Amada, projeto quer discutir política com estudantes
Divulgação

Terça, 30/5/2017 15:31.

O cenário político do país vem passando por um período longo de crise, que parece não ter mais fim, gerando um ambiente desanimador, de descrédito, principalmente para os jovens. Foi pensando neles, em resgatar valores cívicos para que possam conhecer e acompanhar melhor a história política do país, estado e município, que foi criado o projeto Pátria Amada. A iniciativa é da secretaria da Inclusão Social, através do Departamento de Assistência à Juventude (DEAJ).

O foco são estudantes de 14 a 18 anos, que frequentam os nonos anos do ensino fundamental e o ensino médio estadual. O projeto iniciou no Centro Educacional Municipal Taquaras nesta terça-feira (30).

Serão oito palestras quinzenais, totalizando quatro meses em casa escola. As palestras serão ministradas por Douglas Aguirre, jovens da Ordem Demolay e escoteiros.

“A ideia é que estes jovens se tornem mais atuantes e protagonistas de transformações”, segue o diretor do DEAJ.

“Fiz algumas perguntas referentes à relação deles com o país e a maioria entende o potencial, mas não vê a realização desse potencial, por isso muitos gostariam de morar em outros países”, comentou Douglas. Segundo ele, de um modo geral, os estudantes foram bastante receptivos.

No próximo dia 8, será a vez dos estudantes da escola Francisca Alves Gevaerd receber a palestra.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Pátria Amada, projeto quer discutir política com estudantes

Divulgação

Publicidade

Terça, 30/5/2017 15:31.

O cenário político do país vem passando por um período longo de crise, que parece não ter mais fim, gerando um ambiente desanimador, de descrédito, principalmente para os jovens. Foi pensando neles, em resgatar valores cívicos para que possam conhecer e acompanhar melhor a história política do país, estado e município, que foi criado o projeto Pátria Amada. A iniciativa é da secretaria da Inclusão Social, através do Departamento de Assistência à Juventude (DEAJ).

O foco são estudantes de 14 a 18 anos, que frequentam os nonos anos do ensino fundamental e o ensino médio estadual. O projeto iniciou no Centro Educacional Municipal Taquaras nesta terça-feira (30).

Serão oito palestras quinzenais, totalizando quatro meses em casa escola. As palestras serão ministradas por Douglas Aguirre, jovens da Ordem Demolay e escoteiros.

“A ideia é que estes jovens se tornem mais atuantes e protagonistas de transformações”, segue o diretor do DEAJ.

“Fiz algumas perguntas referentes à relação deles com o país e a maioria entende o potencial, mas não vê a realização desse potencial, por isso muitos gostariam de morar em outros países”, comentou Douglas. Segundo ele, de um modo geral, os estudantes foram bastante receptivos.

No próximo dia 8, será a vez dos estudantes da escola Francisca Alves Gevaerd receber a palestra.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade