Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Economia
Semana de muitas reuniões para criação da política municipal de inovação

“Nesta reunião fizemos uma conferência com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) ... "

Sexta, 22/11/2019 15:49.
Divulgação/PMBC

Publicidade

O Programa de Competitividade e Inovação Regional andou mais uma etapa esta semana, com a realização de várias reuniões para formulação da estratégia de identidade e elaboração de diretrizes. O objetivo é formular uma estratégia de identidade competitiva para a região. Os encontros iniciaram segunda-feira (18), com duas turmas e continuaram na terça-feira (19) com mais duas. Na quinta-feira (21) aconteceu a reunião para a elaboração de diretrizes da política municipal de inovação, que será formalizada por meio do Marco Legal.

Estavam nesta reunião Univali, Udesc, IFC, as três entidades do setor produtivo, Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc), Associação Empresarial de Itajaí (ACII) e Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), representados pelos seus núcleos de inovação.

O diretor-presidente da BC Investimentos, Nelson Oliveira explicou que está em andamento a formação e gestão do polo que contempla os quatro municípios (Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí e Brusque), representados por três entidades empresariais (Acibalc/ACII e ACIBr). O polo será gerenciado por Sérgio Cardoso (Sebrae).

“Nesta reunião fizemos uma conferência com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), responsável pela formação de polos em Santa Catarina e a ideia da ACATE é que o Estado seja uma referência, através desses polos. Nós somos pequenos comparados aos polos que já existem no Estado, Florianópolis é um polo, Chapecó, Joinville, Blumenau e com esta união temos a chance de competir e trazer evolução para nossa região”, informou Nelson.

Durante a reunião, Nelson explicou a todos que Balneário Camboriú já está trabalhando a Lei da Inovação.

“É uma construção coletiva com todas as universidades, setor produtivo e governo e isso queremos replicar para os demais, queremos que eles sigam esse mesmo caminho, para que fiquem competitivos, para que uma empresa não saia de um destes municípios para ir ao outro dos nossos, para que todos tenham suas vocações garantidas dentro das respectivas culturas e particularidades”, detalhou o diretor.

O InovaBC é um programa que está presente desde setembro de 2019. A pretensão é de que o município consiga atrair empresas de tecnologias e startups. Também tem uma estratégia para que esse mercado fortaleça a matriz gerando emprego, renda e desenvolvimento de inovações tecnológicas para Balneário Camboriú.

Informações - BC Investimentos (47) 3367-0502


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Semana de muitas reuniões para criação da política municipal de inovação

“Nesta reunião fizemos uma conferência com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) ... "

Publicidade

Sexta, 22/11/2019 15:49.

O Programa de Competitividade e Inovação Regional andou mais uma etapa esta semana, com a realização de várias reuniões para formulação da estratégia de identidade e elaboração de diretrizes. O objetivo é formular uma estratégia de identidade competitiva para a região. Os encontros iniciaram segunda-feira (18), com duas turmas e continuaram na terça-feira (19) com mais duas. Na quinta-feira (21) aconteceu a reunião para a elaboração de diretrizes da política municipal de inovação, que será formalizada por meio do Marco Legal.

Estavam nesta reunião Univali, Udesc, IFC, as três entidades do setor produtivo, Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc), Associação Empresarial de Itajaí (ACII) e Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), representados pelos seus núcleos de inovação.

O diretor-presidente da BC Investimentos, Nelson Oliveira explicou que está em andamento a formação e gestão do polo que contempla os quatro municípios (Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí e Brusque), representados por três entidades empresariais (Acibalc/ACII e ACIBr). O polo será gerenciado por Sérgio Cardoso (Sebrae).

“Nesta reunião fizemos uma conferência com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), responsável pela formação de polos em Santa Catarina e a ideia da ACATE é que o Estado seja uma referência, através desses polos. Nós somos pequenos comparados aos polos que já existem no Estado, Florianópolis é um polo, Chapecó, Joinville, Blumenau e com esta união temos a chance de competir e trazer evolução para nossa região”, informou Nelson.

Durante a reunião, Nelson explicou a todos que Balneário Camboriú já está trabalhando a Lei da Inovação.

“É uma construção coletiva com todas as universidades, setor produtivo e governo e isso queremos replicar para os demais, queremos que eles sigam esse mesmo caminho, para que fiquem competitivos, para que uma empresa não saia de um destes municípios para ir ao outro dos nossos, para que todos tenham suas vocações garantidas dentro das respectivas culturas e particularidades”, detalhou o diretor.

O InovaBC é um programa que está presente desde setembro de 2019. A pretensão é de que o município consiga atrair empresas de tecnologias e startups. Também tem uma estratégia para que esse mercado fortaleça a matriz gerando emprego, renda e desenvolvimento de inovações tecnológicas para Balneário Camboriú.

Informações - BC Investimentos (47) 3367-0502


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade