Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Economia
Balneário Camboriú foi a cidade que mais perdeu empregos em Santa Catarina neste ano

Sexta, 4/12/2020 11:22.
Waldemar Cezar Neto
Abril de 2020: Balneário Camboriú sitiada pela pandemia fecha o comércio.

Publicidade

Balneário Camboriú foi a cidade que mais perdeu empregos em Santa Catarina neste ano, dentre as maiores cidades catarinenses e na proporção das respectivas populações.

Foram fechadas 4.096 vagas formais até o final de outubro, uma queda de 8,6% do estoque no início do ano.

É um reflexo direto da pandemia que afetou a principal atividade econômica da cidade, o turismo.

Outras cidades turística seriamente afetadas no Estado foram Florianópolis e Itapema, mas com impacto menor quando levado em conta o tamanho da população e o estoque de empregos em janeiro.

Embora pequena e com baixo estoque de empregos, Bombinhas teve o seu mercado de trabalho arrasado, perdendo quase 20% das vagas.

Há cinco meses o Estado de Santa Catarina vem apresentando resultados positivos na criação de empregos, mas o litoral depende do turismo e turismo não combina com pandemia.

O litoral insistiu em tentar reabrir totalmente a economia e perdeu a guerra para a covid-19, chegando na primeira semana de dezembro com com risco de transmissão gravíssima o que repele turistas em vez de atraí-los.

No acumulado do ano de 2020 até o final de outubro, Santa Catarina registrou saldo de quase 30.000 empregos formais que apesar de positivo é o pior nos últimos três anos.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Waldemar Cezar Neto
Abril de 2020: Balneário Camboriú sitiada pela pandemia fecha o comércio.
Abril de 2020: Balneário Camboriú sitiada pela pandemia fecha o comércio.

Balneário Camboriú foi a cidade que mais perdeu empregos em Santa Catarina neste ano

Publicidade

Sexta, 4/12/2020 11:22.

Balneário Camboriú foi a cidade que mais perdeu empregos em Santa Catarina neste ano, dentre as maiores cidades catarinenses e na proporção das respectivas populações.

Foram fechadas 4.096 vagas formais até o final de outubro, uma queda de 8,6% do estoque no início do ano.

É um reflexo direto da pandemia que afetou a principal atividade econômica da cidade, o turismo.

Outras cidades turística seriamente afetadas no Estado foram Florianópolis e Itapema, mas com impacto menor quando levado em conta o tamanho da população e o estoque de empregos em janeiro.

Embora pequena e com baixo estoque de empregos, Bombinhas teve o seu mercado de trabalho arrasado, perdendo quase 20% das vagas.

Há cinco meses o Estado de Santa Catarina vem apresentando resultados positivos na criação de empregos, mas o litoral depende do turismo e turismo não combina com pandemia.

O litoral insistiu em tentar reabrir totalmente a economia e perdeu a guerra para a covid-19, chegando na primeira semana de dezembro com com risco de transmissão gravíssima o que repele turistas em vez de atraí-los.

No acumulado do ano de 2020 até o final de outubro, Santa Catarina registrou saldo de quase 30.000 empregos formais que apesar de positivo é o pior nos últimos três anos.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade